conecte-se conosco


Entretenimento

Cantora de K-pop comenta prisão de homem negro e é criticada: “Racista”

Avatar

Publicado

A cantora americana de K-pop Amber Liu se envolveu em uma polêmica ao comentar sobre a prisão de um homem negro em um vídeo no YouTube. A artista disse que era “merecida” a prisão de um cidadão que estava comendo um sanduíche em uma estação de metrô dos Estados Unidos. Após esse comentário, ela foi chamada de “racista” e precisou pedir desculpas.

Leia também: Após estupro, cantores de k-pop são condenados e vão para prisão

Amber Liu arrow-options
Reprodução/Instagram/@ajol_llama

Amber Liu fez um comentário que não foi bem visto pelo fãs


A estrela do K-pop postou nesta segunda-feira (18) em seu Twitter uma retratação. “Eu estou arrependida. Eu assisti ao vídeo, agi com ignorância, um julgamento rápido, fiz uma enorme bagunça. Foi minha culpa não estar mais atenta ao sistema racista dos Estados Unidos que continua e só piorou nesses 10 anos que morei no exterior”.

Leia também: Integrante do BTS se envolve em acidente de carro e pede desculpas

Em outro trecho, ela diz: “Me irrita que ele foi escolhido por causa da cor da sua pele. Isso é completamente injusto e eu sinto muito por não ter visto toda a situação e ter ido logo para uma conclusão”. A cantora também falou que sempre defendeu a igualdade e acredita no #BlackLivesMatter (#VidasNegrasImportam).

Nas redes sociais, Amber foi muito criticada. “Amber não é ignorante, é racista – você não pode me dizer que um americano não tem conhecimento das tensões raciais e dos inúmeros casos de brutalidade policial e assédio dentro deste país – ela conhece a história por trás disso, sabe a gravidade do que ela disse, e ela é racista”, comentou uma pessoa.

Leia também: Muito além do BTS: confira as bandas de k-pop mais populares da atualidade

“Eu espero que você entenda que precisará recuperar a confiança da comunidade que desrespeitou. Espero que você tenha se inclinado para isso. Também para os fãs da Amber, lembrem-se de que, embora ela tenha se desculpado, nenhuma pessoa negra precisa aceitar seu pedido de desculpas”, escreveu outra pessoa para a cantora de K-pop .

Comentários Facebook

Entretenimento

Mariana Rios fala sobre aborto espontâneo: “Eu sabia que seria assim”

Avatar

Publicado


source
Mariana Rios
Reprodução/Instagram

Mariana Rios


Mariana Rios fez um vídeo emocionante nesta segunda-feira (13) para agradecer as centenas mensagens que recebeu de várias pessoas e, principalmente, de mulheres que assim como ela sofreram aborto espontâneo no início da gravidez.

A atriz começou revelando que dois meses atrás tinha sonhado com um irmão falecido aos dois anos de idade, quando ela tinha quatro anos. Mariana conta que sempre pediu para sonhar e teve um sonho muito emocionante. Ao acordar, tinha certeza que estava grávida, o que foi comprovado através de exames.

“Por que eu estou contando isso pra vocês? Porque lá no fundo do meu coração, eu sabia que seria assim. Ele iria chegar, iria ficar um pouquinho, escancarar todos os meus sorrisos e iria partir porque precisava”, explicou.


Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Dubladora de Moana, Any Gabrielly fala sobre processo para o Now United

Avatar

Publicado


source
Any Gabrielly fará live às 17h com o iG
Reprodução/Instagram

Any Gabrielly fará live às 17h com o iG


Quem participou de um  bate-papo com o iG  nesta segunda-feira (13) foi a cantora Any Gabrielly . Conhecida por dublar a Moana na versão brasileira do filme da Disney, a artista falou também sobre o processo para participar do grupo musical Now United, formado por vários jovens, cada um de um país.

Sobre a  dublagem de Moana, uma das poucas princesas pretas da Disney, ela disse que foi escolhida através de um teste e, na época, tinha apenas 13 anos. Mesmo sendo uma das candidatas mais jovens, ela se saiu muito bem ao cantar as músicas do filme e foi a escolhida. 

Já para entrar no Now United, Any conta que foi um processo bem longo e complicado. “Eu estava na minha escola de dança e chegou um folhetinho do Now United, e queriam meninas de 16 a 19 anos e eu tinha 14 na época. Chegou a primeira audição e eu dei minha cara a tapa”, disse Any, que não tinha muitas esperanças de passar pelo primeiro teste e pensou em desistir.

Now United
Reprodução/Instagram

Now United


Mesmo não estando dentro da idade desejada, Any foi ao teste escolheu a música Valerie, de Amy Winehouse. Uma das juradas era Yonta Taiwo, que ficou muito emocionada com a apresentação. “A Yonta chorou. Ela disse que tava muito emocionada, muito feliz, disse que tinha achado a brasileira”, conta Any.

Ao todo, foram três audições. “Depois disso, fui para Los Angeles. Fui eu e mais uma menina brasileira e mais pessoas de vários outros países e tivemos uma semana de testes. Era muito intenso, era tudo analisado! O tempo inteiro entrevista, com câmera gravando (…) Teve uma parte do teste que o Sion [Fuller] resolveu aparecer e ele queria ver a gente fazendo um número cantando e um número dançando e eu falei assim: ‘E agora?’ Tivemos 45 minutos para se arrumar, preparar um número de canto e preparar um número de dança”. Mas, felizmente, após todo este aperto, deu tudo certo e hoje Any Gabrielly representa o Brasil no Now United!

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana