conecte-se conosco


Mato Grosso

Reforma da Previdência de MT reduzirá déficit em R$ 25 bilhões nos próximos 10 anos

Avatar

Publicado

A proposta de Reforma da Previdência Estadual, de autoria do Executivo, reduzirá o déficit financeiro em R$ 25 bilhões em 10 anos, caso seja aprovada na íntegra. O projeto, que está sendo discutido no âmbito do Conselho de Previdência de Mato Grosso, segue o modelo federal, promulgado pela Emenda Constitucional 103.

Mato Grosso segue a tendência de outros Estados brasileiros e avança nas discussões, sob pena do déficit chegar a R$ 31 bilhões em 10 anos, caso o modelo não seja aprovado. Com a aprovação, o Estado ainda voltaria a apresentar déficit, porém este valor acumulado chegaria a R$ 6 bilhões.

De acordo com o Mato Grosso Previdência (MT Prev), atualmente o déficit financeiro mensal é de R$ 110 milhões. A previsão para o próximo ano é que o déficit acumulado atinja o valor de R$ 1,4 bilhão.

No início deste mês, o secretário de Previdência do Ministério da Economia, Leonardo Rolim, esteve em Cuiabá apresentando as principais mudanças na previdência nacional aos conselheiros. O gestor defendeu que os Estados que ainda não tenham aprovado suas reformas se adequando ao modelo federal, precisam dar celeridade para cumprir os prazos e continuarem regulares.

“É muito importante para os Estados que suas reformas sejam feitas o mais rápido possível, tanto na parte de benefícios, como na parte de custeios. Este, inclusive, é um problema seríssimo da finança dos Estados. O modelo atual é insustentável e daqui a poucos anos o Estado não terá condições de pagar as aposentadorias se não fizer este ajuste”, defendeu Leonardo Rolim.

Até o momento, seis Estados já aprovaram suas reformas previdenciárias, sendo eles o Acre, Alagoas, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso do Sul e Paraná. Caso não adotem essas medidas até julho de 2020, os governos estaduais podem perder até mesmo repasses da União.

“Com esta reforma, decidimos reproduzir o que já está valendo para 94% da população brasileira. O que queremos impedir é que daqui a 10 anos, o déficit acumulado chegue a R$ 31 bilhões, o que representa 1,5 vez o orçamento do Estado e tome proporções ainda maiores”, disse o presidente do MT Prev, Elliton Oliveira de Souza.

Alíquota

Nesta semana, os conselheiros aprovaram o aumento da alíquota previdenciária de 11 para 14%, uma das exigências da Emenda Constitucional 103. O texto já foi encaminhado para a Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) e aguarda votação.

As demais mudanças, como é o caso da idade mínima para aposentadoria, seguem em discussão e serão encaminhadas em um outro projeto de lei complementar. Neste modelo, a idade mínima das aposentadorias dos servidores de Executivo, Legislativo, Judiciário, Ministério Público e Defensoria, passaria a ser de 65 anos para homens e 62 para mulheres, exceto para algumas carreiras que possuem regras próprias, como professores e militares.

Uma nova reunião do conselho está marcada para a próxima segunda-feira (16.12), no Palácio Paiaguás.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

Governo realiza entrega do COT UFMT nesta terça-feira (28)

Avatar

Publicado

O Centro Olímpico de Treinamento da Universidade Federal de Mato Grosso (COT UFMT) foi totalmente concluído e será entregue nesta terça-feira (28), às 18h. Na ocasião, o governador Mauro Mendes, o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira e a reitora da UFMT, Myrian Serra concederão entrevista coletiva para apresentar o novo espaço desportivo.

Com um investimento de R$ 17,1 milhões e uma área construída de 5,4 mil metros quadrados, o COT UFMT é uma das obras previstas para a Copa do Mundo de 2014, que foi retomada e concluída pela atual gestão.

O complexo conta com uma pista de atletismo, construída seguindo padrão internacional estabelecido pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAT), o campo de futebol, que possui quatro torres de iluminação, com refletores e a arquibancada com capacidade para 1.500 pessoas.

Além disso, o local possui oito banheiros, sendo quatro para Portadores de Deficiência (PCDs), seis salas de aula, quatro camarotes, um local para lanchonete, sala antidoping, auditório, elevador com acessibilidade, duas salas de apoio, uma sala técnica, dois depósitos e um mirante.

Serviço

Entrega do COT UFMT
Data: terça-feira (28.01)
Hora: 18h

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Escola aposta no empreendedorismo trabalhando com produtos feitos com material reciclável

Avatar

Publicado

Alunos da Escola Estadual Gonçalo Botelho de Campos, em Várzea Grande, encerraram o Projeto Sustentabilidade e Empreendedorismo, realizando a apresentação dos projetos para a comunidade escolar. O evento ocorreu na última sexta-feira (24.01), durante o período matutino, com as equipes realizando suas apresentações.

Segundo a diretora, Shirley de Oliveira Cardoso, participaram todos os alunos do ensino fundamental e médio, com o objetivo de trabalhar as múltiplas inteligências, a socialização dos alunos visto que a escola é uma só.

A diretora explica que o Projeto iniciou com a apresentação aos alunos de que a ideia era trabalhar com materiais recicláveis.

Numa segunda etapa, os estudantes foram divididos em três grupos – decoração, artigos para festas – incluindo reaproveitamento alimentar – e material escolar.

“Tudo produzido com material reciclado que foi vendido durante a apresentação. Por tabela, os alunos aprenderam os princípios básicos do empreendedorismo”, assinala.

O estudante Guilherme Rossini, do 1º ano do ensino médio, acredita que trabalhos como esse são interessantes e produtivos tanto para os alunos como para os professores. A sua colega, Maria Eduarda também tem o mesmo pensamento.

“A inovação, principalmente em relação ao aproveitamento alimentar  chamou a minha atenção e de muitos colegas. Mostrou todo o esforço dos alunos que atuaram no projeto”, define.

Os pais participaram da apresentação e ficaram empolgados com os trabalhos. É o caso da dona Patrícia, mãe da estudante Maria Eduarda que participou de uma das equipes. ”Muito importante o incentivo por parte dos professores, pois foi essencial para o êxito do projeto”, frisa.

Dona Deise, mãe de duas alunas – Talita Maria e Ana Lúcia – também saiu satisfeita com as apresentações.  “As minhas filhas que apresentaram receitas alternativas, estudaram essas receitas e na prática ficaram ótimas, saborosas”, comemora.

A professora Adriana da Silva, fez um trabalho com alunos com maiores deficiências na aprendizagem e ficou surpresa com o resultado. “Elaboraram os projetos e executaram com sucesso. São nota 10. Melhor impossível”, ressalta.

Para a auxiliar de nutrição Daiana Maria, o uso de caixas de papelão mostra como reutilizar um produto que poderia ser descartado. “O aproveitamento de sobras de comida indica que podemos cuidar melhor de nosso planeta”, explica.   

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana