conecte-se conosco


''A ponte caiu''

Padrasto é denunciado pelo MP por espancar e matar menino de 2 anos

Avatar

Publicado

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPE) denunciou o jovem Igor Campos de Almeida, de 18 anos, por homicídio qualificado do enteado Junior Ribeiro Ferreira, de dois anos.


O menino de 2 anos, que estava internado depois de ser espancado pelo padrasto em Juína, a 737 km de Cuiabá, morreu no domingo (1º) no Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC).
O padrasto foi preso no dia 22 de novembro suspeito de espancar o enteado de 2 anos no dia 17 do mesmo mês.
Conforme o promotor de Justiça Dannilo Preti Vieira, o denunciado matou a criança por meio cruel, ao chutar a cabeça da vítima.

“O denunciado é padrasto da vítima e prevaleceu-se das relações domésticas para assassiná-la, oportunidade em que desferiu um chute na cabeça da vítima, o que ocasionou um traumatismo craniano, sendo suficiente para a morte da criança”, consta na denúncia.
Igor Campos de Almeida foi denunciado por homicídio qualificado por emprego de meio cruel com agravantes por ser cometido contra menor de 14 anos e aproveitando-se das relações domésticas mantidas com a vítima. Atualmente ele está recluso no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Juína.
O espancamento e a consequente morte do menino de dois anos chocou a população do município de Juína. A vítima foi agredida no dia 17 de novembro e levada pela mãe, em estado grave, a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. Permaneceu em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por três dias até ser transferida para uma UTI pediátrica em Cuiabá.
Inicialmente, o padrasto e a mãe alegaram que os hematomas no corpo da criança foram causados por uma queda acidental, contudo, exame de corpo de delito apontou a agressão física.
Igor de Almeida foi preso no dia 22 de novembro suspeito de espancar a criança, e confessou à Polícia Civil ter agredido o enteado sem motivo.
Junior Ribeiro Ferreira faleceu no dia 1º de dezembro, após ficar internado por 14 dias.

Comentários Facebook
Veja Também  Trabalho ostensivo prende seis e apreende mais de R$ 25 mil vindos do tráfico de droga em Sinop e Sorriso

''A ponte caiu''

Trabalho ostensivo prende seis e apreende mais de R$ 25 mil vindos do tráfico de droga em Sinop e Sorriso

Avatar

Publicado

 

.

Policiais do 3º Comando Regional – 11º BPM de Sinop e 12º BPM de Sorriso prenderam nesta terça-feira (11.08), quatro homens, duas mulheres e apreenderam dois adolescentes por tráfico de droga.

Nas quatro ocorrências, sendo duas no mesmo bairro, foram tiradas de circulação porções de maconha, cocaína e pasta base, além de mais de R$ 25.267, 00 em dinheiro.

Somente na primeira, no bairro Novos Campos, em Sorriso, os militares deram ordem de parada a uma mulher e uma adolescente que estavam em uma motocicleta. Na vistoria, os agentes encontraram dentro de uma mochila um quilo e meio de pasta base de cocaína, 100 gramas de cocaína e R$ 23.200,00 em várias notas.

No Jardim Primavera, em Sinop, dois homens foram detidos durante ronda. Os policiais perceberam que um deles ficou nervoso com a presença da viatura. Devido à atitude, ele foi abordado e encontrado em seu bolso três porções de pasta base de cocaína.

Ele levou os policiais até a sua casa onde estava outro homem que tentou resistir à abordagem sendo necessário ser algemado. Este segundo suspeito carregava três porções de maconha. No imóvel, mais três porções de pasta base de cocaína e R$ 335 em dinheiro foram apreendidos. Ambos confessaram serem membros de uma organização criminosa.

Veja Também  Câmeras de Segurança flagram assalto violento em drogaria em Cuiabá; veja vídeo

No bairro Maria Carolina, em Sinop, foram duas ocorrências. Na primeira, foi detido um casal que assumiu ser membro de uma organização criminosa e responsável pela venda de entorpecente na região. Com a dupla foram apreendidos R$ 1.692,00 e  12 porções de pasta base de cocaína, uma balança e rolo de plástico filme.

Na segunda, um homem foi detidos pela equipe do Grupo de Apoio (GAp), durante uma abordagem. O suspeito carregava cinco porções de maconha e R$ 40 em dinheiro.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

''A ponte caiu''

Câmeras de Segurança flagram assalto violento em drogaria em Cuiabá; veja vídeo

Avatar

Publicado

Uma quadrilha composta por cinco pessoas, entre elas um menor, foi presa pela Rotam, neste domingo (9), após se envolver em um assalto na Drogasil, localizada na Avenida Lapa Pés, bairro Duque de Caxias, em Cuiabá.


Câmeras de segurança flagraram o momento em que o roubo ocorre. Segundo a Rotam, um casal, sendo o homem armado, entrou no estabelecimento comercial e anunciou o assalto, com extrema violência.

Eles levaram dinheiro da drogaria e pertences dos clientes que estavam na hora do assalto.

Após acionada, a Rotam se deparou com um veículo Fiesta branco, com quatro ocupantes, sendo dois homens e duas mulheres.

A quadrilha, assim que avistou a PM, demonstrou nervosismo.

O bando foi abordado, sendo que durante o processo de busca, foi localizado parte dos objetos subtraídos da Drogasil, pertences dos clientes, e a quantia de R$ 516,60 (em espécie).

Ao questionar uma das suspeitas, a mesma relatou que participou do roubo na companhia de um dos comparsas.

Ela ainda acrescentou, que teriam realizado a partilha dos produtos roubados, com mais dois suspeitos no bairro Novo Colorado, os quais teriam emprestado a arma de fogo para cometer o assalto.

Veja Também  Trabalho ostensivo prende seis e apreende mais de R$ 25 mil vindos do tráfico de droga em Sinop e Sorriso

A Polícia só conseguiu localizar um dos criminosos, o menor de idade. O outro não foi localizado.

Todos os suspeitos foram encaminhados para a Central de Flagrantes para as providências cabíveis.

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana