conecte-se conosco


Mulher

Não é dieta nem exercício, mas ajuda a emagrecer: conheça o mindful eating

Avatar

Publicado

source

Mindful eating – alimentação consciente, em português – é um padrão alimentar que pode ser grande aliado na jornada para emagrecer a tempo de aproveitar o verão. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, essa estratégia não se firma com dieta, e, sim, como um modo de alcançar seus objetivos por meio da mente.

Leia também: Dieta mediterrânea emagrece sem muita restrição e libera vinho; veja como adotar

mindful eating arrow-options
shutterstock

O mindful eating significa “alimentação consciente” e é mais uma estratégia alimentar eficaz para perder peso

Gabriela Cilla, nutricionista clínica, funcional e esportiva da Clínica NutriCilla, diz que mindful eating é um termo em evidência na alimentação por não haver necessidade de se fazer restrições no cardápio, ao contrário de muitas dietas.

“Quando a gente vive em privação, a gente tem uma restrição muito grande, então as pessoas perceberam que elas podem ter um estilo de vida muito saudável e mesmo assim conseguir comer as coisas que elas gostam”, diz Gabriela ao Delas .

Como funciona o mindful eating?

mindful eating arrow-options
shutterstock

Para que o mindful eating funcione do modo adequado, é importante ter os objetivos viáveis e bem definidos

Para a estratégia funcionar bem, é necessário ter as metas e objetivos bem definidos e “saber administrar os sentimentos”. É importante entender que as orientações e planejamentos mudam conforme o tempo que a pessoa tem para alcançar o resultado desejado, ou seja, se sua intenção é emagrecer para aproveitar os dias de mais calor, é preciso estabelecer prioridades.

Gabriela cita um exemplo: “Quer atingir um objetivo rápido e as pessoas do trabalho não colaboram, então [a pessoa] vai ter que saber lidar com isso. Ou sabe lidar com a questão de que, naquele momento, tem algumas pessoas comendo besteiras e, para ela, aquilo realmente vai atrasar, ou ela vai acabar cedendo”, explica.

A nutricionista comenta que o organismo reage bem a restrições por um curto período de tempo e, portanto, não há problema em se privar de alguns alimentos para ficar em forma no verão . “Tudo o que é de curto período de tempo a nossa cabeça, nosso ânimo, funcionam muito bem. Tudo o que ultrapasse um mês, um mês e meio, vira uma coisa que é rotina, que é frequência, a gente não consegue lidar muito bem”, exemplifica ela.

“O agora e as escolhas do agora podem interferir nos resultados de amanhã. Para quem quer ter o emagrecimento rápido para o verão, ter isso muito bem resolvido na cabeça acho que é válido”, ressalta.

Além disso, a especialista destaca ser importante ter o acompanhamento profissional adequado, criar um cardápio que seja viável e a realização de atividades físicas, uma vez que isso ajuda a acelerar os resultados.

Leia também: Projeto verão: personal das famosas dá dicas de ouro para turbinar seu treino

Benefícios do mindful eating

mindful eating arrow-options
shutterstock

Gabriela Cilla conta que, entre os benefícios, se destaca o fato de o mindful deixar as pessoas mais leves

Gabriela comenta que o mindful propicia que, ao estabelecer prioridades, a pessoa fique bem com suas próprias escolhas. Por isso, o padrão alimentar trabalha muito a questão da ansiedade, reduz a compulsão e diminui o sentimento de culpa. “A pessoa fica bem mais resolvida, então acredito que esses sejam os maiores benefícios. Saber lidar com as escolhas de uma forma muito mais leve”, declara a nutricionista.

Além disso, por estar diretamente atrelada à mente, implantar essa estratégia no dia a dia ajuda a combater doenças.

“É um fator totalmente preventivo para a questão emocional. Diminui o índice de depressão, se a pessoa está muito bem resolvida, não precisa fazer coisas que são extremistas, então a gente previne uma compulsão, um distúrbio de imagem… A gente reeduca”, enfatiza ela.

“[A pessoa] vai sempre buscar opções que são melhores, então, previne doenças crônicas, até mesmo melhora o índice de sedentarismo, porque dá para incluir uma atividade física no plano”, acrescenta.

Como aplicar no cotidiano?

mindful eating arrow-options
shutterstock

A melhor forma de aplicar o método no dia a dia é fazer uma autoanálise e definir metas atingíveis

A prática de colocar o mindful eating na rotina começa quando há uma autoanálise. De acordo com Gabriela, é fundamental que a pessoa aceite a condição que se encontra nesse momento e defina o que é preciso fazer para alcançar a meta que deseja.

“É interessante traçar todo um planejamento real com um médico ou um nutricionista que te acompanha [e definir] metas que são atingíveis. É o primeiro ponto. Porque se as metas não são atingidas a gente se frustra, e a frustração piora tudo”, pontua.

Como o mindful é uma estratégia mental, não é necessário atrelar o padrão a nenhuma dieta, porém, é importante anotar as atividades diárias a serem feitas para ter um “incentivo” no dia a dia. “Mindful é, literalmente, sua cabeça cuida de tudo. A cabeça controla tudo. Você tem que controlar sua cabeça, suas escolhas têm que ser muito bem pensadas e muito bem executadas”, salienta a especialista.

“Se eu como todo dia Mc Donald’s, e eu deixar de comer o Mc Donald’s, isso já vai me ajudar. Já melhorou 50% do que estava no meu dia”, exemplifica. “É ter noção da realidade e, frente a ela, traçar um objetivo que seja atingível”, diz ela.

Leia também: Jovem que “odeia academia” consegue emagrecer 38 kg com exercícios no bambolê

Quem pode fazer o mindful eating?

mindful eating arrow-options
shutterstock

De acordo com a nutricionista, o mindful eating está dentro de todos os seres humanos e deveria ser praticado

Segundo afirma Gabriela Cilla, uma das melhores coisas do mindful eating é que ele não tem nenhuma restrição. Qualquer pessoa pode fazer ou, confirme declara a nutricionista, todos deveriam fazer.

“É que as pessoas não sabem que existe isso, talvez todos devessem praticar. É tentar frente ao caos, achar uma luz”, conta. “O mindful está dentro de todo mundo, a gente só precisa saber explorar e aflorar isso, porque é do ser humano”, finaliza Gabriela.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook

Mulher

Com cabelos de quase 2 metros, jovem não corta fios há 11 anos

Avatar

Publicado

source

Nilanshi Patel, de 17 anos, bateu o próprio recorde do Guinness World Records e se tornou pela segunda vez a adolescente com os cabelos mais longos do mundo. Em 2018, ela já havia ganhado um certificado, exibindo fios de 1,7 metro de comprimento. Agora, com cabelos de 1,9 metro de comprimento, a “Rapunzel” indiana chama atenção por onde passa.

Leia também: Rapunzel “real” lava o cabelo uma vez por semana e leva 10 horas para secá-lo

Nilanshi arrow-options
Reprodução/The Sun

Os cabelos da ‘Rapunzel’ da Índia medem quase dois metros de comprimento; ela bateu dois recordes mundiais

Ao The Sun , a jovem de Gujarat, Índia afirma que ama os longos fios e acredita que eles são “uma benção”. Nilanshi conta que não corta os cabelos há 11 anos, mas o comprimento de quase dois metros ainda não são suficientes – e, por isso, ela não pretende ver uma tesoura tão cedo.

Segundo ela, a intenção é bater o recorde de adulta com o cabelos mais longos do mundo e entrar para o livro dos recordes pela terceira vez. 

Leia também: Mulher diz que manteiga de amendoim é segredo para cabelo digno de Rapunzel

Rotina para cuidar dos cabelos de 1,9 metro

Nilanshi arrow-options
Reprodução/Instagram/guinnessworldrecords

Nilanshi bateu dois recordes no Guinness como a adolescente com os cabelos mais longos do mundo

A adolescente diz que dá bastanta trabalho manter fios tão longos saudáveis e bonitos. Para isso, ela mantém uma rotina, que inclui usar um óleo feito com “ingredientes secretos” pela mãe dela, e lavar uma vez por semana. Para secar e pentear, ela demora uma hora e meia. 

Leia também: Com fios de 1,8 metro, “Rapunzel” da vida real não lava o cabelo há quase 20 anos

No dia a dia, Nilanshi faz tranças ou coques para evitar que os cabelos fiquem embaraçados ou com nós, e também para que ela não pise nas pontas – já que tamanho dos fios é maior do que a altura da moça. “É uma parte do meu corpo e sou orgulhosa disso”, finaliza.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Dicas de decoração: 3 ideias práticas para compor uma mesa posta para o verão

Avatar

Publicado

source
mesa posta para o verão arrow-options
Arquivo pessoal

Peças em melamina são ótimas para composição de mesas em área molhada

Vai receber os amigos em casa na estação mais ensolarada do ano? Que tal montar uma decoração criativa para curtir o momento ao lado de pessoas queridas? 

Na proposta de mesa posta para o verão, a ideia é adotar peças práticas e que se adequem às áreas molhadas, quando a proposta for montar composições na praia ou piscina.

As peças em melamina são uma ótima opção. À primeira vista, a louça em melamina se parece muito com uma porcelana. Na verdade, trata-se de um composto sintético altamente resistente, possuindo uma durabilidade superior ao vidro e à porcelana. 

Leia também: Qual o impacto do uso de celulares durante as refeições?

Outras vantagens são a não retenção de cheiro ou sabor e a resistência a quedas e atrito.

peca em bambuarrow-options
Arquivo pessoal

Utensílios feitos em bambu possuem um agente natural antibacteriano

As peças em melamina já são consagradas e bastante utilizadas nos Estados Unidos, por exemplo. No Brasil, já é possível encontrar modelos com estampas lindas. 

Aposte em peças com esse material quando a ideia for montar uma proposta descontraída de mesa posta em áreas molhadas.

Outro material que combina com a proposta de mesas para o verão e tem ganhado destaque é o bambu . Os utensílios feitos desse material possuem um agente natural antibacteriano que previne a proliferação de bactérias.

Uma outra vantagem das peças em bambu são a sua maior resistência em comparação a peças em madeira, além de serem mais leves e com design moderno.

Nas composições de mesas para o verão , é possível usar peças em bambu para dispor os talheres, servir os aperitivos ou até preparar drinks.

Em relação a elementos têxteis, aposte em jogos americanos, passadeiras ou toalhas com tecido impermeável, também chamado acquablock.

Leia também: Como usar a Classic Blue – cor da Pantone para 2020 – na decoração e na mesa posta

Tecido Acquablock da Karsten arrow-options
Divulgação

Acquablock é um tecido que protege contra a ação da luz solar e repele a água

Acquablock é um tecido com diversas propriedades e características tecnológicas. Além de proteger contra a ação da luz solar, ele repele a água. A Karsten foi a primeira marca brasileira a desenvolver um tecido exclusivo com essas características.

Existem diversas opções de estampas disponíveis no mercado, inclusive com temática verão, basta escolher o modelo que mais agrada. A passadeira ou trilho, por exemplo, pode ser usada na mesa e também decorando um aparador ou móvel de apoio. 

Leia também: Bodas de casamento: que tal comemorar montando uma mesa posta temática?

Gostaram das dicas da mesa posta para o verão? Animados para receber os amigos em casa e confraternizar durante a estação mais ensolarada do ano?

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana