conecte-se conosco


Esportes

Experiência brasileira com Copa de 2014 será repassada ao Catar

Avatar

Publicado

O Brasil repassará ao Catar, sede da Copa do Mundo de 2022, experiências adquiridas durante a preparação e a realização da Copa de 2014. O memorando prevendo a parceria por três anos foi assinado em outubro pelos ministros de Relações Exteriores dos dois países e publicado no Diário Oficial da União de hoje (13). 

O objetivo do documento é “incentivar as ações de organização e preparação dos eventos com a implementação da cooperação entre as partes, o que inclui atividades de formação profissional, capacitação técnica, transferência de conhecimento e acordos nas áreas relevantes”.

Entre os tópicos considerados prioritários pelos dois países estão a participação de pequenos e médios negócios em grandes eventos internacionais, os programas desenvolvidos em cidades-sede, as estratégias de sustentabilidade, inovações tecnológicas, intercâmbios esportivos para pessoas com necessidades especiais, cooperações de combate a doping. gestão e manutenção de instalações desportivas e políticas de combate à violência e ao racismo nos estádios. Na lista de trocas de experiência ainda está a gestão e organização de eventos internacionais de grande porte.

A cooperação entre Brasil e Catar será feita por meio de visitas a cidades-sede, seminários e reuniões, capacitações, missões de especialistas e técnicos e pelo intercâmbio de práticas.

As ações serão coordenadas, no Brasil, pelo Ministério de Relações Exterior. Já no Catar, os trabalhos ficarão a cargo do Conselho Supremo de Entrega e Legado.

Ouça na Radioagência Nacional:

Edição: Carolina Gonçalves
Comentários Facebook

Esportes

Piloto de F1 é novidade brasileira em maratona de Fórmula E

Avatar

Publicado


.

O mineiro Sérgio Sette Câmara Filho será uma das novidades entre os pilotos que disputarão as seis corridas finais da temporada 2019/2020 da Fórmula E, todas em Berlim (Alemanha), em nove dias. O brasileiro, de 22 anos, substituirá o neozelandês Brendon Hartley na equipe GEOX Dragon, e estreará na categoria dos carros elétricos na etapa de quarta-feira (5), que abrirá a “maratona” no aeroporto de Tempelhof, na capital alemã.

Com Sette Câmara – piloto reserva das equipes Red Bull e AlphaTauri na Fórmula 1 – o Brasil passa a ter três representantes na Fórmula E. Além dele, competem Lucas Di Grassi, pela Audi, e Felipe Massa, da Venturi. O mineiro é fã declarado de Massa e o acompanhou de perto quando o agora companheiro de categoria quase foi campeão mundial de F1, há 12 anos.

“Eu lembro que em 2008, eu estava na arquibancada [do autódromo de Interlagos] com meu pai e avô. Na hora que o Massa ganhou a corrida, que foi emocionante, debaixo de chuva, a gente começou a gritar. Na televisão, a câmera mudou para o momento em que o [Lewis] Hamilton ultrapassou o [Timo] Glock. Mas, quem estava na arquibancada só ficou sabendo que o Massa não foi campeão uns dois minutos depois”, recordou o brasileiro, em entrevista divulgada pela Fórmula E.

Sergio Sette Camara, piloto Fórmula ESergio Sette Camara, piloto Fórmula E

Na quarta-feira (3) o piloto Sergio Sette Camara Filho competira pela primeira vez na categoria de carros elétricos. – Sho Tamura / Red Bull Content Pool/Direitos Reservados

“Nunca imaginei que fosse me profissionalizar como piloto. Sempre fui fanático por corridas e o Massa foi um herói para mim na época. Ele e o Rubinho [Barrichello] me inspiraram muito a seguir nesse esporte. O Felipe liderou o automobilismo brasileiro e ainda lidera. Poder compartilhar a pista com alguém como ele será uma honra”, completou.

Será a primeira vez de Sette Câmara na categoria. Segundo ele, apesar de curta, a vivência na Fórmula E será importante no futuro. “Em geral, no automobilismo, as equipes sempre preferem pegar os pilotos que já estão naquele meio. Como os carros elétricos são muito diferentes, eu queria ter no currículo algum tipo de experiência que me ligasse à Fórmula E”, explicou.

“Eu não esperava [a chance] porque dou prioridade à função de reserva na F1 e aos compromissos na Super Fórmula [campeonato de automobilismo japonês], porque são contratos que eu já tinha assinado. Por conta da pandemia [do novo coronavírus], achava que seria impossível fazer as três coisas ao mesmo tempo, mas encaixou que essas corridas em Berlim não batem com nada [no calendário]”, emendou.

 

 

A maratona da Fórmula E será disputada entre quarta (5) e o próximo dia 13, sempre com dois dias de prova e dois de intervalo. A cada duas etapas, muda-se o layout da pista. Devido à pandemia de covid-19, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) aprovou a finalização do Mundial com portões fechados. A categoria informou que adota “rigorosas medidas de segurança”, como limite de mil pessoas no local de prova, testes e exames diários, uso de máscara, distanciamento social e restrição de movimento nos espaços de trabalho.

A temporada 2019/2020 foi paralisada em março, após as etapas de Arábia Saudita (duas), Chile, México e Marrocos. O português António Félix da Costa lidera o campeonato de pilotos com 67 pontos, 11 à frente do britânico Mitch Evans. Entre os brasileiros, Di Grassi é o quinto, com 38 pontos, e Massa é o 19º, com dois pontos.

Por causa da pandemia, nove provas do calendário original haviam sido suspensas, entre elas, a de Berlim, a única que foi retomada. Com isso, as corridas em Nova York (Estados Unidos), Sanya (China), Roma (Itália), Paris (França), Seul (Coreia do Sul), Jacarta (Indonésia) e Londres (duas corridas no Reino Unido) não serão disputadas nesta temporada.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Gaúcho: Grêmio vence Novo Hamburgo e vai à final contra Inter

Avatar

Publicado


.

Em partida de sete gols na Arena Grêmio, o Imortal superou o Novo Hamburgo por 4 a 3 neste domingo (2). O resultado leva a equipe do técnico Renato Gaúcho para mais uma decisão contra o Internacional pelo segundo turno do Gauchão.

O Grêmio começou o jogo com a corda toda. Logo no primeiro minuto, Diego Souza escorou de cabeça, dentro da pequena área, cruzamento de Evérton Cebolinha, abrindo o marcador. Aos 22, o volante Maicon ampliou, ao chutar de bico para o gol vazio após trapalhada da defesa adversária. Apesar da desvantagem, o Novo Hamburgo não esmoreceu. Aos 30, numa cobrança de falta, o lateral-esquerdo Zé Mário diminuiu com um forte chute. Sete minutos depois, Kayron empatou para o Anilado.

Na segunda etapa, aos 13, Diego Souza voltou a marcar, após cruzamento rasteiro de Guilherme Guedes. Mostrando mais uma vez poder de reação, o Novo Hamburgo deixou tudo igual, de pênalti, aos 32, novamente com Zé Mario. No fim do confronto, aos 45, o Imortal voltou a ficar definitivamente na frente no placar, com Luciano.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana