conecte-se conosco


Cuiabá

Programa social idealizado pelo Executivo é aprovado pela Câmara Municipal

Avatar

Publicado

Foi aprovado na manhã desta terça-feira (19) pela Câmara Municipal de Cuiabá, o projeto de lei de autoria do Poder Executivo que cria o programa de transferência de renda para famílias carentes denominado “Cuidando da Gente”. A proposta foi acatada por 22 dos votos durante Sessão Ordinária e visa garantir acesso à manutenção básica da população cuiabana nas frentes de desenvolvimento humano e social.

O programa já foi inserido na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2020 e a previsão é que seja iniciado no começo do próximo ano. Na oportunidade, o prefeito Emanuel Pinheiro já havia antecipado que a reforma administrativa e a LOA de 2020 teriam como foco a área social. “Queremos investir e potencializar na assistência social e na humanização dos serviços da Prefeitura de Cuiabá, valorizando ainda mais os mais carentes, promovendo a inclusão e a justiça social. Continuaremos executando muitas obras como temos feito, mas esse programa tem o foco no social, na humanização, na valorização dos mais humildes, mais carentes e vulneráveis que é o conceito da nossa gestão”, afirmou Pinheiro.

O programa “Cuidando da Gente” será iniciado com três projetos: Projeto Solidariedade em ação, destinado à transferência de renda para filhos menores de idade cuja mãe tenha sido vítima de feminicídio; Projeto Xás Criança, destinado à famílias com crianças em idade de creche e pré-escola objetivando incentivar o acesso à rede de serviços públicos municipais em especial de educação, saúde e assistência social; Projeto Mais Medicamento, que será o auxílio destinado às pessoas de 65 anos ou mais para aquisição de medicamentos não oferecidos pelo poder público.

O valor individual do benefício será de no máximo um salário mínimo. O programa será implantado, coordenado, acompanhado e monitorado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano, que também ficará responsável pelo cadastramento de cada beneficiário, atualizando semestralmente.

A transferência será concedida num prazo máximo de 12 meses ou conforme os prazos definidos para cada projeto no decreto que o regulamentar. Já os recursos orçamentários e financeiros que serão utilizados para a realização do programa serão consignados em dotação do Fundo de Assistência Social.

Na LOA de 2020 e na reforma administrativa, o prefeito Emanuel Pinheiro também determinou o fortalecimento das ações na Secretaria de Assistência Social, além da criação da Secretaria da Mulher.   

Clique no anexo para visualizar o projeto na íntegra. 

 

  

Comentários Facebook

Cuiabá

Criatividade e bom humor são as principais ferramentas de contato com os idosos assistidos pelos CCIs

Avatar

Publicado


.

Os coordenadores dos Centros de Convivência de Idosos (CCIs) têm utilizado estratégias lúdicas para despertar a atenção dos idosos atendidos pela rede municipal de assistência. Por meio da técnica, os profissionais conseguem abordar, de forma mais atrativa, a importância do isolamento social como prevenção ao novo coronavírus. Os conteúdos sobre cuidados e sintomas são repassados ao público em vídeos. 

“De forma espontânea, valorizando a nossa cultura e o fortalecimento do vínculo familiar, propomos provocar o feedback dos idosos”, disse o coordenador do Centro de Convivência de Idosos João Guerreiro, Diego da Silva.

Já na unidade do bairro Porto, o CCI Padre Firmo, acompanhando a onda do Tik Tok, está incentivando a prática de atividades físicas e cuidados com saúde, utilizando-se da dança. “Estamos trabalhando para acompanhar o dia a dia dos nossos idosos, para que todo auxílio necessário seja ofertado nesse momento”, contou a coordenadora Fabiane Brito.

Os mais de 2 mil idosos assistidos pele rede de atendimentos ofertados pelos Centros de Convivência dos Idosos (CCI’S), estão recebendo atenção diferenciada, desde início da adoção de medidas de enfrentamento à Covid-19. O trabalho é coordenado pela Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa Com Deficiência, que orientou cada coordenador e equipe técnica a elabora medidas alternativas de atendimento para monitoramento diário dos idosos.

Apesar das atividades coletivas presenciais terem sido suspensas e as unidades ficarem fechadas em cumprimento ao decreto municipal 7.849/2020 sancionado pelo prefeito Emanuel Pinheiro na última sexta-feira (20), os idosos continuam recebendo atenção.

A criação de grupos de WattsApp, também foi uma das alternativas encontradas para manter o contato direto com os usuários. Com o aplicativo, é possível ter um canal de envio de orientações, esclarecimentos de dúvidas e saber sobre o estado de saúde de cada assistido. As equipes estão fazendo plantões de trabalho para oferecer essa assistência a população da terceira idade.

Além disso, para dar continuidade aos tratamentos de saúde, as receitas médicas e ou medicamentos de uso contínuo, são entregues nas residências dos idosos. Vídeos com exercícios físicos, também são enviados para os idosos, bem como a distribuição de cestas básicas, cobertores, máscaras de proteção e álcool gel.

“Como a principal recomendação é evitar a aglomeração de pessoas, a utilização do serviço digital de mensagens instantâneas foi a melhor saída. Diariamente temos notícias dos idosos. Até o momento, nenhum caso registrado que precisou de encaminhamento para a rede básica de saúde. Os idosos estão obedecendo as regras de prevenção e contágio do coronavírus e estão ficando em casa”, disse a coordenadora de Atenção Básica, Eva Nelson.

Além das quatro unidades dos Centros de Convivência de Idosos, os assistidos pelos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) também estão recebendo a mesma forma de atendimento, via wattsapp ou por meio de contato telefônico. As atividades coletivas e em grupos estão suspensas em cumprimento ao decreto municipal 7.849/2020 sancionado pelo prefeito Emanuel Pinheiro, no dia 20 de março.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Veja os dados do painel Covid-19 deste domingo (12)

Avatar

Publicado


.

Neste domingo (12), Cuiabá tem 6231 casos confirmados de Covid-19 de residentes no município e 1458 de não residentes, mas que estão sendo atendidos na capital. Dos confirmados, 1208 já estão recuperados da doença e houve 325 óbitos de residentes e 156 de não residentes.

Na rede hospitalar há 319 pacientes confirmados com Covid-19 internados, sendo 210 na UTI e 109 em enfermaria. Também estão internados 214 pacientes com suspeita da doença, sendo 94 na UTI e 120 em enfermaria. Do total de pessoas internadas em UTI, 216 são de residentes em Cuiabá e 88 de residentes de outros municípios. Do total de internados em enfermaria/isolamento, 172 pessoas são de Cuiabá e 57 de outros municípios.

Hoje Cuiabá registrou mais 12 óbitos de residentes, chegando a um total de 325 mortes. O prefeito Emanuel Pinheiro e o secretário municipal de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho lamentam profundamente todos estes óbitos.

Segue abaixo a relação dos óbitos:

-Mulher, 61 anos, internada em hospital público. Não tinha comorbidade. Foi a óbito em 10/07.

-Mulher, 77 anos, internada em hospital público. Tinha hipertensão. Foi a óbito em 10/07.

-Mulher, 76 anos, internada em hospital público. Tinha hipertensão, nefropatia e cardiopatia. Foi a óbito em 11/07.

-Mulher, 81 anos, internada em hospital público. Tinha hipertensão. Foi a óbito em 11/07.

-Homem, 47 anos, internado em hospital público. Tinha pneumopatia e diabetes. Foi a óbito em 11/07.

-Homem, 72 anos, internado em hospital público. Tinha hipertensão e cardiopatia. Foi a óbito em 11/07.

-Homem, 78 anos, internado em hospital público. Tinha hipertensão. Foi a óbito em 11/07.

-Mulher, 68 anos, internada em hospital privado. Tinha cardiopatia. Foi a óbito em 11/07.

-Homem, 49 anos, internado em hospital público. Tinha hipertensão. Foi a óbito em 12/07.

-Homem, 79 anos, internado em hospital privado. Não tinha comorbidade. Foi a óbito em 12/07.

-Homem, 91 anos, internado em hospital público. Não tinha comorbidade. Foi a óbito em 12/07.

-Homem, 80 anos, internado em hospital privado. Diabetes e cardiopatia. Foi a óbito em 12/07.

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana