conecte-se conosco


''A ponte caiu''

Padrasto é denunciado pelo MP por espancar e matar menino de 2 anos

Avatar

Publicado

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPE) denunciou o jovem Igor Campos de Almeida, de 18 anos, por homicídio qualificado do enteado Junior Ribeiro Ferreira, de dois anos.

O menino de 2 anos, que estava internado depois de ser espancado pelo padrasto em Juína, a 737 km de Cuiabá, morreu no domingo (1º) no Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC).
O padrasto foi preso no dia 22 de novembro suspeito de espancar o enteado de 2 anos no dia 17 do mesmo mês.
Conforme o promotor de Justiça Dannilo Preti Vieira, o denunciado matou a criança por meio cruel, ao chutar a cabeça da vítima.

“O denunciado é padrasto da vítima e prevaleceu-se das relações domésticas para assassiná-la, oportunidade em que desferiu um chute na cabeça da vítima, o que ocasionou um traumatismo craniano, sendo suficiente para a morte da criança”, consta na denúncia.
Igor Campos de Almeida foi denunciado por homicídio qualificado por emprego de meio cruel com agravantes por ser cometido contra menor de 14 anos e aproveitando-se das relações domésticas mantidas com a vítima. Atualmente ele está recluso no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Juína.
O espancamento e a consequente morte do menino de dois anos chocou a população do município de Juína. A vítima foi agredida no dia 17 de novembro e levada pela mãe, em estado grave, a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. Permaneceu em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por três dias até ser transferida para uma UTI pediátrica em Cuiabá.
Inicialmente, o padrasto e a mãe alegaram que os hematomas no corpo da criança foram causados por uma queda acidental, contudo, exame de corpo de delito apontou a agressão física.
Igor de Almeida foi preso no dia 22 de novembro suspeito de espancar a criança, e confessou à Polícia Civil ter agredido o enteado sem motivo.
Junior Ribeiro Ferreira faleceu no dia 1º de dezembro, após ficar internado por 14 dias.

Comentários Facebook

''A ponte caiu''

Operação cumpre mandados em Cuiabá contra quadrilha de roubos/furtos de veículos de locadoras

Avatar

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil, através da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) de Barra do Garças (509 km a Leste de Cuiabá), com o apoio operacional da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), deflagrou nesta quarta-feira (22.01), a Operação Localiza, que investiga uma associação criminosa responsável por subtrair, mediante fraude, veículos de propriedade de locadoras em todo o Estado Mato Grosso.

Na operação, as equipes da GCCO ficaram responsáveis por três ordens judiciais, expedidas pela comarca de Barra do Garças com base nas investigações da DERF, do município, sendo cumpridos um mandado de prisão preventiva e dois de busca e apreensão domiciliar em Cuiabá.

De acordo com o delegado da DERF Barra do Garças, Nélder Martins Pereira, responsável pelas investigações, somente no mês de julho de 2019, os integrantes da quadrilha subtraíram uma pick-up Fiat Strada e um Volkswagen Voyage de uma empresa da cidade de Barra do Garças e, em seguida, fugiram para a capital mato-grossense.

Há também fortes indícios de atuação do grupo criminoso nas cidades de Nova Mutum, Jaciara, Sorriso e até mesmo no município de Aragarças, estado de Goiás.

As investigações indicam que a quadrilha, em clara divisão de tarefas, simulava o roubo/furto de um veículo segurado (registrando boletim de ocorrência do sinistro) e acionava a empresa seguradora, solicitando, inclusive, um veículo reserva junto a uma empresa de locação.

“Geralmente, usando documentos pessoais e ‘cheques caução’ falsos, um integrante fazia, sem grandes dificuldades, a retirada/subtração do veículo locado. Dias depois, registravam o boletim de ocorrência de recuperação do veículo segurado e o transferiam a terceiro”, explicou o delegado.

As diligências continuam para localizar e prender outros suspeitos. As investigações prosseguem na DERF de Barra do Garças, sendo os investigados responsabilizados pelos crimes de furto mediante fraude e associação criminosa, sem prejuízo de apuração de outras infrações penais conexas.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

''A ponte caiu''

Ladrão folgado é flagrado tomando banho durante roubo em residência

Avatar

Publicado

Homem, ainda não identificado, invadiu uma casa no residencial Jardim Florença, em Sinop, e fugiu pelado ao ser flagrado pelo pai do proprietário do local, no último sábado (18). De acordo com o boletim de ocorrência, os proprietários do imóvel estavam de férias e a residência estava sozinha.

O suspeito arrombou uma das janelas da casa e levou um dos pertences consigo na sexta-feira (17). Já no sábado, ele retornou e entrou pelo mesmo local da última vez, mas um dos vizinhos percebeu sua chegada na casa e ligou para o pai do proprietário, que acionou a Polícia Militar.

Chegando ao local a polícia percebeu que o suspeito estava tomando banho, ao perceber a presença dos policiais saiu correndo pulando muros.

Populares ainda tentaram capturar o suspeito mas conseguiu fugir.

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana