conecte-se conosco


Cidades

População de Jaciara deve redobrar os cuidados com o Aedes aegypti no período de chuva

Avatar

Publicado

O 4ª Levantamento de Índice Rápido para o Aedes Aegypti (LIRAa),  realizado pela Secretaria Municipal de Saúde de Jaciara, por meio da equipe de endemias da Vigilância Ambiental, apontou o 1,9% sendo status “Médio Risco” com depósitos predominantes. Foram inspecionados no ciclo 893 imóveis entre os dias 4 e 6 de novembro.

De acordo com o coordenador da Vigilância Ambiental, José Anchieta P. de Lima, na Classificação dos Índices de Infestação por Aedes aegypti, conforme Diretrizes para a Prevenção e Controle das Arboviroses Urbanas, o bairro Jardim Clementina apontou o maior índice de infestação com 16,6%. Já a região do Centro apresentou a menor taxa com 1,0%.

A secretária de Saúde, Suely Cristina de Castro, recomenda que todos ajudem a eliminar locais de água parada, onde o mosquito deposita suas larvas. É preciso estar atento a vasos de plantas, pneus velhos, bacias e outros recipientes que possam armazenar água.

“Receba bem os agentes de combate as endemias e agentes comunitária de saúde nas suas residências, as vezes um detalhe que passa despercebido eles podem auxiliam com orientações técnicas”, ressalta a secretária. 

Levantamento

O LIRAa consiste em uma amostragem larvária bimestral de Aedes aegypti no município para obter a estimativa da infestação pelo vetor da dengue, feitas em quatro períodos do ano, que serve como ferramenta fundamental para direcionamento e intensificação das ações no combate do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. 

Índice e depósito predominante por localidades:

1- SANTO ANTÔNIO: 6,7% – Depósitos Predominantes: Tambor, Caixa D’água, Sucatas, Entulhos Status: Alto Risco 

2- JD AEROPORTO: 7,1% – Depósitos Predominantes: Reservatório Tambor e Caixa D’água Status: Alto Risco 

3- PLANALTO: 1,3% – Depósitos Predominantes: Materiais de Construção Status: Médio Risco

4- CENTRO: 1,0% – Depósitos Predominantes: Reservatório Tambor e Caixa D’água Status: Médio Risco

5- JD CLEMENTINA: 16,6% – Depósitos Predominantes: Latas, Sucatas e Entulhos Status: Alto Risco 

6- JD LEBLON: 5,0% – Depósitos Predominantes: Recipiente de água de animais Status: Alto Risco

7- SÃO SEBASTIÃO: 2,8% – Depósitos Predominantes: Entulhos e Sucatas Status: Médio Risco

8- RESIDENCIAL FLORAIS DO PLANALTO: 3,7% – Depósitos Predominantes: Reservatório Tambor Status: Médio Risco

Fonte: AMM
Comentários Facebook

Cidades

Alto Taquari é destaque em investimentos, aponta estudo da Firjan

Avatar

Publicado

De acordo com estudo em nível nacional, realizado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), Alto Taquari foi destaque no ano de 2018. No Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), o município aparece em 1º lugar no Estado de Mato Grosso, juntamente com outras 13 cidades, no quesito investimentos. No Ranking Nacional, Alto Taquari também aparece em 1º lugar em investimentos, junto com outros 422 municípios. Vale lembrar que, somente em 2018, durante a gestão do prefeito Fabio Mauri Garbugio, a Prefeitura de Alto Taquari inaugurou 9 obras e adquiriu 6 veículos para o município.

Com base em dados oficiais, o IFGF analisou as contas de 5.337 municípios brasileiros através de quatro indicadores: Autonomia, Gastos com Pessoal, Investimentos e Liquidez. No "IFGF Geral", Alto Taquari é a 12ª cidade do estado e a 93ª cidade brasileira, com índice 0,8598. No indicador "Autonomia", o município também é destaque em Mato Grosso, aparecendo em 1º lugar, juntamente com outras 40 cidades do estado.

 

Em "Gastos com Pessoal", Alto Taquari aparece na 43ª posição a nível Mato Grosso, com IFGF de 0.7302, avaliado como "Boa Gestão". Em "Liquidez", o município ficou em 61º lugar entre as cidades do estado.

Autonomia Indicador que analisa a relação entre as receitas oriundas da atividade econômica do município e os custos para financiar sua existência.

Gastos com pessoal Mostra quanto os municípios gastam com pagamento de pessoal em relação ao total da Receita Corrente Líquida.

Liquidez Verifica a relação entre o total de restos a pagar acumulados no ano e os recursos em caixa disponíveis para cobri-los no ano seguinte.

Investimentos Mede a parcela da receita total dos municípios destinada aos investimentos, aqueles que geram bem-estar à população e melhoram o ambiente de negócios.

O IFGF 2019 tem como base o ano de 2018. Os dados referentes à 2019 ainda não foram divulgados.

Clique aqui e acesse a pesquisa completa.

Fonte: AMM
Comentários Facebook
Continue lendo

Cidades

Prefeitura de Alto Garças realiza palestras da Campanha Janeiro Branco

Avatar

Publicado

A Prefeitura Municipal de Alto Garças, através da Secretaria Municipal de Saúde, realizou na tarde da última sexta feira (17) a “Palestras da Campanha Janeiro Branco”, que visa trabalhar a saúde mental. O tema foi “Não deixe que o cuidado com a saúde mental passe em Branco” que contou com a palestra da a Psicóloga Marcella Esperandio e o médico Psiquiatra Dr. Márcio Medeiros Cézar.

Foi bem participativo pelo público presente e profissionais, fazendo do evento muito aproveitável. O primeiro mês do ano é marcado pela campanha Janeiro Branco, que tem como principal objetivo discutir a saúde mental.

O Janeiro Branco é uma campanha nacional, criada pelo psicólogo Leonardo Abraão, com o objetivo de sensibilizar a população, ressaltando a importância do cuidado com a saúde mental. Uma campanha dedicada a mostrar às pessoas – e à sociedade – que os seres humanos são seres de conteúdos psicológicos e subjetivos, que suas vidas, necessariamente, são estruturadas em torno de questões mentais, sentimentais, emocionais, relacionais e comportamentais, sendo, portanto, imperioso e necessário, que a subjetividade humana possua lugar de destaque em nossa cultura e em nossos cotidianos, sob pena de sermos vítimas de nós mesmos e de quem despreza as próprias necessidades psicológicas e as necessidades psicológicas alheias. Uma Campanha pensada, planejada e projetada para a promoção de Saúde Emocional nas vidas de todos os indivíduos que compõe a humanidade, buscando estratégias políticas, sociais e culturais para que o adoecimento emocional seja prevenido, conhecido e combatido em todos os campos, esferas, dimensões e espaços em que o humano se faz presente. ”A campanha janeiro branco é uma ferramenta que serve para alertarmos a população sobre a importância do cuidado com a saúde mental. Ainda existe um tabu, quanto à depressão, ansiedade, estresse, e essas doenças poderão se tornar crônicas, nós precisamos quebrar essas barreiras”, destacou a secretária de saúde, Renata Martins de Oliveira do Carmo.

Fonte: AMM
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana