conecte-se conosco


Várzea Grande

Saúde coloca em prática o Plano de Ação de combate ao mosquito da dengue

Avatar

Publicado

A Secretaria de Saúde de Várzea Grande deu início às ações de enfrentamento ao combate ao mosquito Aedes aegypti transmissor das doenças dengue, chikungunya e zika vírus no município. Médicos, enfermeiros e gerentes de unidades de saúde participaram nesta manhã (02), no auditório do Fórum de Várzea Grande de uma capacitação, cujo objetivo é fortalecer os trabalhos de prevenção, diagnóstico e manejo clínico de casos suspeitos dessas doenças.

A chegada do período chuvoso requer uma maior atenção, principalmente, no combate ao mosquito Aedes aegypti, por isso é preciso que haja uma mobilização para que não ocorra o aumento dos números de casos dessas doenças e mortes. “Em 2018 foram notificados 12.890 casos de dengue, chikungunya e zika vírus. Já em 2019 foram notificados 503 casos, dessas doenças até a presente data. “ O que estamos fazendo hoje é antecipando as ações de combate e prevenção da doença. Neste primeiro momento, atualizando as informações, de acordo com o Plano Municipal de Contingência, para podermos elaborar estratégias que serão adotas já neste mês de dezembro, tanto nas medidas de prevenção quanto ao diagnóstico preciso destas doenças, para evitar óbitos”, informou o secretário de Saúde, Diógenes Marcondes.

Na oportunidade, o secretário lembrou ainda da importância do trabalho dos agentes de endemias. São eles os responsáveis em fazer a busca ativa dos casos casa a casa. “Nossos agentes desempenham papel importante na Saúde Pública, visto que são conhecedores e próximos das comunidades em que vivem. Visitam casa a casa com o trabalho preventivo e de orientação o que resulta em mudança de comportamento na comunidade em que atuam. No caso do combate aos criadouros do Aedes, ao entrar nas casas junto com os moradores são dadas as orientações necessárias e preventivas na eliminação desses criadouros. Formando assim uma corrente de ações que somadas ajudam o município a reduzir essas incidências e casos da doença na proteção à vida. Esse trabalho tem sido importante na diminuição de casos dessas doenças no município”.

Veja Também  Saúde intensifica ações de prevenção ao Sarampo com estratégia de vacinação em bairros

Durante o encontro o médico infectologista Tiago Rodrigues Viana destacou a importância de se fazer um diagnóstico preciso e do tratamento contra doenças causadas por viroses, que apresentam sintomas comuns como febre, secreção e náuseas, o que pode confundir pacientes e médicos. “A dengue é uma virose, mas se o agente causador não é conhecido, é necessária a realização de exames específicos para a detecção da doença”.  

O especialista alertou ainda que a dengue continua sendo a doença que mais preocupa. “Febre, dor de cabeça e dor no corpo são os principais sintomas. Normalmente, a primeira manifestação da dengue é a febre alta (39° a 40°C), de início abrupto, que geralmente dura de 2 a 7 dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, erupção e coceira na pele. Perda de peso, náuseas e vômitos são comuns. Na fase febril inicial da doença pode ser difícil diferenciá-la. A forma grave da doença inclui dor abdominal intensa e contínua, vômitos persistentes, sangramento de mucosas, entre outros sintomas. Ao apresentar os sintomas, é importante procurar um serviço de saúde. A infecção por dengue pode ser assintomática, leve ou causar doença grave, com a dengue hemorrágica que pode levar à morte”.

Veja Também  Prefeitura amplia serviços de limpeza urbana com período de chuva intensa

A superintendente de Vigilância em Saúde, Relva Cristina Silva Moura, disse que a Saúde do município vem mantendo anualmente, as ações de prevenção e de combate as doenças infecciosas, e que o trabalho realizado no município, principalmente o de conscientização da população, tem sido essencial na diminuição dos casos tanto da dengue, como da chikungunya e zika vírus. “As medidas para o controle dessas doenças têm sido reforçadas por todas as equipes de saúde, por isso é importante que todos os profissionais dos diversos setores estejam atentos aos fatores que causam as doenças, tanto os das atenções primária e secundária. Temos nosso Plano Municipal e já estamos colocando em prática, com as capacitações”, disse Relva.

Nesta sexta-feira (05), equipes de endemias do município estarão fazendo ações de mobilização nos bairros. A ideia é chamar a atenção dos moradores para os cuidados em suas residências. "Esse é um trabalho que a Saúde de Várzea Grande realiza constantemente, sempre pedindo o apoio da população, que precisa ser também um vigilante constante para conter estas doenças, deixando suas casas livres de criadouros”, completou Relva Cristina.

Por: Kátia Passos – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
Comentários Facebook

Várzea Grande

Prefeitura amplia serviços de limpeza urbana com período de chuva intensa

Avatar

Publicado

Em razão das chuvas, neste mês de dezembro, a secretaria de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana de Várzea Grande reforçou a programação dos serviços de limpeza urbana. A intensificação dos trabalhos faz parte da força-tarefa para colocar em prática as ações do Plano de Contingência, elaborado pelo poder público municipal para atender prontamente as demandas. Os serviços foram ampliados desde o início deste mês e seguem intensificados até o fim do período chuvoso.

O secretário de Serviços Públicos  e Mobilidade Urbana, Breno Gomes  informa que a limpeza urbana abrange diversas áreas e traz benefícios à população. "Por meio dos serviços de limpeza urbana garantimos a melhoria da saúde pública, a proteção do meio ambiente, uma paisagem urbana mais agradável e o bem-estar dos moradores, por isso, é fundamental a execução deste trabalho de forma regular e preventiva. E é importante lembrar também que a população deve fazer sua parte neste processo, não permitindo a formação de bolsões de lixo no seu bairro, denunciando esta prática criminosa. As chuvas já chegaram, o mato cresce rápido, e os proprietários de terrenos vazios devem fazer a manutenção do seu terreno deixando-o limpo e capinado", afirma. Além disto, explica Breno Gomes que a secretaria segue intensificando as ações de capina, roçagem e limpeza dos pontos de descarte irregular de resíduos pela cidade, e multando os proprietários de terrenos vazios, que não fazem a limpeza.

O objetivo da ação é manter a cidade limpa, eliminar possíveis focos transmissores de doenças e evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, ao mesmo tempo, contribuir para melhorar ainda mais a qualidade de vida da população.

Veja Também  Prefeitura amplia serviços de limpeza urbana com período de chuva intensa

Segundo informou o secretário de Serviços Públicos, Breno Gomes, nesta semana os trabalhos de varrição, poda de arvores, pintura de meio fio e coleta de entulhos estão sendo realizados nos bairros Passagem da Conceição, Guarita, Jardim dos Estados e Pirinéu. “As equipes de limpeza estarão atuando nestas regiões e assim que os trabalhos forem concluídos estaremos seguindo para outras regiões da cidade”.

O gestor lembra que a limpeza urbana é de responsabilidade dos órgãos públicos, mas a conservação além de ser um ato de cidadania, é uma obrigação dos moradores, que devem cuidar do lixo das residências, preservar as praças e locais públicos, não jogar lixos em locais e áreas abandonadas. “A população pode contribuir e muito com essas ações realizadas pela prefeitura cuidando e zelando das suas calçadas, não jogando lixo em locais irregulares e fora do dia de coleta de lixo. Podem ainda fazer a denúncia de lixões clandestinos, pelos telefones 0800 647 4142 ou 3688 – 8034 e 3688 – 8035”, informou o secretário.

Além do trabalho realizado nas vias públicas, os fiscais do código de postura irão atuar de forma mais intensa na fiscalização dos terrenos em estado de abandono, notificando os proprietários para que faça a limpeza do local .“É importante que todo mundo faça a sua parte, pois embora o poder público realize o trabalho, a limpeza dos terrenos e calçadas reforço que é uma obrigação do morador”, alertou o secretario. destacando que o trabalho do poder público e o envolvimento da população são fundamentais no também combate ao mosquito transmissor da dengue .

Veja Também  TCE aprova por unanimidade as contas de Governo de Lucimar Campos

MOBILIZAÇÃO: Para reforçar ainda mais a atuação no combate e enfrentamento da dengue, equipes das secretarias de Serviços Públicos e Saúde estarão realizando trabalhos em conjunto, na conscientização da população. “O combate ao Aedes aegypti é realizado o ano todo e por todas as equipes da Prefeitura Municipal, mas neste período de chuvas os trabalhos são intensificados.

A superintendente de Vigilância em Saúde, Relva Cristina Silva Moura, disse que a Saúde do município vem mantendo anualmente as ações de prevenção e de combate as doenças infecciosas, e que o trabalho realizado no município tem alcançado resultados positivos uma vez que houve, nos últimos anos, uma redução da dengue, da zika vírus e chicungunya . “Essa avaliação positiva é o resultado de ações eficientes implantadas pela atual gestão. E para que tenhamos o controle dessas doenças é importante não somente a conscientização da população, mas uma força tarefa entre todos os envolvidos como as que estão ocorrendo neste mês de dezembro com o envolvimento das várias pastas da Administração Pública”, completou. 

Por: Katia Passos – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
Comentários Facebook
Continue lendo

Várzea Grande

Poder Público e Organizações Sociais unem esforços para a melhoria da educação

Avatar

Publicado

A Associação Ecológica e Centro de Equoterapia Nativo e o Caps (Centro de Atenção Psicossocial) Juvenil de Várzea Grande  se uniram para oferecer às pessoas com deficiência atendimento de equoterapia, com o objetivo de contribuir para uma educação inclusiva. O projeto “Equoterapia: um novo olhar pedagógico” atende cerca de 300 jovens e utiliza o cavalo como forma de estimular a motricidade e reduzir o déficit de atenção. As atividades contam também com o apoio da família, agente colaborador da terapia. 

Outro exemplo do potencial do trabalho conjunto são as parcerias firmadas pela Acamis (Associação Caminhando para Mais Um Sonho) e Escola Municipal Deputado Ary Leite de Campos, localizada no Parque Mangabeiras. O projeto “Acreditar é Preciso, Transformar é Possível”, com o objetivo de fortalecer os vínculos familiares e incentivar a prática de atividades físicas na infância, disponibiliza um educador físico e uma assistente social para promover atividades lúdicas e culturais com 70 alunos, de 6 a 16 anos.

A aproximação e o trabalho conjunto, envolvendo ações intersetoriais, são estimuladas pelo programa Redes de Territórios Educativos, realizado pelo Itaú Social em parceria com o Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável – Cieds.  Além do trabalho com as organizações Sociais, propõe a articulação entre secretarias (Educação, Assistência Social,  Saúde, Defesa Social) e seus equipamentos: escolas públicas, centros de referência de assistência social, postos de saúde, conselhos de direitos, empresas locais, entre outros. Em 2018, a iniciativa reuniu em Várzea Grande 24 organizações sociais e nove órgãos públicos, com cerca de 8.976 beneficiários diretos.

Veja Também  TCE aprova por unanimidade as contas de Governo de Lucimar Campos

“O objetivo é estimular a atuação em rede dos diversos atores locais, já que atendem a um mesmo público. Os desafios no campo social e o desenvolvimento da educação integral impõem a necessidade de envolver agentes de diferentes setores e instituições, de forma que o trabalho de um contribua com o do outro, qualificando e potencializando o que chega às crianças, adolescentes e jovens”, explica a gerente de Fomento do Itaú Social, Camila Feldberg. 

A estratégia do Programa Redes de Territórios Educativos se baseia em Mobilização e Formação. A primeira se articula por meio dos Encontros Territoriais (realizados para entender as demandas de cada região e despertar para a importância do trabalho em rede) e dos Encontros Ampliados (que incentivam a troca de experiências e o envolvimento). Já a Formação oferece oficinas de elaboração de projetos, lideranças colaborativas, comunicação, a importância de jogos e brincadeiras na aprendizagem, trabalho social com famílias, e prevenção de abuso sexual.
Na terça –feira dia  (03), foi realizado o IV Seminário de Territórios Educativos de Várzea Grande, com a realização de oficinas e participação da professora de Neurociência Cognitiva do Desenvolvimento da University of British Columbia (Canadá) Adele Diamond.

Veja Também  Exposição artesanal e apresentações artísticas encerram o semestre de projetos sociais que reuniu mais de 3 mil participantes no Fiotão

O secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer ,Silvio Fidelis, disse que o município de Várzea Grande está e estará sempre aberto para parcerias que somam e possam abranger o atendimento de crianças e adolescentes na fase escolar, e que geram ações de inclusão escolar no melhoramento do aprendizado.” A educação básica de Várzea Grande tem evoluído no Ideb e nas ações escolar. Os programas e projetos implantados na Rede Municipal de Educação já vem ganhando destaque estadual e Nacional. A exemplo o Escola em Tempo Ampliado –ETA, que oportuniza aos alunos a ter atividades e oficinas no contraturno escolar e aulas de reforço, permanecendo no ambiente escolar em tempo integral. A parceria com o Itaú Social, também e uma importante ferramenta educacional e que envolve várias secretarias e entidades, no fortalecimento da educação básica”, disse o secretário Silvio Fidelis.
 

Por: Da Redação – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana