conecte-se conosco


Saúde

Inca alerta para uso de dispositivos eletrônicos para fumantes

Publicado

Saúde

O Instituto Nacional de Câncer (Inca) publicou, hoje (10), um alerta sobre o uso de dispositivos eletrônicos para fumantes (cigarros eletrônicos), que funcionam com bateria e possuem diferentes formas e mecanismos, contendo inúmeras substâncias tóxicas, na maioria aditivos com sabores de nicotina, droga que causa dependência química.

De acordo com o Inca, os dispositivos eletrônicos também são responsáveis por vários acidentes por explosões das baterias, que provocam queimaduras, perda de partes do corpo e até morte. O instituto alerta ainda que o líquido, contendo nicotina, pode provocar princípios de incêndio em residências e doença pulmonar severa, caso inalado, principalmente por crianças.

Estudos científicos demonstram que um jovem começar a fumar cigarros convencionais quadruplica com o uso dos dispositivos eletrônicos.

Resolução Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de 2019 proíbe a comercialização, importação e propaganda de quaisquer dispositivos eletrônicos para fumar. O Inca reafirma sua posição à manutenção da medida tomada pela Agência reguladora de saúde.

Saiba mais

Veja Também  Covid-19: ocupação de leitos na rede privada cai para 57% em agosto
Edição: Fernando Fraga
Comentários Facebook

Saúde

Governo brasileiro confirma intenção de aderir à Covax

Avatar

Publicado


.

Após tratativas com a Aliança GAVI, o governo brasileiro confirmou a intenção de aderir à Covax Facility. A iniciativa inédita, co-liderada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), visa impulsionar o desenvolvimento de vacinas para combater a pandemia de covid-19 e ajudar na produção e distribuição dos medicamentos mais eficazes assim que disponíveis. 

Por meio de nota, a Secretaria Especial de Comunicação Social, do Ministério das Comunicações, disse que o Ministério da Saúde tem atuado em diversas frentes para alcançar com agilidade e segurança uma solução efetiva para a cura da covid-19. Reiterou ainda, que a aquisição de uma vacina segura e eficaz é prioridade do governo federal.

Mais de 170 países aderiram ao programa de vacinas contra covid-19

Em um vídeo pré-gravado para um webinar sobre o Covax, Tedros Adhanom Ghebreysus, diretor geral da OMS disse que ontem (17) que mais de 170 países aderiram à iniciativa.

“Mais de 170 países aderiram à Covax, ganhando acesso garantido ao maior portfólio mundial de vacinas candidatas”, informou.

*Com informações da Reuters

Edição: Liliane Farias

Veja Também  Covid-19: ocupação de leitos na rede privada cai para 57% em agosto
Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Continue lendo

Saúde

Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 135 mil mortes por covid-19

Avatar

Publicado


.

O Brasil passou das 135 mil mortes por covid-19, nesta sexta-feira (18). O número foi divulgado na atualização do Ministério da Saúde. Nas últimas 24 horas, foram registrados 858 óbitos pela covid-19, totalizando 135.793 mortes, desde o início da pandemia. Ainda há 2.352 óbitos em investigação pelas autoridades de saúde.

Ainda de acordo com os dados, o país se aproxima da marca de 4,5 milhões de casos acumulados. Entre ontem e hoje, somaram-se às estatísticas 39.797 pacientes diagnosticados com a covid-19, totalizando 4.495.183 casos acumulados.

Atualização em 18/9Atualização em 18/9

Ontem, o Ministério da Saúde também divulgou o boletim epidemiológico semanal da covid-19. De acordo com os dados, o número de casos caiu 30% e o de mortes, 13%, na comparação com a semana epidemiológica anterior.

Ainda de acordo com a atualização, 570.251 pessoas estão em acompanhamento e outras 3.789.139 já se recuperaram.

A letalidade (número de óbitos pelo total de casos) ficou em 3%. A mortalidade (número de falecimentos por 100 mil habitantes) está em 64,6. Já a incidência (total de casos por 100 mil habitantes) subiu para 2139,1.

Veja Também  Covid-19 responde por 97,5% dos casos de SRAG reportados no país

Estados

Os estados com mais mortes são São Paulo (33.678), Rio de Janeiro (17.575), Ceará (8.790), Pernambuco (7.971) e Minas Gerais (6.574). As Unidades da Federação com menos vidas perdidas até o momento são Roraima (613), Acre (647), Amapá (690), Tocantins (850) e Mato Grosso do Sul (1.148).

Edição: Denise Griesinger

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana