conecte-se conosco


Cidades

Prefeitura de Sinop forma 120 novos agentes mirins escolares

Avatar

Publicado

A Prefeitura de Sinop, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte Urbano, realizou, na noite dessa quarta-feira, 04/12, cerimônia de formatura de 120 estudantes da Rede Municipal de Ensino participantes do projeto Agente Mirim Escolar (AME), inserido ao escopo de iniciativas em educação para o trânsito e a construção de uma agenda coletiva que prime pela segurança, o respeito às leis e à vida. Realizado na Câmara de Vereadores, o momento contou com a participação de familiares dos formandos, representantes das forças de segurança (Polícia Militar, Bombeiros), Câmara de Vereadores, entre outros.
Em 2019, o AME abrangeu estudantes dos quartos e quintos anos das escolas municipais Aleixo Schenatto, Jurandir Liberino de Mesquita e Maria Aparecida Amaro de Souza que, desde julho, participaram das atividades. Na prática, os pequenos se tornam multiplicadores do conhecimento adquirido nas aulas sobre o trânsito. "O objetivo geral deste projeto, realmente, é a mudança de comportamento. A criança sendo inserida na questão do trânsito, vamos ter um trânsito mais consciente, com motoristas mais responsáveis e comprometidos. A ideia surgiu no ano de 2005 e, até hoje, se estende em diversas escolas do nosso município", destaca Benhur Carvalho, guarda civil municipal e diretor do Departamento de Educação para o Trânsito, da Secretaria Municipal de Trânsito.   

Presente à cerimônia de formatura, o secretário municipal de Trânsito, Roberto Trevisan, ressaltou o compromisso da gestão Rosana Martinelli em assegurar a vigência do projeto e sua realização nas escolas municipais. Conforme antecipou o secretário, a meta para o próximo ano é avançar em números de escolas e estudantes beneficiados. "A prefeita Rosana está de parabéns e ela, inclusive, já pediu para que em 2020 se dobrem estes formandos e se tenham, no mínimo, 300 se preocupando com o trânsito, com a mobilidade urbana. Estamos focados nisso", destacou o titular da Pasta. 

Ao participarem do projeto, todos os agentes recebem camisetas e bonés que servem, inclusive, para os identificar enquanto membros do AME. Na avaliação dos pequenos formandos, o projeto transforma vidas e proporciona o conhecimento em relação a um tema sensível e que merece destaque: o trânsito e o impacto decorrente da falta de consciência, respeito às normas de segurança. Para a estudante Leidiane Vitória, participar do Agente Mirim Escolar é ter a consciência sobre o que se é necessário para um trânsito mais seguro. As formações, na avaliação da criança, já trazem resultados práticos, que é a percepção quanto ao que não se deve fazer. "Esses motoristas que andam sem cinto, se a gente não trabalhasse no projeto íamos ser iguais a eles", expressou a estudante.

Emanuelly Souza fala sobre o aprendizado conquistado. "Tem que se cuidar, tem que colocar cinto de segurança, dirigir com cuidado. As pessoas que vão andar de moto tem que colocar o capacete certinho, cuidar com as crianças, estacionar certinho, não ficar estacionando na vaga de quem usa cadeira de rodas", destaca. Da também agente Maria Eduarda Florentino vem o alerta quanto à segurança nas imediações das escolas, bem como na cidade em geral. "A gente tem que cuidar da vida das crianças", destaca, em uma referência aos ensinamentos e atividades práticas proporcionadas pelo AME.
Também participando da formatura dos estudantes, autoridades dos diferentes segmentos destacaram o êxito do projeto e a iniciativa da Prefeitura em manter suas frentes de educação para o trânsito, a exemplo do discurso proferido pela vereadora Professora Branca.

No histórico do AME, segundo a Guarda Civil Municipal, sua origem data de 2005, com o nome Aluno Guia. Nele, os cursistas atuavam, inclusive, com orientações e controle de tráfego de trânsito nas imediações das escolas e com o apoio dos agentes da Guarda Civil. Em 2015, o Agente Mirim Escolar, já com este referido nome, abrange duas escolas e 60 crianças das unidades Uilibaldo e Sadao. 

 
Comentários Facebook

Cidades

Tangará da Serra homologa protocolos de enfermagem

Avatar

Publicado

A Prefeitura Municipal de Tangará da Serra publicou nesta quinta-feira, 20, o decreto n.º 074/2020, que dispõe sobre o Protocolo de Enfermagem na Atenção Primária à Saúde no município. O decreto homologa a resolução 003/2020 do Conselho Municipal de Saúde, que estabelece protocolos para as seguintes áreas: atenção à demanda espontânea de cuidados no adulto; infecções sexualmente transmissíveis; hipertensão, diabetes e outros fatores associados a doenças cardiovasculares; atenção à demanda de cuidados na criança e saúde da mulher.

Os protocolos de enfermagem subsidiam a prática gerencial e assistencial dos profissionais de enfermagem nos diversos contextos de saúde. Estes instrumentos buscam a padronização e uniformização dos procedimentos, na perspectiva de reduzir erros e garantir maior qualidade nos atendimentos realizados.

Na Atenção Primária à Saúde (APS), os protocolos são fundamentais, especialmente nas consultas de enfermagem, em que o enfermeiro acolhe, escuta, examina e identifica os problemas de saúde (atuais e/ou potenciais), prescrevendo cuidados que visam a promoção, prevenção/proteção, recuperação ou reabilitação tanto em âmbito individual como coletivo.

Desde 1986, a partir da Lei do Exercício dos Profissionais de Enfermagem (7498/1986), o enfermeiro pode prescrever todos os cuidados de enfermagem, incluindo a prescrição de medicamentos estabelecidos em programas de saúde pública e em rotina aprovada pela instituição de saúde. No Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem (564/2017) é reforçada essa premissa legal e ainda a possibilidade de outras prescrições em situações de emergência.

“Enaltecemos o empenho e esforço de todos os profissionais envolvidos nessa consolidação e conquista para a saúde e Enfermagem de Tangará da Serra, em especial, ao Enfermeiro Rômulo Cézar Ribeiro da Silva, presidente do Conselho Municipal de Saúde e a Enfermeira Dienefer Jaqueline Magalhães Feix, Secretária Municipal de Saúde”, destacou o Enfermeiro Vagner Ferreira do Nascimento, Conselheiro do Coren-MT.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cidades

Servidor público de São Pedro da Cipa passará o carnaval com dinheiro no bolso

Avatar

Publicado

O pagamento dentro do mês trabalhado já é marca da gestão do prefeito Alexandre Russi que faz questão de pagar antecipadamente os servidores públicos do município de São Pedro da Cipa. 

O prefeito que está em seu segundo mandato reeleito com 83,64% diz que isso é uma forma de valorizar os servidores que tanto contribuem com a gestão. "Estou muito feliz em ter nossas contas em dias, esse é meu último ano de mandato e temos dinheiro em caixa obras sendo realizadas com recursos próprios e obras sendo realizadas com emendas parlamentares e federais, nossa economia vai muito bem, por isso conseguimos antecipar todos os meses a folha de pagamento", finalizou Alexandre Russi.

Ao longo de 7 anos e dois meses a gestão pagou antecipadamente os colaborados em todos os meses totalizando 84 meses de salários pagos dentro do mês trabalhado.

A servidora contratada Maria Aparecida Silva é técnica em saúde bucal que trabalha há 5 anos na prefeitura diz que nunca esteve tão satisfeita. "Estou muito feliz com esse emprego, pois quando menos espero o pagamento está na conta. Eu amo fazer parte dessa família, me sinto valorizada, em datas comemorativas como natal, ano novo, carnaval e feriados prolongados o prefeito antecipa ainda mais os pagamentos para que possamos viajar, nos divertir com nossas famílias tem como não ficar feliz?", disse Maria.

Então se você é servidor de São Pedro da Cipa, prepare-se para curtir o carnaval e o feriadão com dinheiro no bolso, claro se for cair na folia não beba se for dirigir. 

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana