conecte-se conosco


Cuiabá

Operação ajuda Ministério da Saúde a medir impacto do Programa Vida no Trânsito; veja balanço

Avatar

Publicado

Mais de 480 testes de alcoolemia foram realizados durante uma série de blitz acompanhadas pela Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), entre as noites de sexta-feira (29) e domingo (1). A ação faz parte da Pesquisa Vida no Trânsito, desenvolvida por alunos da Universidade Federal de Goiás (UFG) e Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), junto ao Ministério da Saúde. 

O estudo analisa o impacto do Programa Vida no Trânsito (PVT) em 14 capitais nas cinco regiões do país, considerando aspectos determinantes das lesões e mortes causadas pelos acidentes de trânsito. Em Cuiabá as abordagens aconteceram respectivamente nas avenidas Historiador Rubens de Mendonça, Arquimedes Pereira Lima, XV de Novembro e Tenente Coronel Duarte.

No total foram lavrados 166 Autos de Infração de Trânsito (AIT) durante a operação, sendo 39 por dirigir sob efeito de álcool (artigo 165); 10 por recusar-se a realizar o teste do etilômetro (artigo 165ª); 30 por dirigir sem CNH (artigo 162 I); 50 por dirigir veículo registrado sem estar licenciado (artigo 230); e 7 por dirigir com CNH vencida há mais de 30 dias (artigo 162 V).

Além disso, houve registros de 30 Autos por infrações diversos e oito prisões por embriaguez e desacato (artigo 306 V). Ao longo dos quatro dias de trabalho, 96 veículos, entre carros e motos foram removidos.

Veja Também  Limpurb cria mutirão semanal e amplia atendimento das demandas de iluminação pública

O professor da UFG, Otaliba Libânio, explica que os números integrarão o estudo do Ministério da Saúde, apontando a prevalência de fatores de risco nos acidentes de trânsito, como uso de celular, alta velocidade e beber e dirigir. “O objetivo principal é avaliar o impacto do Programa. Para isso, fazemos coletas e, além, dos números das blitz, entrevistamos os motoristas.”

A avaliação, que começou em março deste ano, acontece em cidades ou regiões metropolitanas com mais um milhão de habitantes. Para isso, foram sorteadas duas cidades por região do país. Neste contexto Cuiabá é o 13ª município a receber a equipe responsável pelo levantamento, antecedendo São Paulo (SP).

De acordo com o titular da Pasta, Antenor Figueiredo, em Cuiabá o Vida no Trânsito já identificou três fatores críticos quando se trata de mortalidade no trânsito: as altas taxas de acidentes envolvendo motociclistas, consumo de bebida alcoólica e alta velocidade.“Temos feito um trabalho para reduzir os óbitos. Já observamos resultados, principalmente nas vias onde temos radares”, explica.

A Blitz é realizada em parceria com o Gabinete de Gestão Integrada (GGI); o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPMTRAN); a Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran); o Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT); a Polícia Rodoviária Federal (PRF); a Secretaria de Segurança Pública (Sesp); e Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP).

Veja Também  Referência de educação inclusiva, Cuiabá atende 1.200 alunos com deficiência

O PVT em Cuiabá

A secretária-adjunta, Luciana Zamproni lembra que a Semob  já está trabalhando com um plano de ações para 2020.  No início do mês, representantes do Ministério da Saúde estiveram na Secretaria para discutir ações do Projeto Vida no Trânsito. No encontro, os gestores fizeram um balanço das ações adotadas desde 2013 para a redução da mortalidade nas vias do Município.

“Com os dados em mãos e o resultado do estudo poderemos estabelecer diretrizes para o programa. É importante destacar que o planejamento é feito em parceria com a equipe da Vigilância Epidemiológica, a Diretoria de Trânsito e as comissões de dados”, diz a adjunta.

Em Mato Grosso o Vida no Trânsito conta com a parceria de órgãos como a Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran), Detran, Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec), Polícia Militar (PM), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Secretaria de Estado de Saúde, além das secretarias municipais de Mobilidade Urbana e Saúde.

Comentários Facebook

Cuiabá

Limpurb cria mutirão semanal e amplia atendimento das demandas de iluminação pública

Avatar

Publicado


.

Dando continuidade ao processo de melhoria aos serviços prestados à população, a Empresa Cuiabana de Zeladoria e Serviços Urbanos (Limpurb) colocará em prática uma nova atividade. A partir de agora, todas as sextas-feiras será realizado o Mutirão da Iluminação Pública. A primeira ação acontece já neste dia 14 de agosto, das 18h às 2h, com equipes distribuídas em diversos pontos da cidade. 

Para esta primeira edição, os trabalhos estarão concentrados na região Sul da Capital. Com quatro equipes disponíveis, o atendimento será feito nos bairros Itapajé, Getúlio Vargas, Residencial Coxipó e Residencial Santa Terezinha. Além disso, a operação alcançará ainda em toda extensão da Avenida Carlos Gomes da Costa e também na Avenida D, no trecho situado entre o Residencial Coxipó até a entrada do Itapajé. 

“Nosso planejamento é de todas as sextas-feiras atuar em uma das regiões da cidade. Por exemplo, esta semana vamos entrar na região Sul, na outra na Leste e assim vamos seguindo. Vamos focar nos bairros mais críticos, com um maior número de pedidos de manutenção e, durante a ação, atenderemos ainda as avenidas que dão acesso à essas comunidade”, explica o diretor-presidente da Limpurb, Anderson Matos. 

Veja Também  Programa AMOR ultrapassa barreiras da pandemia e atende mais de 13 mil pessoas da zona rural e terapêutica

O diretor de Iluminação Pública, Carlúcio de Freitas, explica que o mutirão foi adotado como complemento ao trabalho que é executado nas vias e outros espaços públicos de Cuiabá. Segundo ele, por dia, são atendidos de 35 a 45 pedidos recebidos por meio dos números (65) 3645-5522/5511 ou pelo WhatsApp (65) 9 9318-8761. As manutenções abrangem desde uma simples troca de lâmpada até a substituição completa do sistema.

“É mais serviço público que está sendo intensificado por determinação do prefeito Emanuel Pinheiro. A iluminação tem um grande pode de contribuição dentro do quesito segurança. Dessa forma, procuramos sempre atender esse tipo de demanda o mais rápido possível. Com o mutirão nossa capacidade de atendimento será melhorada e os resultados colhidos serão totalmente positivos”, pontua o diretor.  

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Secretaria publica regras de eleição suplementar de suplentes no Conselho Municipal de Política Cultural

Avatar

Publicado


.

A Secretaria de Cultura Esporte e Lazer abre nesta quinta-feira (13), o período para inscrições de delegados e candidatos a suplentes de conselheiros no Conselho Municipal de Política Cultural de Cuiabá. Pleito será realizado no dia 20 de agosto para eleger suplentes nos segmentos de Cultura Afro e Indígena Brasileiras, Artes Visuais e Digitais e Livro, Literatura e Leitura.

De acordo com normativas publicadas em Diário Oficial na última quarta-feira (12), os delegados que foram habilitados para as eleições do Conselho Municipal, realizada no último dia 07 de agosto, estão automaticamente aptos para votar neste processo suplementar.

Aqueles que desejarem se inscrever, de acordo com seu segmento representativo, para delegados e candidatos a suplente de conselheiro tem até às 23h59 do dia 19 de agosto para preencher formulário de inscrição e enviar documentação exigida em edital. Dentre os documentos exigidos para pleitear a possibilidade de votar, está currículo que comprove sua atividade artística e/ou cultural por no mínimo dois anos e também comprovação de residência em Cuiabá pelo mesmo período. Já para se inscrever como Conselheiro, é preciso comprovar atividade na área por no mínimo quatro anos e também residência na Capital pelo mesmo período.

Veja Também  Veja os dados do painel Covid-19 desta quarta-feira (12)

O regulamento, a Lei que modifica a composição do Conselho e os formulários para inscrições estão disponíveis no site da Prefeitura de Cuiabá, menu da Secretaria de Cultura, clicando na aba Conselho Municipal de Política Cultural ou em anexo a este texto. Para mais informações, entre em contato pelo telefone (65) 98445–2871 ou pelo email [email protected].

O Conselho é um órgão deliberativo consultivo, que ajuda a definir a política cultural do município, como a política de aplicação de recursos do Fundo Municipal de Cultura. Em 2019, R$ 2,1 milhões foram investidos em políticas culturais em Cuiabá, por meio do edital FUNDO/2019. Foram 51 projetos aprovados e mais de 200 artistas envolvidos direta e indiretamente, com trabalho que continuam dando frutos.

Faça sua inscrição através do link: https://forms.gle/5NpdssGaYVs2U5EL9

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana