conecte-se conosco


Meu Pet

Mulher dá brinquedo adulto para cães e eles se divertem; veja

Avatar

Publicado

source

“Adoro ver meus cães brincando”, começa assim a postagem de Taylor Adams em um grupo de cachorros no Facebook. Mas o que ela ia mostrar era algo que ninguém esperava. A norte-americana mora em Valparaiso, no estado de Indiana, e definitivamente não tem nenhum tipo de preconceito quando se trata de brinquedos adultos – mesmo que quem vá usá-los sejam seus pets.

Leia também: Buldogues aprendem a “ser cães” com professor improvável

Brinquedo adulto divertindo cães arrow-options
Facebook/ Taylor Adams
Brinquedo adulto divertindo cães

Taylor conta que seus cães adoram destruir coisas, e por isso ela encontrou um brinquedo resistente, que não os prejudicasse e que fosse muito engraçado caso eles gostassem. Dito e feito, ela deu um pênis de borracha para que os cachorros se divertissem. Para a surpresa da dona, os pets realmente amaram a ideia, porém o tal brinquedo não se provou tão resistente assim. 

Infelizmente o “amigo” de Taylor e de seus dois cachorros não teve um final muito feliz. A parte de cima foi despedaçada, e ela resolveu aposentar o objeto para não causar nenhum acidente com outras partes que pudessem se soltar. “Foi bom enquanto durou”, escreveu na legenda.

Brinquedo adulto destruido por cães arrow-options
Facebook/ Taylor Adams
Brinquedo adulto destruido por cães


Fonte: Canal do Pet
Comentários Facebook
Veja Também  Lhasa apso, buldogue e outras raças têm predisposição a alergias; como evitar

Meu Pet

Lhasa apso, buldogue e outras raças têm predisposição a alergias; como evitar

Avatar

Publicado

source

As alergias estão entre os principais motivos de atendimento em clínicas veterinárias . E, diferente do que muitos pensam, a coceira não é o único sinal que indica para o problema de saúde em cães – lambedura das patas, otite (infecção e inflamação dos ouvidos) e inflamação ao redor dos olhos e dos lábios também são sintomas. 

Eloísa Carvalho, veterinária especialista em dermatologia, explica que as alergias estão divididas em três grupos. “O primeiro é a dermatite alérgica à picada de pulga e carrapato (DAP); o segundo é a hipersensibilidade alimentar, causada principalmente pela ingestão de proteínas de alto peso molecular, como frango, carne bovina, muito arroz e cenoura; e o terceiro é a dermatite atópica, alergia à componentes ambientais como ácaro de poeira, pólen, grama, fumaça de cigarro, poluição e outros fatores ambientais.”

cachorro se coçando arrow-options
shutterstock
Os buldogues estão entre as raças com mais predisposição a alergias

Essas alergias costumam se desenvolver em cachorros que já são geneticamente suscetíveis. As principais raças acometidas são shih tzu, lhasa apso, buldogue, golden retriever e labrador. Geralmente os sintomas se apresentam quando o pet tem entre um e três anos de idade, mas isso não é regra, já que alguns desenvolvem a doença mais idosos. 

Veja Também  Criadora de gatos tem vários felinos com “cara de gente”; veja foto

Leia também:  5 motivos para trocar o jornal pelo tapete higiênico para cães

O ideal é que quando algum dos sintomas (coceira, otite, lambedura das patas e inflamação ao redor dos olhos e dos lábios) for percebido, o dono procure um veterinário especializado em dermatologia. Não há uma rotina específica para o diagnóstico, que normalmente é feito por exclusões. A partir do momento em que o tipo de alergia é identificado o tratamento é definido. “A dermatite atópica, por exemplo, é de difícil cura, mas conseguimos controle. Às vezes um animal precisa de uso de shampoo ou medicação continua para conseguir controlar a crise”, explica Eloísa. 

A veterinária ainda lista algumas dicas para o dono tentar evitar que o cachorro desenvolva algum tipo de alergia.

  • Aspirar muito bem a casa;
  • Não usar produtos de limpeza com o cheiro muito forte; 
  • Depois de usar desinfetante ou qualquer outro produto, passar pano com água e ventilar bem a casa para não deixá-la com umidade; 
  • Não fumar perto do cachorro;
  • Não passar perfume ou desodorante perto do pet; 
  • Fazer um controle de pulgas no animal e no ambiente; 
  • Evitar dar alimentos além dos indicados pelo veterinário, principalmente  pão, bolacha, frango e semelhantes. 
Fonte: Canal do Pet
Comentários Facebook
Continue lendo

Meu Pet

Cão não deixa dona completar tosa e fica com aparência engraçada

Avatar

Publicado

source

O cão Scamper não é muito paciente quando se trata de banho e tosa . Segundo a dona Kyra Driscoll, o pet da raça Shih Tzu não consegue ficar parado durante muito tempo, o que torna essa tarefa muito difícil para ela, que é quem faz o corte mensal dos pelos do animal. “Já tentei mandá-lo ao pet shop, mas ele fica muito estressado e prefiro fazer eu mesma em casa”, disse em entrevista ao site The Dodo.

Leia também: Mulher salva gato em apuros e descobre que dono é celebridade


Scamper desproporcional após tosa arrow-options
Facebook/ Kyra Lyn Driscoll
Scamper desproporcional após tosa

Kyra, que mora nos Estados Unidos, resolveu que o último dia 3 seria perfeito para realizar a tosa de Scamper, porém ela começou pelo lado errado: a cabeça do pet. Como ele é inquieto, após 10 minutos de pelos cortados, o cão começou a ficar nervoso e não deixou que a dona terminasse o penteado, fazendo com que ele parecesse desproporcional. O processo inteiro às vezes demora dias para ser completado.

Scamper depois de totalmente tosado arrow-options
Facebook/ Kyra Lyn Driscoll
Scamper depois de totalmente tosado

“Aprendi da forma mais difícil que não se começa tosando pela cabeça. Agora ele parece uma mistura de cão pequeno com um cachorro grandão e peludo”, completa. Pelo menos isso serviu para dar fama ao animal, que ganhou mais de 19 mil curtidas no Facebook com sua foto engraçada.

Veja Também  Casal leva gatos em carrinho de bebê para escolherem árvore de Natal


Fonte: Canal do Pet
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana