conecte-se conosco


Várzea Grande

Saúde intensifica ações de prevenção ao Sarampo com estratégia de vacinação em bairros

Avatar

Publicado

Com altíssimo potencial de transmissão, o sarampo é uma doença viral grave, que pode ser fatal. Sua propagação ocorre quando o indivíduo contaminado tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar a contaminação pelo vírus do sarampo é com a vacina tríplice viral. Diante da situação epidemiológica no Brasil, e apesar de Várzea Grande não registrar nenhum caso da doença, foram intensificadas as ações de prevenção na aplicação de vacinas em escolas, bairros, além dos pontos fixos nas unidades de Saúde.

A Campanha de Vacinação contra o sarampo vai até o final do mês de dezembro. Segundo dados da Vigilância em Saúde Municipal, Várzea Grande já atingiu uma cobertura de 80% com a vacina contra o sarampo, em crianças de um ano a menores de dois anos, o preconizado pelo Ministério da Saúde é chegar em 95%.

Esta campanha nacional de vacinação contra o sarampo prevê atualização da vacina tríplice viral em carteira de vacinação de crianças com idade entre 06 meses e menores de 05 anos e adultos jovens com idade entre 20 a 29 anos.

De acordo com a superintendente de Vigilância em Saúde de Várzea Grande, Relva Cristina Silva de Moura, esta campanha está voltada para essas duas faixas etárias e para atualização da carteira vacinal. “Esta campanha não é voltada para doses extras, mas sim para aquelas pessoas que ainda não se imunizaram contra o sarampo. Por isso, o ideal é levar a carteira de vacinação para que o profissional de saúde verifique se a criança ou adulto estão imunizados contra o sarampo”, detalha, informando ainda que as novas estratégias adotadas busca atender todas as comunidades, principalmente aquelas pessoas que não conseguem procurar uma unidade de saúde durante a semana.

“Vamos atingir cobertura dentro do recomendado pelo Ministério da Saúde para crianças menores de dois anos. Já a situação vacinal do adulto nos preocupa, principalmente aquele que não tem certeza de ter as duas doses. Fazemos o alerta para estas pessoas. O sarampo tem vacina, que é gratuita e está disponível na rede pública. As unidades estão disponíveis e aplicando as doses, além de diferenciarmos neste mês de dezembro indo com equipes nos bairros, escolas e lugares com grande movimento. É importante que a população adulta verifique o cartão de vacina e os pais vão neste mês de dezembro levar suas crianças aos Postos de Saúde”, destacou o secretário de saúde Diógenes Marcondes.

Além disso, as equipes da atenção primária das Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) e Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município fortaleceram a busca ativa nas suas áreas de cobertura. “A única forma de evitar a doença é manter a população vacinada. Por isso, as equipes das unidades farão o rastreamento em busca dos não vacinados, bem como profissionais de saúde e as crianças de 6 a 11 meses que devem tomar a dose extra. Isso inclui a ida em escolas públicas e privadas, instituições de saúde, supermercados, aeroporto, rodoviária, igrejas, rede hoteleira, entre outros. Dessa forma, é possível garantir a cobertura vacinal, mínima de 95%, para as crianças menores de quatro anos e garante que os demais públicos fiquem protegidos contra o sarampo”, desse o secretário Diógenes Marcondes.

Desde o início de dezembro as equipes de saúde de vacinação já percorreram os bairros, Capela do Piçarrão, Novo Mato Grosso, Costa Verde, Residencial Júlio Campos, e aplicou 1.193 doses da vacina de sarampo em crianças e jovens.

Por: Da Redação – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
Comentários Facebook

Várzea Grande

Prefeita Lucimar Campos recebe festeiros e bandeira de São Sebastião no Paço Municipal

Avatar

Publicado

Servidores municipais de Várzea Grande iniciaram a semana recebendo as benções de São Sebastião. Na manhã de hoje (21), festeiros e devotos do santo iniciaram a jornada da bandeira pela cidade. A passagem da bandeira pelo Paço Municipal foi recepcionada e acompanhada pela prefeita Lucimar Sacre de Campos, secretários municipais e servidores.

A passagem da bandeira abriu os festejos em devoção ao santo, por meio da 35ª festa de São Sebastião, que segue até o dia 26 de janeiro, próximo Domingo. Acompanharam a passagem da bandeira no gabinete municipal os padres Marcos Daniel Pereira e diácono Felipe Santos e os festeiros que são rei e rainha dessa edição da festa.

Dia 20 de janeiro é dia do santo, considerando um santo forte, batalhador e guerreiro. “O santo é uma fortaleza e reflete tudo aquilo que nós precisamos nos tempos atuais, de muitas lutas e transformações que desejamos para a nossa cidade, e com muita fé em Deus e nos santos conseguimos empregar e desenvolver nossos objetivos e metas, por uma cidade melhor para todos. Esta é minha missão dada por Deus. Acredito em tempos melhores para a nossa cidade, com crescimento socioeconômico”, disse a prefeita Lucimar.

Durante a passagem da bandeira pelo gabinete da prefeita Lucimar, o padre Marcos Daniel fez questão de destacar os méritos de São Sebastião que nunca deixou de ser um cristão convicto e ativo. Fazia de tudo para ajudar os irmãos na fé, procurando revelar o Deus verdadeiro. “Na Fé de Deus é que impera as nossas vidas, somos seres movidos pela Fé, o exemplo de São Sebastião é seguido por milhares de cristãos, que são devotos a este santo, de fé incomensurável”.

A bandeira passou de sala em sala e foi abençoando cada servidor devoto do santo ou da fé católica. Durante este período da passagem da bandeira, os grupos saem em jornada, a pé, batendo na porta das casas e estabelecimentos da cidade aos sons de instrumentos musicais e apresentam a bandeira do santo cristão ao som de cantos e versos tradicionais, até o dia da grande festa no dia 26 de janeiro, que inicia desde as 6:30 horas da manhã, com a Santa Missa, seguida as 9 h de procissão, e após o almoço em confraternização, com churrasco, música ao vivo e sorteios.

HISTÓRICO – O nome São Sebastião deriva do grego sebastós, que significa divino. Originário de Narbonne, e cidadão de Milão, foi um mártir e santo cristão, morto durante perseguição levada a cabo pelo imperador romano Diocleciano.

São Sebastião nunca deixou de ser um cristão convicto e ativo. Fazia de tudo para ajudar os irmãos na fé, procurando revelar o Deus verdadeiro aos soldados e aos prisioneiros. Secretamente, Sebastião conseguiu converter muitos pagãos ao cristianismo. Até mesmo o governador de Roma, Cromácio, e seu filho, Tibúrcio, foram convertidos por ele.

Sebastião foi denunciado, pois estava contrariando o seu dever de oficial da lei. Teve, então, que comparecer ante o imperador para dar satisfações sobre o seu procedimento. O imperador se queixou de que tinha confiado nele, esperava dele uma brilhante carreira e a sua conduta branda para com os prisioneiros cristãos era inaceitável. Portanto, o imperador o julgou como traidor e ordenou a sua execução por meio de flechas e mesmo assim, não negou a sua fé.

Amarrado a um tronco, foi varado por flechas, na presença da guarda pretoriana. Foi dado como morto e atirado no rio, porém, Sebastião não havia falecido. Encontrado e socorrido por uma viúva chamada Irene (futura Santa Irene) que retirou as flechas do peito de Sebastião e o tratou.

Assim que se recuperou, demonstrando muita coragem, se apresentou novamente diante do Imperador, censurando-o pelas injustiças cometidas contra os cristãos, acusando-o de inimigo do Estado. Perplexo com tamanha ousadia, Diocleciano ordenou que os guardas o açoitassem até a morte. O fato ocorreu no dia 20 de janeiro de 288, por isso comemoramos seu dia nesta data. Acabou sendo morto transpassado por uma lança. São Sebastião foi um dos soldados romanos mártires e santos, cujo culto nasceu no século IV e que atingiu o seu auge na Baixa Idade Média, designadamente nos séculos XIV e XV, tanto na Igreja Católica como na Igreja Ortodoxa.

Por: Da Redação – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
Comentários Facebook
Continue lendo

Várzea Grande

Várzea Grande amplia ações voltadas ao esporte e lazer

Avatar

Publicado

A Secretaria de Educação, Cultura, Esportes, Lazer de Várzea Grande (SMECEL/VG) começa o ano de 2020 com um calendário de projetos e ações voltados ao incentivo ao esporte e aperfeiçoamento da qualidade do esporte local, além, de proporcionar mais lazer as comunidades. De acordo com cronograma elaborado pela pasta, o objetivo para esse ano é dar continuidade aos trabalhos já iniciados em 2019 junto às escolas, comunidades e equipes esportivas do município.

O secretário Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer de Várzea Grande, Silvio Fidelis, ressalta que os projetos esportivos têm como focos a inclusão social, a qualidade de vida e o desenvolvimento da cidadania e de seus participantes. “São determinantes importantes para a nossa gestão, pois atinge a população diretamente, desde o aluno do ensino básico como o idoso que é assistido pelas ações que vem sendo desenvolvidas. Não medimos esforços para fortalecer o esporte e o lazer em Várzea Grande. Em 2019, obtivemos vários avanços, contudo, continuaremos nosso trabalho para alcançarmos mais vitórias para nossos atletas e para a cidade”, frisa o secretário .

Entre as ações realizadas pela secretaria, destacam-se os projetos inseridos no Plano de Desenvolvimento Individual (PDI), da Secretaria, sendo um deles o “Projeto Qualidade de Vida”, onde são desenvolvidas propostas de mudanças de hábitos saudáveis e promoção da qualidade de vida para crianças, jovens e adultos, no estímulo as práticas esportivas e alimentação saudável, desenvolvido nas comunidades, parques e espaços Fit Esportivo.

De acordo com Superintendente de Esportes, Jadir Pereira, o projeto está sendo executado no Parque Tanque do Fancho, de segunda a sexta das 06:30 às 07:30h e das 17:30h às 18:30h e aos sábados das 06:30h às 07:30h, no Parque Flor do Ipê, às segundas, quartas e sextas-feiras das 06:30h às  07:30h e das 19:30h às 20:30h, na Via 31 de Março, às quartas e domingos das 18:00h às 19:00h, no Cras do Cristo Rei, segunda, quarta e sexta das 05:30h às 07:00h para as pessoas da terceira idade e no Espaço Fit São Domingos Sávio, de segunda à sexta das 17:00h às 18:30h. As atividades atendem a todas as faixas etárias. A Meta é expandir para mais bairros da cidade durante o decorrer do ano. Fazem parte das atividades, aulas de zumba, aeróbica, caminhada assistida, funcional, avaliação e monitoramento físico, ginásticas e teste de glicemia, todas as aulas são ministradas por educadores físicos devidamente registrados no Conselho Estadual de Educação Física (CREF-MT)

Outro grande evento organizado pela Secretaria de Educação, Esportes, Lazer e Cultura  foi os Jogos Escolares Municipais Várzea-grandenses, que ocorreu no ano passado, entre os meses de abril à junho, que mobilizou mais de 3.000 mil alunos entre atletas e torcedores nas modalidades de atletismo, basquete, futebol de salão, handebol, voleibol, basquete, badminton, tênis de mesa, natação e ginástica rítmica.

“Equipes de Várzea Grande chegaram a se classificar para a etapa nacional dos jogos. Além disso Várzea Grande depois de mais de uma década  foi sede da fase Estadual dos Jogos Escolares da Juventude, modalidade individual, a cobertura foi possível graças a inauguração do novo Ginásio Poliesportivo Júlio Domingos de Campos, o Fiotão. A competição teve como sede a cidade de Várzea Grande, nas disputas e categorias infantil e infanto-juvenil, masculino e feminino.

Além disso com mais de R$ 2 milhões em recursos próprios do Tesouro de Várzea Grande, a prefeita Lucimar Sacre de Campos revitalizou totalmente o Estádio, ‘Dito Souza’, uma obra que foi reconstruída e melhorada para fomentar a prática de futebol profissional e amador da segunda maior cidade de Mato Grosso. E ainda fazendo parte do pacote de obras incentivando o desenvolvimento dos nossos alunos, cinco escolas municipais ganharam quadras de esportes novas e cobertas. Além das quadras de esportes que passaram por reformas gerais ou até mesmo pequenos reparos”, frisa Jadir.

Ainda segundo o superintendente, os projetos desenvolvidos nas escolas receberão uma atenção especial nesse ano de 2020. Um deles é o Projeto “Dá pra brincar”. A proposta das atividades é proporcionar as crianças momentos de convivência saudável, amiga, criativa, construtiva e distante do mundo de tecnologia em que vivemos nos dias atuais, pois, através da brincadeira a criança atribui sentido ao seu mundo, se apropria de conhecimentos que a ajudarão a agir sobre o meio em que ela se encontra.

“Toda a comunidade participa. Começamos com a pesquisa junto às famílias sobre as brincadeiras da infância. Pesquisamos juntamente com os alunos, em livros sobre a origem de alguns dos brinquedos e brincadeiras e selecionamos alguns brinquedos que possam ser construídos pelas próprias crianças, como bilboquê, peteca, vai e vem, pião, cavalo de pau, e outros. E por final partir para a brincadeira”, finaliza.

Por: Letícia Kathucia – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana