conecte-se conosco


Esportes

Braziliam Storm surfa pelo quarto título mundial

Avatar

Publicado

A partir do próximo domingo (8) os olhos dos amantes do surfe estarão voltados para a ilha de Oahu, no Havaí, onde acontece o Billabong Pipe Masters, última etapa do Circuito Mundial masculino da modalidade e o palco no qual será coroado o próximo campeão mundial.

Após a disputa de 10 etapas nos últimos sete meses, três brasileiros, um norte-americano e um sul-africano estão vivos na disputa promovida pela Liga Mundial de Surfe (WSL, na sigla em inglês).

Favoritismo brasileiro

O grande favorito a ficar com o título é o potiguar Ítalo Ferreira. Após a conquista das etapas de Gold Coast (Austrália) e de Peniche (Portugal), o brasileiro lidera o ranking do campeonato mundial com 51.070 pontos.

 Título conquistado pelo brasileiro Ítalo Ferreira, nos Jogos Mundiais de Surfe, no Japão.

Ítalo Ferreira celebra conquista do Mundial da Associação Internacional de Surfe, no Japão – Twitter/Olympic Channel

“Ítalo tem a vantagem dos pontos. Assim, caso todos os candidatos caiam na mesma etapa da competição, o título é do Ítalo. Entendo que chegar como líder na última etapa pode ser uma vantagem, mas pode se tornar uma desvantagem caso se torne uma fonte de pressão”, afirma Marcelo Boscoli, ex-surfista profissional, e que já atuou como comentarista da WSL no Circuito Mundial.

Outro brasileiro que chega com moral lá no alto é Gabriel Medina. O atual campeão mundial ocupa a segunda posição da corrida pelo título com 50.005 pontos e duas etapas conquistadas: Jeffreys Bay (África do Sul) e Lemoore (EUA). E o atleta, natural de São Sebastião (SP), torce por um tropeço de Ítalo para garantir o terceiro Mundial de sua carreira.

LEMOORE, CA, UNITED STATES - SEPTEMBER 21: Two-time WSL Champion Gabriel Medina of Brazil surfing in the final of the 2019 Freshwater Pro on September 21, 2019 in Lemoore, CA, United States. (Photo by Jackson Van Kirk/WSL via Getty Images)

Gabriel Medina dá aéreo na etapa de Lemoore (EUA), disputada no surf ranch de Kelly Slater – Jackson Van Kirk

Na opinião de Marcelo Boscoli, Medina tem a vantagem de ter o melhor retrospecto em Pipeline: “Medina deve ser considerado favorito em qualquer situação. Ele é o postulante ao título atual que mais vezes viveu esta situação, chegar ao Havaí vivo na disputa. Além disso, tem o melhor retrospecto entre os que ainda lutam pelo Mundial. É frio e alcançou os melhores resultados em etapas decisivas”.

Um intruso na disputa brasileira é o sul-africano Jordy Smith. O surfista, que busca um inédito título mundial, ocupa a terceira posição do ranking com 49.985 pontos. Mesmo não tendo conquistado nenhuma etapa, ele foi muito constante durante toda a temporada, com a presença em três semifinais e duas finais.

HOSSEGOR, FRANCE - OCTOBER 7: Jordy Smith of South Africa advances to Round 4 of the 2019 Quiksilver Pro France after winning Heat 1 of Round 3 at Le Graviere on October 7, 2019 in Hossegor, France. (Photo by Damien Poullenot/WSL via Getty Images)

Sul-africano Jordy Smith pega tubo na etapa da França – WSL / Damien Poullenot

Mas a presença do sul-africano em Pipeline ainda é incerta, pois ele sofreu uma lesão, no final de novembro, durante uma etapa do WQS (divisão de acesso) disputada no Havaí.

Em busca do título inédito

O terceiro representante do Brasil que busca a coroa de rei do surfe em 2019 é Filipe Toledo. Com a vitória na etapa do Rio de Janeiro (Brasil), o surfista natural de Ubatuba (SP) tem a quarta posição do ranking com 49.145 pontos. Ele também é um dos candidatos ao título que nunca garantiu um Mundial.

O brasileiro Filipe Toledo, conquista bicampeonato da etapa de Saquarema no circuito mundial de surfe

Filipe Toledo celebra conquista da etapa de Saquarema – Fernando Frazão/Agência Brasil

Fechando a lista de concorrentes aparece o norte-americano Kolohe Andino. Com 44.665 pontos tem pouquíssimas chances na disputa. Ele só leva o troféu Mundial para casa caso tenha uma performance fenomenal em Pipeline e conte com atuações desastrosas de seus quatro adversários.

HOSSEGOR, FRANCE - OCTOBER 3: Kolohe Andino of the United States will surf in Round 2 of the 2019 Quiksilver Pro France after placing third in Heat 3 of Round 1 at Le Culs Nus on October 3, 2019 in Hossegor, France. (Photo by Damien Poullenot/WSL via Get

Norte-americano Kolohe Andino em ação em Hossegor (França) – Damien Poullenot/WSL

Tóquio 2020

Além de ser o palco no qual será coroado o próximo campeão do Circuito Mundial, Pipeline também servirá para definir os atletas que representarão o Brasil no surfe na próxima edição dos Jogos Olímpicos, que acontecem em Tóquio em 2020.

RIO DE JANEIRO, BRAZIL - JUNE 23: Filipe Toledo of Brazil wins the 2019 Oi Rio Pro for the third time in his career and the second year in a row after winning the final at Barrinha, Saquarema on June 23, 2019 in Rio de Janeiro, Brazil. (Photo by

Torcida vai ao delírio com a conquista da etapa do Brasil por Filipe Toledo – Damien Poullenot

Uma das possibilidades de classificação é através do ranking da WSL. Os 10 melhores colocados no final da temporada garantem uma vaga (com um limite de dois atletas por país).

Desta forma, os dois primeiros brasileiros no raking da WSL carimbam o passaporte para os Jogos de 2020.

Edição: Verônica Dalcanal
Comentários Facebook

Esportes

Mercedes é a mais rápida em treinos para GP dos 70 anos da F1

Avatar

Publicado


.

Nesta sexta-feira (7), na segunda sessão de treinos livres para o GP que marca os 70 anos da Fórmula 1, em Silverstone (Inglaterra), a Mercedes foi absoluta. O hexacampeão mundial Lewis Hamilton conseguiu o tempo de 1min25s606 para ser o mais rápido.

O segundo melhor do dia foi seu companheiro de equipe, o finlandês Valtteri Bottas. O australiano Daniel Ricciardo, da Renault, surpreendeu e ficou com a terceira melhor marca.

O holandês Max Verstappen, da RBR, ficou em quarto, sendo seguido pelos pilotos da Racing Point, o canadense Lance Stroll como quinto melhor e o alemão Nico Hulkenberg como sexto.

O monegasco Charles Leclerc, o britânico Lando Norris, o espanhol Carlos Sainz e o francês Esteban Ocon completaram os dez primeiros.

Já o tetracampeão mundial Sebastian Vettel segue o calvário que enfrenta na atual temporada, a última da sua carreira pela Ferrari. Atual 13º colocado no campeonato, nesta sexta o piloto teve problemas no carro no final da sessão de treinos.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Vôlei: Minas confirma acerto com levantador William

Avatar

Publicado


.

O Minas Tênis Clube anunciou nesta sexta-feira (7), através de suas redes sociais, o acerto com o levantador William Arjona. O experiente atleta, de 41 anos, é o primeiro reforço da equipe treinada pelo técnico Nery Tambeiro, que vai para a sétima temporada no time de Belo Horizonte.

“Ficaria um vazio na minha carreira se não pudesse vestir a camisa do Minas. O clube, como um todo, é incrível, não só pelo esporte, mas por tudo que proporciona aos sócios. Vou ter a oportunidade de desfrutar da melhor estrutura do vôlei brasileiro e da qualidade dos profissionais. Joguei muitas vezes contra e considero a Arena o melhor ginásio do País. Estou feliz em trabalhar em um clube como o Minas, que tem torcedores apaixonados. Quero desfrutar desse momento, desenvolver o melhor do meu trabalho e levar alegria aos torcedores, que seja um prazer ir ao Minas e assistir jogos na Arena”, disse o campeão olímpico nos Jogos do Rio de Janeiro, que passou as últimas três temporadas no Sesi/SP, depois de sair do Sada Cruzeiro.

Além da medalha de ouro olímpica, o atleta possui três títulos de campeão do Mundial de Clubes e seis títulos da Superliga Brasileira, pelo Sada Cruzeiro, e várias outras conquistas. Enquanto o mago (alcunha pela qual William é conhecido) chega, tem gente saindo do Minas, é o oposto Davy. O jogador de 23 anos acertou nesta sexta-feira com o Berlin Recycling Volleys (Alemanha) e parte para a primeira experiência fora do Brasil.

Montes Claros Minas

Outro time mineiro que anunciou novidades nesta sexta-feira é o Montes Claros América. Chegaram o central Gabriel Cotrim, de 20 anos, que tem passagens pela seleção brasileira de base, e o ponteiro Erick Costa, de 23, que em 2019 jogou no Sporting Clube das Caldas (Portugal).

Vôlei feminino

Quando o assunto é vôlei feminino, o Sesi Bauru segue firme com a formação do plantel para a temporada 2020/2021. Nesta sexta, a equipe do interior paulista fez um anúncio importante, a renovação do contrato da oposto Polina Rahimova. Na temporada passada, a jogadora do Uzbequistão foi a maior pontuadora da competição (428 pontos, média de 5,28 pontos/set). E agora, aos 30 anos, vai para a segunda temporada no vôlei brasileiro. Na última quinta (6), o Brasília, que volta à elite do vôlei nacional na próxima temporada, anunciou a contratação da levantadora Ju Carrijo. Aos 28 anos, a atleta estava no Curitiba.

 
 
 

 
 
 
 
 

 
 

 
 
 

Ela ficou! ⠀ A oposta @polina_rahimova é nossa por mais uma temporada. ⠀ Seja muito bem-vinda novamente, Polina!❤??

Uma publicação compartilhada por Sesi Vôlei Bauru (@sesivoleibauru) em 7 de Ago, 2020 às 3:03 PDT

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana