conecte-se conosco


Mato Grosso

Setasc capacita moradores do Distrito do Sucuri com curso de operador de computador

Publicado

Mato Grosso

Cerca de 50 moradores do Distrito do Sucuri receberam o certificado de conclusão do curso de operador de computador oferecido pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc-MT) em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci-MT). A cerimônia de entrega do certificado de conclusão foi realizada na tarde de quinta-feira (14.11). 

Conforme a secretaria-adjunta de Cidadania e Inclusão Socioprodutiva da Setasc, Rosineide Porcionato, que na entrega representou a titular da pasta, Rosamaria Carvalho, a iniciativa faz parte do Programa Bom Começo, idealizado pela primeira-dama, Virginia Mendes, e visa atender ao público com idade acima de 14 anos. A expectativa é que até o final do ano sete mil alunos sejam capacitados. “Estamos sempre buscando parcerias para facilitar a inserção das pessoas, principalmente dos jovens, no mercado de trabalho. Agradecemos a todos e queremos muito que este trabalho continue nos próximos anos preparando mais pessoas para a inclusão digital”, falou.

Para a autônoma Regina Aparecida Silva, 58 anos, o curso foi um desafio, mas não um motivo para desistir. “No começo tive vontade de desistir, parecia tudo difícil, mais os colegas e a professora não desistiram de mim, até que cheguei no final do curso. Antes meu neto que ligava o computador, agora eu mesma pesquiso e ouço música”, externou.

Veja Também  Escolas de Rondonópolis estão entre as melhores no Ideb em todas as etapas de ensino

A jovem Ana Lúcia Alexandrina, 21 anos, que no momento se encontra desempregada, também participou da capacitação. “Gostei muito, já tinha feito um curso de computação antes, mas não como este. Eu não lembrava algumas informações básicas, desta vez consegui reforçar e estou confiante para conseguir uma oportunidade de trabalho”, disse.

Para a Rosimeri Aparecida de Carvalho, diretora da escola Hilda Caetano onde foi realizada a capacitação, a ação oportunizou para comunidade local a ampliação do acesso à tecnologia. “Foi um grande benefício que veio para o nosso distrito. Essa região é carente de recursos principalmente tecnológico. Antes não tínhamos internet e agora temos. Ficamos felizes com o trabalho desenvolvido”, destacou.

De acordo com o gerente Regional de Educação, Carlos Eduardo Braguini, a intenção da parceria é intensificar ainda mais o desenvolvimento de Mato Grosso. “No mundo que vivemos a qualificação é essencial e abre portas para o mundo do trabalho. O Senai parabeniza a todos e agradece a parceria junto ao governo do Estado confirmando que estamos a disposição para continuar na busca de qualificação profissional”, disse.

Veja Também  Seis pessoas são presas neste domingo em Operação Lei Seca

Comentários Facebook

Mato Grosso

Live sobre carreira de gestor governamental abre programação de 20 anos nesta terça (22)

Avatar

Publicado


.

A celebração dos 20 anos da carreira de gestor governamental tem início nesta terça-feira (22), as 10h, com a live “Carreira de Gestores Governamentais de MT”. O evento é realizado pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag-MT) e Associação dos Gestores Governamentais do Estado de Mato Grosso (AGGEMT) e abre a programação que segue até dezembro.

Participam da transmissão ao vivo o Secretário de Planejamento e Gestão,  Basílio Bezerra, que fará a abertura, o Gestor Governamental, Vinícius Carvalho, que tratará sobre o “Histórico da carreira de Gestor Governamental em Mato Grosso”, a gestora governamental, Regiane Berchieli, com o tema “A carreira na atualidade”, e o presidente da Associação dos Gestores Governamentais em Mato Grosso (AGGEMT), Agno Vasconcelos.

A transmissão ocorrerá pelo canal da Seplag-MT no YouTube  e pela fanpage da AGGEMT.

Programação

Em outubro será realizada a live “As carreiras do Ciclo de Gestão no Brasil”, que contará com a participação de representantes da Federação Nacional de Carreiras de Gestão de Políticas Públicas (Fenagesp), da Coordenação dos Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental do Governo Federal, da Associação dos Gestores Governamentais do Estado da Bahia (AGGEB) e do Sindicato dos Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental de Minas Gerais (Sindesp).

Veja Também  Batalhão Ambiental encontra área de preservação permanente devastada em Arenápolis e aplica multa de R$ 50 mil

Para as transmissões que ocorrerão em novembro e dezembro estão previstas as participações de representantes da Confederação Nacional das Carreiras e Atividades Típicas de Estado (Conacate), da Associação Nacional dos Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental (Anesp), e da professora doutora da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Gabriela Lotta.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Polícia Civil solicita boletins de qualidade do ar para apurar possível crime de poluição atmosférica

Avatar

Publicado


.

A Delegacia Especialidade de Meio Ambiente da Polícia Civil de Mato Grosso solicitou às prefeituras de cidades onde houve incidência de queimadas o boletim de qualidade do ar, que é emitido pelos órgãos municipais. O objetivo da delegacia é avaliar o impacto das queimadas na qualidade do ar e apurar o possível crime de poluição atmosférica.

A delegada titular da Dema, Alessandra Saturnino de Souza Cozzolino, explica que a requisição dos boletins foi feita às prefeituras de municípios onde ocorreram incêndios que são objeto de investigação da delegacia.

“A partir das informações do boletim e com as investigações que estão em andamento vamos verificar se e quanto os incêndios florestais contribuíram para afetar a qualidade do ar nessas cidades e consequentemente averiguar o possível crime de poluição, também previsto na legislação ambiental”, pontua a delegada.

Inquéritos instaurados pela Delegacia de Meio Ambiente, que tem atribuição investigativa de delitos ambientais em todo o estado, apuram as ocorrências de incêndios florestais nas regiões do Pantanal, que engloba áreas de vários municípios, e tem reflexos em outras cidades, e também na Capital e outras cidades da região metropolitana.

Veja Também  Nota MT divulga os contemplados dos prêmios especiais de R$ 50 mil

Na Reserva Particular do Patrimônio Natural Sesc Pantanal (RPPN), a delegacia investiga a causa do incêndio que está sendo apurada como queima intencional de vegetação desmatada para criação de área de pasto para gado.

Outra ocorrência foi na fazenda Espírito Santo, também no Pantanal. Um relatório do Corpo de Bombeiros aponta que o incêndio teve início em uma área próxima à estrada de acesso ao Sesc Pantanal, causado por uma máquina agrícola que fazia limpeza no local e pegou fogo.

Na Rodovia Transpantaneira, que passa por toda a região, aproximadamente seis mil hectares foram queimados por um incêndio que começou em decorrência de um acidente automobilístico. Um veículo perdeu o controle na cabeceira de uma das pontes da rodovia, caiu no barranco e pegou fogo.

Na região da Fazenda São José, conforme o levantamento do Corpo de Bombeiros, o fogo começou devido à prática utilizada para a retirada de mel de abelhas silvestres, em uma região de mata fechada conhecida como Moitão. Vestígios encontrados indicam a queima de raízes para o uso de fumaça a fim de retirar os favos de mel.

Veja Também  Seis pessoas são presas neste domingo em Operação Lei Seca

Outra ocorrência em investigação pela Dema é de um incêndio que se alastrou em uma área residencial em Cuiabá, próximo à Rodovia Helder Cândia (MT-010). A apuração aponta que o incêndio se propagou após faísca na fiação elétrica de alta tensão.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana