conecte-se conosco


Cidades

Pessoas vivendo com HIV/Aids e infectados por ISTs têm tratamento de referência oferecido pelo SUS

Publicado

Cidades

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) atua regularmente na conscientização e combate às infecções sexualmente transmissíveis em Cuiabá. O Serviço de Assistência Especializada (SAE) de Cuiabá é referência em atendimento contínuo e humanizado para pessoas soropositivas, com Hepatites Virais e Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) na capital e para outros municípios do estado.

Além dos suportes de testagem rápidas que permitem celeridade nos diagnósticos, o SAE fornece os medicamentos para tratamento das ISTs e a Profilaxia Pre Exposição (PrEP). De acordo com a coordenadora do SAE, Kamylla Reis, atualmente cerca de 4.500 pessoas estão cadastradas para o acompanhamento de tratamento para HIV/Aids. Além disso, o SAE atende em média 500 casos de ISTs ao mês, entre sífilis, gonorréia, clamídia, HPV e outras. “Em Cuiabá surgem em média, 400 novos casos de pessoas infectadas com o vírus da Aids a cada ano. O perfil da maioria de novos casos dos usuários do serviço é de jovens entre 18 e 28 anos, ensino médio completo a superior completo, homens homossexuais e heterossexuais, solteiros”, revela a coordenadora.

Kamylla comenta ainda que o número de infectados pode ser maior, visto que muitas pessoas não têm conhecimento de que possuem o vírus ou não procuram tratamento especializado, como o oferecido no SAE. As pessoas que tem o diagnóstico do HIV confirmado devem procurar o atendimento no SAE, para realizar o tratamento de forma gratuita. “Os medicamentos para tratamento do HIV são os antirretrovirais, que são fornecidos pelo Ministério da Saúde. Os medicamentos da Profilaxia Pre Exposição também são fornecidos pelo Ministério e dispensados à população que se encaixe dentro dos critérios de elegibilidade”, explica.

Em alusão ao Dezembro Vermelho, a coordenação do Programa IST / AIDS e Hepatites Virais, juntamente com o SAE vão realizar, na próxima quinta-feira (12) uma roda de conversa com os profissionais do Hospital Municipal de Cuiabá – HMC no período da manhã. À tarde, das 13h às 16h a equipe do SAE estará no HMC realizando testes rápidos para a detecção de HIV, sífilis e Hepatite B e C.

“Temos trabalhado estratégias para intensificar a conscientização da população sobre os riscos, investindo em medidas que deem celeridade aos diagnósticos e tratamentos às doenças. A idéia é evitar uma epidemia das IST em Cuiabá, especialmente da Sífilis, que é porta de entrada para o vírus do HIV. Nosso objetivo é diminuir o número preocupante de novos casos e oferecer o melhor atendimento que possibilite qualidade de vida a estes usuários do Sistema Único”, disse Mariella Padilha, Coordenadora Técnica do Programa IST AIDS e Hepatites Virais.

Comentários Facebook
Veja Também  Projeto de Lei de autoria do vereador Dilmair Callegaro concedeu ao Presidente Bolsonaro o título de cidadão sinopense.

Cidades

Projeto de Lei de autoria do vereador Dilmair Callegaro concedeu ao Presidente Bolsonaro o título de cidadão sinopense.

Kayan Henrique

Publicado

Projeto de Lei de autoria do vereador Dilmair Callegaro concedeu ao Presidente Bolsonaro o título de cidadão sinopense.

A honraria foi entregue pelo Sindicato Rural de Sinop, na pessoa do Presidente Redivo, durante evento em Sinop na Impasa.

Comentários Facebook
Veja Também  Projeto de Lei de autoria do vereador Dilmair Callegaro concedeu ao Presidente Bolsonaro o título de cidadão sinopense.
Continue lendo

Cidades

Tangará da Serra homologa protocolos de enfermagem

Avatar

Publicado

A Prefeitura Municipal de Tangará da Serra publicou nesta quinta-feira, 20, o decreto n.º 074/2020, que dispõe sobre o Protocolo de Enfermagem na Atenção Primária à Saúde no município. O decreto homologa a resolução 003/2020 do Conselho Municipal de Saúde, que estabelece protocolos para as seguintes áreas: atenção à demanda espontânea de cuidados no adulto; infecções sexualmente transmissíveis; hipertensão, diabetes e outros fatores associados a doenças cardiovasculares; atenção à demanda de cuidados na criança e saúde da mulher.

Os protocolos de enfermagem subsidiam a prática gerencial e assistencial dos profissionais de enfermagem nos diversos contextos de saúde. Estes instrumentos buscam a padronização e uniformização dos procedimentos, na perspectiva de reduzir erros e garantir maior qualidade nos atendimentos realizados.

Na Atenção Primária à Saúde (APS), os protocolos são fundamentais, especialmente nas consultas de enfermagem, em que o enfermeiro acolhe, escuta, examina e identifica os problemas de saúde (atuais e/ou potenciais), prescrevendo cuidados que visam a promoção, prevenção/proteção, recuperação ou reabilitação tanto em âmbito individual como coletivo.

Desde 1986, a partir da Lei do Exercício dos Profissionais de Enfermagem (7498/1986), o enfermeiro pode prescrever todos os cuidados de enfermagem, incluindo a prescrição de medicamentos estabelecidos em programas de saúde pública e em rotina aprovada pela instituição de saúde. No Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem (564/2017) é reforçada essa premissa legal e ainda a possibilidade de outras prescrições em situações de emergência.

“Enaltecemos o empenho e esforço de todos os profissionais envolvidos nessa consolidação e conquista para a saúde e Enfermagem de Tangará da Serra, em especial, ao Enfermeiro Rômulo Cézar Ribeiro da Silva, presidente do Conselho Municipal de Saúde e a Enfermeira Dienefer Jaqueline Magalhães Feix, Secretária Municipal de Saúde”, destacou o Enfermeiro Vagner Ferreira do Nascimento, Conselheiro do Coren-MT.

Comentários Facebook
Veja Também  Projeto de Lei de autoria do vereador Dilmair Callegaro concedeu ao Presidente Bolsonaro o título de cidadão sinopense.
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana