conecte-se conosco


Cidades

Prefeitura de Sinop forma 120 novos agentes mirins escolares

Avatar

Publicado

A Prefeitura de Sinop, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte Urbano, realizou, na noite dessa quarta-feira, 04/12, cerimônia de formatura de 120 estudantes da Rede Municipal de Ensino participantes do projeto Agente Mirim Escolar (AME), inserido ao escopo de iniciativas em educação para o trânsito e a construção de uma agenda coletiva que prime pela segurança, o respeito às leis e à vida. Realizado na Câmara de Vereadores, o momento contou com a participação de familiares dos formandos, representantes das forças de segurança (Polícia Militar, Bombeiros), Câmara de Vereadores, entre outros.
Em 2019, o AME abrangeu estudantes dos quartos e quintos anos das escolas municipais Aleixo Schenatto, Jurandir Liberino de Mesquita e Maria Aparecida Amaro de Souza que, desde julho, participaram das atividades. Na prática, os pequenos se tornam multiplicadores do conhecimento adquirido nas aulas sobre o trânsito. "O objetivo geral deste projeto, realmente, é a mudança de comportamento. A criança sendo inserida na questão do trânsito, vamos ter um trânsito mais consciente, com motoristas mais responsáveis e comprometidos. A ideia surgiu no ano de 2005 e, até hoje, se estende em diversas escolas do nosso município", destaca Benhur Carvalho, guarda civil municipal e diretor do Departamento de Educação para o Trânsito, da Secretaria Municipal de Trânsito.   

Presente à cerimônia de formatura, o secretário municipal de Trânsito, Roberto Trevisan, ressaltou o compromisso da gestão Rosana Martinelli em assegurar a vigência do projeto e sua realização nas escolas municipais. Conforme antecipou o secretário, a meta para o próximo ano é avançar em números de escolas e estudantes beneficiados. "A prefeita Rosana está de parabéns e ela, inclusive, já pediu para que em 2020 se dobrem estes formandos e se tenham, no mínimo, 300 se preocupando com o trânsito, com a mobilidade urbana. Estamos focados nisso", destacou o titular da Pasta. 

Ao participarem do projeto, todos os agentes recebem camisetas e bonés que servem, inclusive, para os identificar enquanto membros do AME. Na avaliação dos pequenos formandos, o projeto transforma vidas e proporciona o conhecimento em relação a um tema sensível e que merece destaque: o trânsito e o impacto decorrente da falta de consciência, respeito às normas de segurança. Para a estudante Leidiane Vitória, participar do Agente Mirim Escolar é ter a consciência sobre o que se é necessário para um trânsito mais seguro. As formações, na avaliação da criança, já trazem resultados práticos, que é a percepção quanto ao que não se deve fazer. "Esses motoristas que andam sem cinto, se a gente não trabalhasse no projeto íamos ser iguais a eles", expressou a estudante.

Emanuelly Souza fala sobre o aprendizado conquistado. "Tem que se cuidar, tem que colocar cinto de segurança, dirigir com cuidado. As pessoas que vão andar de moto tem que colocar o capacete certinho, cuidar com as crianças, estacionar certinho, não ficar estacionando na vaga de quem usa cadeira de rodas", destaca. Da também agente Maria Eduarda Florentino vem o alerta quanto à segurança nas imediações das escolas, bem como na cidade em geral. "A gente tem que cuidar da vida das crianças", destaca, em uma referência aos ensinamentos e atividades práticas proporcionadas pelo AME.
Também participando da formatura dos estudantes, autoridades dos diferentes segmentos destacaram o êxito do projeto e a iniciativa da Prefeitura em manter suas frentes de educação para o trânsito, a exemplo do discurso proferido pela vereadora Professora Branca.

No histórico do AME, segundo a Guarda Civil Municipal, sua origem data de 2005, com o nome Aluno Guia. Nele, os cursistas atuavam, inclusive, com orientações e controle de tráfego de trânsito nas imediações das escolas e com o apoio dos agentes da Guarda Civil. Em 2015, o Agente Mirim Escolar, já com este referido nome, abrange duas escolas e 60 crianças das unidades Uilibaldo e Sadao. 

 
Fonte: AMM
Comentários Facebook

Cidades

CIEE divulga nova relação de estagiários após impugnação documental

Avatar

Publicado

Após a análise documental e de recursos, o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), por meio do Departamento Pessoal, publica nesta quinta-feira (23) os nomes dos estagiários aprovados no Processo Seletivo da Prefeitura de São José do Rio Claro.

Houve a impugnação de uma candidatura devido sua anterior vinculação estagiária por dois anos consecutiva na Prefeitura. De acordo com a Lei n° 11.788/2008, o artigo 11 destaca que “A duração do estágio, na mesma parte concedente, não poderá exceder 2 (dois) anos, exceto quando se tratar de estagiário portador de deficiência”.

Diante disso, a encarregada do Departamento Pessoal, Dantieli Fernanda da Silva, esclareceu que houve a necessidade de avaliação documental e recursal, seguindo os termos do edital n° 001/2019, para emitir a nova relação de aprovados que deverão exercer a função na Secretaria Municipal de Educação.

“Consultamos a legislação vigente e constatamos o equívoco em uma das inscrições devido o exercício de estágio por dois anos consecutivos, o que não é permitido conforme a Lei própria de uso nacional. Portanto, fez-se necessária a desclassificação, de modo a garantir a transparência dos trabalhos do Poder Executivo Municipal”, pondera.

Os selecionados deverão se dirigir ao setor, em horário de expediente, municiado dos documentos pessoais.

* Confira aqui a nova relação nominal dos classificados.

SELEÇÃO

A lista única classificatória, nominal e por ordem crescente, foi emitida após vistoria dos documentos do candidato pelo Centro de Integração Empresa Escola (CIEE). 

O método de classificação ocorreu por Análise de Documentação e histórico de aproveitamento escolar. Dentre os procedimentos avaliativos, o CIEE avaliou o candidato devidamente matriculado em instituição de ensino reconhecida e conveniada com a instituição, conferindo o critério de maior média aritmética das notas obtidas no último semestre, desclassificando o acadêmico que obteve média inferior a cinco (5,0). Já para o critério de desempate, selecionou-se o estudante matriculado no maior semestre do curso, seguido o de maior idade.

No total, são disponibilizadas 46 (quarenta e seis) vagas, dos quais dez são para estudantes do último bimestre do nível médio e outras 36 (cinquenta e seis) para acadêmicos a partir do 2° bimestre de áreas diversas, sendo que 10% (dez por cento) são asseguradas aos discentes Portadores de Necessidades Especiais (PNE), além de outros 20 (vinte) cadastros reservas.

Segundo o edital, o CIEE deverá entrar em contato com os candidatos aprovados para serem encaminhados os documentos para admissão; contudo, os colaboradores do Departamento Pessoal sugerem que os selecionados compareçam à Prefeitura em horário de expediente (07h às 13h), municiados dos mesmos.

JORNADA E AUXÍLIO

A carga horária do estágio será de acordo com o previsto no Plano de Trabalho, não podendo ultrapassar as 06 (seis) horas diárias e 30 (trinta) horas semanais.

A bolsa auxílio de nível superior com carga horária de seis horas será de R$ 750,00 (setecentos e cinquenta reais) mais R$ 50,00 (cinquenta reais) de auxilio transporte. Já a remuneração de nível médio será de R$ 550,00 (quinhentos e cinquenta reais) mais R$ 50,00 (cinquenta reais) de auxilio transporte.

O estágio será de 11 (onze) meses, podendo ser rescindido o vínculo a qualquer momento por ambas as partes. Os chamamentos ocorrerão de acordo com a necessidade institucional e disponibilidade financeira e orçamentária da Prefeitura Municipal de São José do Rio Claro-MT.

Outras informações poderão ser esclarecidas no Departamento Pessoal da Prefeitura de São José do Rio Claro-MT, localizada na Rua Paraíba, 355 – Centro ou pelo telefone (65) 3386-1222. O horário de expediente é de segunda a sexta-feira, das 07h às 13h.

Fonte: AMM
Comentários Facebook
Continue lendo

Cidades

Governo de Nova Olímpia inaugura 3ª Academia ao ar Livre

Avatar

Publicado

O Governo de Nova Olímpia inaugurou na noite da última quinta-feira, (23) a terceira unidade de Academia ao Ar Livre do município. A primeira unidade foi entregue pelo Governo Municipal em 2019 na inauguração da praça da matriz, a segunda academia está localizada na praça da rodoviária e o terceiro espaço de atividades físicas que foi entregue a população está localizado ao lado da praça Padre Cícero. A nova academia compõe a Academia da Saúde, localizada entre os bairros; Santa Rosa, Jardim das Oliveiras e Boa Esperança. A programação que teve para início ás 19h30 foi abrilhantada por apresentações culturais zumba na praça e muita música.

Em entrevista a secretária de saúde de Nova Olímpia, Cátia Oda parabenizou o prefeito, Zé Elpídio por investir em qualidade de vida através da implantação das academias ao ar livre. “Mais uma academia novinha estamos entregando aqui, proporcionando, saúde, lazer e cidadania ao nosso povo, só temos que agradecer ao nosso prefeito por entender a importância desse investimento para sociedade” disse    

Representado o prefeito, José Elpídio de Moraes Cavalcante, no ato de inauguração o vice-prefeito Rímer de Oliveira fez questão de enaltecer o compromisso do Governo Municipal com a qualidade de vida do cidadão novaolimpiense. “Essas ações são prioridades e compromisso nosso, investir em prevenção através de atividades físicas é valorizar vidas” destacou

A solenidade contou com a presença do vice-prefeito, Rímer de Oliveira, acompanhado de sua esposa, Rosimeire Oliveira, presidente da Câmara, Edinho Gregório, acompanhado da esposa, Gisele, vereadores; Rita, Uanderson, Chiquinho e Ronaldo, secretários de Governo, funcionários da saúde e líderes religiosos.

Agora o município possui três academias ao ar livre e em breve ganhará mais unidades serão adquiridas pelo município com recurso próprio e será destinada a outros bairros da cidade.

BENEFÍCIOS

A academia ao ar livre ajuda a melhorar a condição física, qualidade de vida e saúde das pessoas. Os equipamentos não tem peso e usam apenas a força do corpo para exercícios de musculação e alongamento.

É um sistema que se adapta ao usuário utilizando o peso do próprio corpo, criando resistência e gerando benefício personalizado, independente de idade, peso e sexo.

São indicados para maiores de 12 anos e principalmente para pessoas da terceira idade, que perdem naturalmente um pouco da força muscular com o passar dos anos, mas podem ser usados por qualquer um, funcionando como uma academia de ginástica ao ar livre.

Fonte: AMM
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana