conecte-se conosco


Nacional

Estátua da Liberdade da Havan pega fogo em São Carlos; veja as fotos

Avatar

Publicado

Havan arrow-options
Reprodução/Maicon Ernesto

Estátua da Liberdade da Havan de São Carlos pegou fogo nesta madrugada


A estátua da Liberdade de uma das lojas de departamentos Havan , em São Carlos, interior de São Paulo, pegou fogo na madrugada desta terça-feira (31). Ninguém ficou ferido.

As chamas teriam começado por volta das 5h, de acordo com o G1, e foram rapidamente contidas pelos bombeiros. Segundo o Corpo de Bombeiros , ainda não se sabe o motivo do incêndio. 

Leia também: Luciano Hang e evangélicos devem tirar o Aliança do papel

O trânsito na Rodovia Washington Luís (SP-310), onde a loja está localizada, não foi prejudicado. A reportagem do iG tentou contato com a assessoria de imprensa da Havan mas, até o momento desta publicação, não obteve retorno. Confira as fotos:

Havan arrow-options
Reprodução/Youtube

Momento em que a estátua da Havan ardia em chamas.


Havan arrow-options
Reprodução/Maicon Ernesto

Depois do incêndio, sobrou apenas a estrutura da estátua








Comentários Facebook

Nacional

Jovem de 26 anos morre em São Paulo e óbitos vão a 116 no Brasil, segundo Saúde

Avatar

Publicado


source
hospital morte 26 anos coronavírus arrow-options
Divulgação

Hospital Santa Cruz, em São Paulo, confirmou vítima de 26 anos do novo coronavírus

Um jovem de 26 anos morreu em São Paulo neste sábado (28) com coronavírus, de acordo com a assessoria de imprensa do Hospital Santa Cruz. Ele estava internado desde o dia 23 de março com problemas respiratórios.

Leia também: Mandetta cobra Bolsonaro e diz: “Estamos prontos para caminhões levando corpos?” 

Durante a atualização diária, feita no período da tarde, o Ministério da Saúde informou que havia 114 mortes por coronavírus no Brasil . Mais tarde, porém, mais dois óbitos por Covid-19 foram confirmados em São Paulo: a do jovem de 26 anos e a de um aluno de 56 anos da USP. Com isso, o Brasil chegou a 116 mortos, 86 deles no estado com o maior número de casos, São Paulo.

O Hospital Santa Cruz informou na noite deste sábado que a vítima de 26 anos estava em tratamento para hiperuricemia , quando há presença de níveis elevados de ácido úrico no sangue, e procurou o Pronto Socorro da unidade com quadro de grave síndrome respiratória.

“Sua tomografia de tórax revelou padrão compatível com pneumonite viral e, frente a possibilidade de caso suspeito de Covid-19, foi isolado e testado para PCR para SARS-CoV-2, com resultado positivo após 24 horas”, diz a nota do hospital.

Leia também: “Fomos atingidos por um meteoro”, diz Guedes sobre pandemia do coronavírus

Dos 3.904 casos confirmados da Covid-19 no Brasil até a tarde deste sábado, 1.406 estão em São Paulo. Com as mortes, subiu nesta semana a taxa de letalidade da doença, que agora está em 2,8%.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

171 mil máscaras da iniciativa privada são entregues ao Governo de São Paulo

Avatar

Publicado


source
coronavírus arrow-options
Pixabay/Juraj Varga

Segundo o Ministério da Saúde, a máscara é o equipamento mais importante dos profissionais da saúde

Para evitar a falta de insumos para profissionais de saúde que atuam no combate à Covid-19 , o Governo de São Paulo recolheu, neste sábado (28), 120 mil máscaras da iniciativa privada que serão utilizadas nas unidades de saúde. O material se soma às 50 mil unidades entregues na última sexta-feira. A empresa envolvida na ação foi a 3M, do município de Sumaré, que será compensada com o devido valor de mercado praticado antes da pandemia .

LEIA MAIS: Navio com 35 casos suspeitos de Covid-19 atraca em Santos

De acordo com a coordenação da ação, organizada pelas Secretarias de Saúde e de Governo , os lotes recolhidos não interferem no atendimento de acordos comerciais por parte do setor privado nem compromete o empenho realizado pelo Ministério da Saúde quanto aos mesmos insumos.

A medida é um recurso para garantir o abastecimento dos equipamentos de proteção durante a pandemia, à luz da lei federal nº 13.979/2020 . O dispositivo, concebido a partir da crise no novo coronavírus (Sars-cov-2), garante que, em casos de urgência ou perigo público, há a possibilidade do recolhimento na iniciativa privada a qualquer momento, condicionado à indenização futura.

De acordo com a 3M, o solicitado pelo governo de São Paulo foi de 500 mil máscaras. O total deverá ser contemplado ao longo das semanas de abril e maio deste ano. A empresa alega que “tem investido esforços para fornecer a todos dentro de sua capacidade produtiva”.

LEIA MAIS: Total ou vertical? Tipo de isolamento pode interferir no número de mortes

Essa foi a primeira vez que o governo de São Paulo se utilizou da ” Lei da Covid-19 “, criada em fevereiro deste ano. Movimento semelhante também foi registrado nesta semana no Recife, em Pernambuco, à luz do mesmo dispositivo.

São Paulo fechou esta semana em 1.406 casos confirmados e 84 mortes , de acordo com os dados oficiais do Ministério da Saúde, divulgados no fim da tarde deste sábado. Nas últimas 24h, o estado registrou 16 novas mortes relacionadas ao novo coronavírus .

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana