conecte-se conosco


Economia

Maior coleção de uísques do mundo pode alcançar R$ 43,5 milhões em leilão

Avatar

Publicado

source
uísque arrow-options
Foto: Reprodução/Internet

Mais de 3.900 garrafas de uísques raros adquiridos por um colecionador americano serão negociadas em 2020

A maior coleção particular de uísques escoceses do mundo será leiloada , em breve, com possibilidade de render US$ 10,5 milhões, o equivalente a R$ 43,5 milhões. As bebidas foram reunidas pelo falecido Richard Gooding — um colecionador particular americano do Colorado .

De acordo com os vendedores especializados, ele passou décadas procurando garrafas especiais em leilões e destilarias, como Macallan, Bowmore e Stromness, e viajou regularmente para a Escócia atrás delas. As informações são da CNN.

O conjunto — chamado de “Coleção Perfeita” — reúne mais de 3.900 garrafas e será vendido num leilão em 2020. Algumas unidades estão avaliadas individualmente em mais de 1,2 milhão de libras (cerca de US$ 1,6 milhão ou R$ 6,6 milhões).

O conjunto eclético inclui exemplares raros e valiosos de The Macallan, Bowmore e Springbank, além de bebidas das destilarias agora fechadas, como Stromness Distillery e Dallas Dhu.

Entre as garrafas de nível superior à venda, está uma coleção de seis unidades Lalique da Macallan, com 50 anos de idade, que tem um preço estimado de 90 mil a 100 mil libras (de US$ 118 mil a US$ 131 mil ou de R$ 489 mil a R$ 543 mil). Há também uma importação dos EUA — Macallan de 1926 —, que pode ser vendida por até 1,2 milhão de libras (cerca de US $ 1,6 milhão ou R$ 6,6 milhões).

– É incrivelmente raro que uma coleção completa de uísques desse tamanho e valor seja leiloada ao mesmo tempo, mas é a grande diversidade e abrangência da coleção de Gooding que a torna tão intrigante – disse Becky Paskin, escritora e especialista em uísque. – Ele era um colecionador perfeitamente eclético e apaixonado, viajando frequentemente ao redor do mundo para buscar uísques indescritíveis. Embora existam várias garrafas de alto nível, como os Macallans e Black Bowmores de 1926, ele também acumulou um tesouro de variedade ampla. São de diversas destilarias, incluindo algumas que há muito se perderam.

Segundo a especialista, a coleção fornece uma “visão fascinante da ambição e da dedicação de um homem a um de seus grandes amores”. A empresa Whiskey Auctioneer venderá a coleção em dois leilões separados.

Fonte: IG Economia
Comentários Facebook

Economia

Número de inadimplentes cresceu em novembro de 2019

Avatar

Publicado

O total de inadimplentes, pessoas com contas em atraso, registrado em novembro de 2019, cresceu em relação ao ano anterior, de 62,6 milhões de pessoas para 63,8 milhões. Já os dados anualizados apontam, segundo o Serasa Experian, queda de 3,3%, quando em novembro de 2018 o volume de dívidas atrasadas e negativadas chegava a 234,4 milhões e caiu para 226,6 milhões, nos 12 meses seguintes.

As dívidas negativadas podem geram a inclusão do nome da pessoa inadimplente em listas mantidas por instituições de proteções de crédito, como Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e Serasa, o que impede a obtenção de empréstimos e financiamentos.

De acordo com o Serasa, em novembro de 2018, cada pessoa inadimplente deixou de honrar, em média, o pagamento de 3,7 contas. A proporção foi reduzida para 3,5 contas em 2019.

Estados

Dos sete estados da Região Norte três apresentam índices elevados de inadimplência.

No Amazonas, mais da metade da população, 55,7%, não conseguiu deixar as contas em dia, em novembro de 2019. A condição de inadimplente também englobava metade dos habitantes de Roraima e 49,4% dos residentes do Amapá. Os estados que ostentavam os três melhores índices eram Piauí (33,2%), Rio Grande do Sul (34,7%) e Santa Catarina (34,8%).

Contas

De acordo com o Serasa Experian, a quitação de contas de serviços de telecomunicação, como de internet e telefone, foi o que mais colaborou para o resultado apurado. Esse setor fechou novembro de 2019 com uma redução de 2,4 pontos percentuais na taxa de inadimplência.

Já as dívidas com bancos e cartões, que permaneciam em aberto, eram a maioria, representando 28,1% do total, com variação positiva de 0,6 ponto percentual, ante novembro de 2018.

No setor de serviços, constatou-se a mais alta variação, de 0,8 ponto percentual. Nesse caso, as contas atrasadas respondiam por 9,4% do total registrado em novembro de 2019.

O economista do Serasa Experian Luiz Rabi disse que os números sinalizam que as pessoas inadimplentes começaram a organizar seus débitos, aproveitando, principalmente, as últimas ações de feirão de renegociação. Para ele, mais pessoas deixarão essa condição, gradualmente, nos próximos meses.

Edição: Fernando Fraga
Fonte: EBC
Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

PIB cresce 0,8% no trimestre encerrado em novembro, aponta FGV

Avatar

Publicado

O Produto Interno Bruto (PIB, soma de todos os bens e serviços produzidos no país) cresceu 0,8% no trimestre encerrado em novembro de 2019 na comparação com o trimestre findo em agosto daquele ano. O dado é do Monitor do PIB, divulgado hoje (21) pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Segundo a FGV, o PIB cresceu 1,9% na comparação com o trimestre encerrado em novembro de 2018 e 1% na taxa acumulada em 12 meses. Considerando-se apenas o mês de novembro, o PIB teve altas de 0,3% na comparação com outubro de 2019 e de 1,6% em relação a novembro de 2018.

Na comparação do trimestre encerrado em novembro com o trimestre findo em agosto de 2019, a alta de 0,8% foi influenciada por um crescimento no mesmo patamar, de 0,8%, do setor de serviços. A indústria cresceu 0,5% e a agropecuária, 0,3%.

Edição: Fernando Fraga
Fonte: EBC
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana