conecte-se conosco


Mato Grosso

Governador participa de posse de juiz eleitoral no TRE

Avatar

Publicado

O governador Mauro Mendes participou da posse do advogado Jackson Coutinho, no cargo de juiz membro do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE), na manhã desta sexta-feira (06.12). Esta será a segunda vez que o advogado assume uma cadeira no TRE. Em 2017, ele foi eleito para a função de juiz substituto.

“Desejo muita sorte nessa nova passagem pelo Tribunal. Ele tem o respeito da sociedade e a experiência de quem já contribuiu com a Justiça Eleitoral”, destacou o governador.

Jackson Coutinho ficará na função de juiz membro pelo período de dois anos. Ele foi escolhido por meio de lista tríplice, pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, após eleição no Tribunal de Justiça de Mato Grosso. A vaga que ele assume a partir desta sexta-feira é originária do quinto constitucional, para advogados com mais de 10 anos de exercício profissional.

“Essa é uma honrosa missão de representar a advocacia. Esse privilégio, eu recebo como reconhecimento e isso é o que mais me sensibiliza aos muitos anos de dedicação ao direito e a justiça”, destacou, acrescentando ainda que tem a obrigação por bem representar a advocacia mato-grossense nas eleições de 2020.

Ainda para o jurista, o próximo ano será de combate às “Fake News”, principalmente, no momento em que vive o país de “renovação da esperança”.

Comentários Facebook

Mato Grosso

Seplag firma parceria com Funac e contrata reeducandas

Avatar

Publicado


Brilho nos olhos misturado com timidez e esperança. Essa é a reação das mulheres reeducandas lotadas na Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), que buscam uma nova oportunidade após violarem a lei. Na sala em que trabalham as experiências e sonhos são compartilhados, o espírito de equipe prevalece vivo a cada documento que passa de mão em mão.

A Seplag é a primeira Secretaria a ter no quadro de colaboradores, reeducandos que auxiliam na área administrativa. De acordo com o titular da pasta, Basílio Bezerra, a iniciativa em incorporá-los ao quadro de serviços auxiliares ajuda a reintegrá-los ao convívio social e fazer com que se sintam motivados a um novo recomeço por meio do trabalho.

“O Estado está cumprindo com seu papel de ajudar essas pessoas a serem incorporadas novamente à sociedade com a maior naturalidade possível. Isso sem contar que eles são muito dedicados e desenvolvem seu trabalho com a maior competência”, explicou. 

O contrato de trabalho estabelecido por meio do termo de cooperação entre a Secretaria de Planejamento e Gestão e a Fundação Nova Chance, autarquia ligada à Secretaria de Estado de Segurança Pública, fez com que os desejos reacendessem a esperança de dias melhores na vida de Maria, Ana Flavia e Jessica (nomes fictícios para preservar a identidade das entrevistadas), entre outras que prestam serviços na Seplag, a maioria cumprindo pena em regime semiaberto.

Todas as manhãs elas levantam e deixam suas famílias para encarar os desafios do dia a dia, o preconceito e seus próprios medos.

Ana Flávia, de 29 anos, mãe de dois filhos, uma das reeducandas em regime semiaberto, trabalha na área administrativa da Coordenadoria Arquivística da Seplag. Ela diz que a oportunidade de trabalho é um presente de Deus. “Nunca imaginei que iria trabalhar para o Estado. Eu gosto muito daqui, sinto-me como se estivesse em casa”.

Aos 25 anos, Jéssica se emociona ao falar dos seus sonhos que foram interrompidos por ter se envolvido no mundo do crime. Segundo ela, seus filhos hoje são sua fonte de inspiração. “Meus filhos mudaram meu jeito de agir. Essa oportunidade é um propósito de Deus, através dela creio que poderei realizar o meu sonho de ser médica veterinária”.

Pela prestação de serviços de oito horas diárias, Maria, de 28 anos, e os demais recuperandos, recebem um salário mínimo e ajuda de custo para transporte e alimentação. Além disso, para cada três dias trabalhados é descontado um dia na pena.

Com o valor recebido, ela irá realizar o desejo de cursar enfermagem, área que sempre lhe chamou atenção. “O salário vai me ajudar a pagar a mensalidade da faculdade, o que antes não era possível porque só meu esposo trabalhava. Já estou mexendo com a documentação para em março iniciar o curso”, relata.

Fundação Nova Chance

Desde 2007, a Fundação Nova Chance (Funac) trabalha com o objetivo de reinserção social de pessoas que estão em privação de liberdade, além de auxiliá-las na recuperação e na assistência familiar.

Nesse sentido, ela tem voltado suas ações para a melhoria das condições de vida dos assistidos por meio da elevação social, moral, física e familiar, assim preparando e mostrando aos assistidos formas de contribuições para o desenvolvimento.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Ensino público em Cuiabá teve 4.890 alunos transferidos da rede municipal para estadual

Avatar

Publicado


O prazo para o redimensionamento (matrícula direta de alunos do ensino fundamental da rede municipal para rede estadual) em Cuiabá termina nesta sexta-feira (28.02). Os pais que ainda não fizeram a continuidade do ensino público de seus filhos devem procurar informações na escola municipal em que o aluno concluiu o 6º ano do ensino fundamental.

Conforme a Comissão Geral de Redimensionamento da Educação Pública de Cuiabá, 4.890 alunos foram redimensionados envolvendo 42 escolas estaduais em toda a Capital.

No redimensionamento, as escolas municipais encaminham o nome dos alunos para estudar numa escola estadual mais próxima. Pais ou responsáveis devem comparecer na secretaria da escola para confirmar a matrícula.

A Escola Estadual Juarez Rodrigues dos Anjos, no bairro Santa Laura, recebeu o maior número de alunos de escolas municipais, um total de 175, que ingressaram no 7º ano.

Segundo o coordenador de Microplanejamento da Estrutura Escolar da Seduc, Valdelino Barbosa, as vagas não preenchidas são anexadas para o sistema de matrícula web.

“O redimensionamento é a garantia da continuidade do aluno na escola pública. Quando não há vagas numa escola próxima, existem outras opções. De qualquer forma, a vaga está garantida”, assegura.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana