conecte-se conosco


Várzea Grande

Várzea Grande disponibiliza 5,5 mil novas vagas para o ensino infantil e fundamental

Avatar

Publicado

Várzea Grande vai ofertar em 2020 mais de 5,5 mil novas vagas na rede pública municipal de educação.  As oportunidades – frutos de expansões nas escolas, bem como em transferência de alunos para outras unidades – estão disponíveis na Educação Infantil e no Ensino Fundamental, séries iniciais e finais. O período de matrícula para alunos novos começa no próximo dia 13 (segunda-feira) e vão até o dia 15 (quarta-feira).

Em 2019, a educação municipal fechou com 27.164 alunos matriculados, sendo 10.040 na Educação Infantil e 17.124 no Ensino Fundamental. A prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos, destaca que desde 2015, o número de matrículas na cidade vem aumentando.

“Assumimos com pouco mais de 20 mil alunos nessas duas etapas de ensino. Tínhamos uma demanda enorme por infraestrutura, por novas unidades, por mais vagas, melhores salários, mais pessoal, mais professores e especialmente um melhor método de aprendizado. Com muito trabalho, dedicação e investimentos, conseguimos transformar o ensino municipal, não apenas de forma quantitativa, com o incremento de vagas, mas com a melhoria de condições para o aprendizado, inclusive atraindo jovens para dentro da sala de aula por meio da do programa  Escola em Tempo Ampliado, que serviu de modelo, inclusive para a educação estadual”.

Como explica o secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Sílvio Fidelis, essas vagas são remanescentes das rematrículas já efetuadas pelos alunos da rede pública municipal. “Em dezembro houve o período de confirmação de vagas para nossos alunos e todos que validaram o desejo de continuar tiveram suas vagas garantidas. O que esta sendo ofertado, nesta segunda etapa da matrícula, é para o preenchimento das vagas em sua totalidade, o que contabiliza 5.558 novas vagas”.

O secretário esclarece ainda que de um total de mais de 5,5 mil novas vagas, a maior parte, quase 70%, estão na Educação Infantil, com 3.855 novas vagas para o atual ano letivo. A Educação Infantil é formada pela ‘creche’, onde estão abertas 1.457 novas vagas e pela ‘pré-escola’, com outras, 2.398. “Nossa maior demanda era justamente na Educação Infantil. Para 2020 estamos abrindo, apenas para crianças de dois anos de idade 1.005 vagas, algo inovador dentro da educação pública municipal de Várzea Grande”.

De acordo com a gerente de Legislação e Normas da Secretaria, Creonice de Oliveira Barbosa, os pais ou responsáveis devem procurar a unidade escolar desejada com antecedência para se certificarem da relação de documentos necessários e assim não ter problemas para efetivação das matrículas. “Todas as vagas serão preenchidas pelos responsáveis de forma presencial”, orienta. Esse período de matrículas para alunos novos também pode ser utilizado pelos pais e ou responsáveis que tiverem perdido o prazo para a rematrícula, ocorrido entre 11 e 13 de dezembro do ano passado. “Mesmo sendo aluno da rede, não há vaga assegurada e ele entra na mesma disputa que o aluno novo, concorrendo à vaga.Quem perdeu o prazo concorre ”.

Silvio Fidelis acredita que a procura por novas vagas na rede municipal de Várzea Grande deverá continuar em alta por conta das melhorias observadas na Rede. “Registramos e temos reconhecidos inúmeros avanços tanto nas estruturas das escolas municipais como também na elevação do nível do ensino/aprendizagem e de práticas pedagógicas. Nossos esforços para promover uma educação de alto nível têm apresentado resultados positivos comprovados pelo aumento expressivo da demanda por vagas para novos alunos a cada ano e em 2020 não será diferente”, declarou.

O titular da Educação Municipal da segunda maior cidade de Mato Grosso assegurou o empenho da gestão por ordem da prefeita Lucimar Sacre de Campos para atender a demanda existente e considera desnecessário que os pais façam filas ou durmam na frente das unidades. “na medida do possível todos serão atendidos”, disse Silvio Fidélis.

Por: Marianna Peres – Secom/VG

Comentários Facebook

Várzea Grande

Prefeitura cancela enquete “Selo Empresa Amiga do Meio Ambiente” por suspeita de uso de robôs na votação

Avatar

Publicado


.

14/07/2020    2

Sob suspeita de ataque virtual , a enquete para escolha ‘Selo Empresa Amiga do Meio Ambiente 2021” da Internet foi removida do site da prefeitura de Várzea Grande.As secretarias municipais do Meio Ambiente e  Educação, após suspeita levantada pelos serviços de Tecnologia da Informação – TI- da prefeitura, de ter havido ataque virtual, resolveram suspender a votação temporariamente, acreditando, que este tipo de votação lesa o princípio de igualdade na disputa.

Conforme informações da TI este caso foi considerado como um movimento atípico, vez que, desde  2016 , o “Selo Empresa Amiga do Meio Ambiente” , é escolhido nesta modalidade, e nunca houve ocorrência ou anormalidade. A hipótese é que tenha sido usado um programa que permite votar repetidamente, de forma automática, em um único desenho.

Os secretários municipais de Educação e Meio Ambiente respectivamente, Silvio Fidelis e Helen Farias, foram unanimes ao afirmar que a escolha parte de atividades escolares, realizadas no âmbito curricular, junto aos alunos da Rede de Educação Pública Municipal, com programação e vasto material de conhecimento e que cumprem etapas, para se chegar ao resultado final, que é a exposição dos desenhos para a escolha junto à sociedade várzea-grandense, e repudiam esta prática, afirmando que não será permitida, porque faz parte de uma atividade escolar saudável.

“ Este trabalho educativo que é realizado pelas equipes da Educação e Meio ambiente, junto aos alunos é de extrema importância, porque não só desperta a educação ambiental entre eles como também é extensivo as famílias. E realizando esta atividade, que externa junto a sociedade e classe empresarial, os alunos se sentem a cada ano mais desafiados, a darem o melhor de si, e aprofundam nas pesquisas para realizarem a tarefa final, que é a produção do selo, que é colocado para a escolha junto a população da cidade. Sendo esta ação de extrema responsabilidade social”, disse a secretária do Meio Ambiente Helen Farias.    

O secretário Silvio Fidelis, explicou que para a enquete deste ano houve mudança justamente para não haver disputa desigual “Para não direcionar nem influenciar na votação, os trabalhos foram publicados sem os nomes dos autores e das escolas. O público interessado em participar da votação vai apreciar o melhor desenho que expressa o zelo que o homem deve ter com o meio ambiente e as consequências por não cuidar do meio em que vivemos. A votação sempre foi na modalidade livre, não contendo base científica, e sim, a pura expressão do aluno com referência ao tema. A Votação é aberta para toda a sociedade. A votação iria até o dia 31 de julho, sendo o período para votação de 30 dias. Tão logo o problema seja resolvido, a enquete retorna, e comerá do zero, ficando garantido o prazo de 30 dias para votação ”,detalhou o secretário.

 

 

 

Por: Da Redação – Secom/VG

Comentários Facebook
Continue lendo

Várzea Grande

Prefeitura cancela enquete “Selo Empresa Amiga do Meio Ambiente” por suspeita de uso de ‘robôs’ na votação

Avatar

Publicado


.

14/07/2020    5

Sob suspeita de ataque virtual , a enquete para escolha ‘Selo Empresa Amiga do Meio Ambiente 2021” da Internet foi removida do site da prefeitura de Várzea Grande.As secretarias municipais do Meio Ambiente e  Educação, após suspeita levantada pelos serviços de Tecnologia da Informação – TI- da prefeitura de ter havido ataque virtual, resolveram suspender a votação temporariamente, acreditando, que este tipo de votação lesa o princípio de igualdade na disputa.

Conforme informações da TI este caso foi considerado como um movimento atípico, vez que, desde  2016 , o “Selo Empresa Amiga do Meio Ambiente” , é escolhido nesta modalidade, e nunca houve ocorrência ou anormalidade. A hipótese é que tenha sido usado um programa que permite votar repetidamente, de forma automática, em um único desenho.

Os secretários municipais de Educação e Meio Ambiente respectivamente, Silvio Fidelis e Helen Farias, foram unanimes ao afirmar que a escolha parte de atividades escolares, realizadas no âmbito curricular, junto aos alunos da Rede de Educação Pública Municipal, com programação e vasto material de conhecimento e que cumprem etapas, para se chegar ao resultado final, que é a exposição dos desenhos para a escolha junto à sociedade várzea-grandense, e repudiam esta prática, afirmando que não será permitida, porque faz parte de uma atividade escolar saudável.

“Este trabalho educativo que é realizado pelas equipes da Educação e Meio ambiente, junto aos alunos é de extrema importância, porque não só desperta a educação ambiental entre eles como também é extensivo as famílias. E realizando esta atividade, que externa junto a sociedade e classe empresarial, os alunos se sentem a cada ano mais desafiados, a darem o melhor de si, e aprofundam nas pesquisas para realizarem a tarefa final, que é a produção do selo, que é colocado para a escolha junto a população da cidade. Sendo esta ação de extrema responsabilidade social”, disse a secretária do Meio Ambiente Helen Farias.    

O secretário Silvio Fidelis, explicou que para a enquete deste ano houve mudança justamente para não haver disputa desigual “Para não direcionar nem influenciar na votação, os trabalhos foram publicados sem os nomes dos autores e das escolas. O público interessado em participar da votação vai apreciar o melhor desenho que expressa o zelo que o homem deve ter com o meio ambiente e as consequências por não cuidar do meio em que vivemos. A votação sempre foi na modalidade livre, não contendo base científica, e sim, a pura expressão do aluno com referência ao tema. A Votação é aberta para toda a sociedade. A votação iria até o dia 31 de julho, sendo o período para votação de 30 dias. Tão logo o problema seja resolvido, a enquete retorna, e comerá do zero, ficando garantido o prazo de 30 dias para votação ”,detalhou o secretário.

 

 

 

Por: Da Redação – Secom/VG

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana