conecte-se conosco


Politica MT

Max Russi pede estrutura para agricultura familiar de São José do Povo

Avatar

Publicado

O deputado Max Russi acredita que a assistência é uma forma de ajuda vital para os pequenos produtores, principalmente por ajudar na economia local.

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

Duas indicações apresentadas pelo deputado Max Russi (PSB), na Assembleia Legislativa, pedem mais estrutura para os pequenos produtores de São José do Povo. As demandas foram repassadas ao parlamentar pelo Nilson Tavares.

A primeira delas aponta a necessidade da viabilização de um veículo para a Secretaria Municipal de Agricultura. O vereador alega dificuldades na prestação de serviços às comunidades. “Um veículo seria essencial para que os servidores pudessem atender as demandas solicitadas pelos moradores”, argumentou.

Já a segunda trata da disponibilização de kit de irrigação por gotejamento. Esse equipamento teria papel fundamental na rega do plantio, assim como na economia de água, em até 60%, se comparado aos métodos tradicionais.  

“As pessoas que trabalham diretamente na produção rural precisam muito do apoio do governo, pois a estrutura é limitada e os recursos são poucos. Já houve um projeto que distribuiu equipamentos de irrigação para algumas cidades, mas nós não fomos beneficiados e essa aquisição trará muitas melhorias para a comunidade que produz”, explica Tavares.

Veja Também  Faissal sugere auxílio da FAB e contratação de aviões agrícolas para combater incêndios no Pantanal

O deputado Max Russi acredita que a assistência é uma forma de ajuda vital para os pequenos produtores, principalmente por ajudar na economia local. Ele defende ainda que o fortalecimento da agricultura familiar, sobre tudo, ajuda em uma melhor distribuição alimentar que beneficia a população.

“Precisamos atender a esse pedido. Os pequenos e médios produtores precisam do nosso auxílio para aumentar e melhorar a produtividade do seu serviço. Através desse trabalho é gerado emprego, além de impulsionar a economia local e de diversas famílias vivem e dependem desse oficio”, analisa.  

Comentários Facebook

Politica MT

Batalhão da PM de Lucas do Rio Verde receberá R$ 1 milhão em emenda parlamentar

Avatar

Publicado


.

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

Com emenda parlamentar de R$ 1 milhão destinada pelo deputado estadual Silvio Fávero, o governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), formalizou na quinta-feira (13), o termo para construção do 13ª Batalhão da Polícia Militar, no município de Lucas do Rio Verde.

“É muito gratificante, com muito empenho, concretizar esse sonho que vai não só reforçar a segurança pública no município de Lucas do Rio Verde, como para toda região. Agradeço a todos que se empenharam para que, juntos, pudéssemos, finalmente, dar início às obras para construção do Batalhão de Lucas”, comemorou o parlamentar.

Orçada em R$ 2,1 milhões, as obras terão a contrapartida do município, com previsão de entrega no prazo de um ano. Em uma área total de 18 mil metros quadrados, o batalhão também abrigará, futuramente, a Escola Militar que já funciona na cidade com 355 alunos. Com a nova sede, serão ampliadas para 1.200 vagas, com a destinação de outra emenda parlamentar do deputado Silvio, também no valor de R$ 1 milhão.

Veja Também  Batalhão da PM de Lucas do Rio Verde receberá R$ 1 milhão em emenda parlamentar

Em nome da Polícia Militar, o coronel PM Wancley Rodrigues, presente no ato de assinatura do termo, agradeceu Fávero por somar esforços em benefício da segurança pública de Mato Grosso, assegurando melhores condições de trabalho aos militares que atuam em Lucas do Rio Verde.

“Agradecemos o deputado Silvio Fávero por tratar a segurança pública com prioridade na atuação no Legislativo estadual. Este é um grande sonho da Polícia Militar. Essa obra dará mais qualidade ao trabalho da polícia na região e, consequentemente, mais segurança à população”, destacou o subchefe do Estado Maior, Wancley Rodrigues.

Na oportunidade, o governador Mauro Mendes (DEM) agradeceu o apoio do deputado estadual Silvio Fávero, a quem chamou de deputado artilheiro pelas iniciativas e leis emplacadas pelo parlamentar em favor de Mato Grosso. “Esse é o nosso deputado artilheiro! Mato Grosso agradece pela sua forte atuação na Assembleia Legislativa de Mato Grosso”, declarou o chefe do Poder Executivo Estadual.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Politica MT

Estudantes poderão receber celulares, tablets e notebooks apreendidos pela polícia

Avatar

Publicado


.

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

O deputado estadual Elizeu Nascimento (DC), apresentou o Projeto de Lei nº 700/2020, que prevê a doação de celulares, tablets e notebooks apreendidos pelas polícias Juciária Civil e a Militar de Mato Grosso a alunos da rede pública de ensino em situação de vulnerabilidade. A matéria foi apresentada na sessão de quarta-feira (12), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso.  

A proposta, se aprovada, vai atender estudantes que, em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), passaram a ter as aulas on-line. As aulas presenciais na rede estadual estão suspensas desde o dia 23 de março; e, agora, os estabelecimentos educacionais estão ofertando aulas na modalidade remota, à distância, por meio digital. Ocorre que nem todos os alunos da rede pública, possuem acesso aos meios digitais para poderem assistir as aulas.  

No texto fica estabelecido que os alunos beneficiados serão estudantes considerados em situação de vulnerabilidade, cuja a família esteja inscrita em cadastros para programas sociais do governo ou que de outra forma comprove a total impossibilidade de aquisição dos aparelhos de que trata o projeto.    

Veja Também  Barranco propõe criação da comenda Dom Pedro Casaldáliga

O deputado explica que a situação de muitos alunos que não possuem computadores ou celulares, o sensibilizou. “Por mais que as aulas sejam transmitidas por um canal de televisão, as atividades estão todas na plataforma digital. Queremos contribuir com a formação dos nossos jovens a partir da destinação de equipamentos que seriam queimados ou leiloados”, destacou Nascimento.  

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana