conecte-se conosco


Cuiabá

Polo do Instituto Reação na EMEB Firmo José Rodrigues ampliará atendimento

Avatar

Publicado

Jorge Pinho

Alunos da rede pública municipal de Ensino e crianças do bairro Três Barras, na Região Norte da Capital serão beneficiados com a ampliação de mais um projeto social e esportivo. O Instituto Reação, em parceria com a Prefeitura de Cuiabá, está construindo seu primeiro centro de treinamento fora do Rio de Janeiro. A obra, na EMEB Firmo José Rodrigues, no terreno cedido em contrapartida na parceria, recebeu esta semana a visita do judoca Flávio Canto, criador do Instituto Reação, e membros do corpo técnico da ONG.

A visita foi acompanhada pelo judoca cuiabano André Moura, vice-campeão pan-americano e medalhista na última olimpíada; Popole Misenga refugiado do Congo, que está sendo preparado pelos técnicos do Instituto Reação para a próxima Olimpíada, no Japão; Geraldo Bernardes, criador do Instituto Reação junto com Flávio Canto, e o cuiabano e ex-atleta de judô Fenelon Muller. “Não poderia ser melhor. O Instituto Reação é uma ONG conhecida internacionalmente e respeitada pelo trabalho social que presta. É emocionante”, disse Fenelon, pai de André Moura e o primeiro medalhista mato-grossense a representar o Brasil nos jogos Pan- Americanos, competição em que participou 11 vezes.

O diretor e ex-professor de educação física de Davi Moura, Keitel Jorge Moreira Junior foi quem inspirou o judoca a trazer a ONG para Cuiabá. “Mesmo ainda não estando pronto, dá pra ter noção da grandiosidade que vai ficar, é claro que está todo mundo muito feliz e assim que estiver pronto vamos dobrar nosso atendimento”, disse Davi Moura.

Com a conclusão das obras será possível ampliar o atendimento para mais 300 a 400 crianças. O centro de treinamento terá 250 metros quadrados de área construída e um tatame de 192 metros. Para sua construção estão sendo utilizados materiais adequados à prática do esporte, telhas termo acústica, revestimento de primeira, e outras novidades na área desportiva e recreativa.

O presidente do Instituo Reação, o judoca Flávio Canto, disse que trazer o projeto para Cuiabá é um sonho que está sendo realizado. Com 19 anos de atuação e 1.800 alunos só no Rio de Janeiro, o projeto é resultado da união de forças de pessoas dedicadas ao esporte. “A ideia aqui na escola é fazer o que já fazemos, usar o esporte como instrumento de transformação, através da metodologia que chamamos de ‘o caminho’, onde trabalhamos com determinados valores na perspectiva de construir, conquistar e compartilhar cada um deles, e assim, formarmos faixas pretas dentro e fora do tatame. Esse é o nosso lema”, disse Flávio Canto, lembrando que tinha imaginado um polo em São Paulo, mas após o pedido de Davi Moura, Cuiabá foi a escolhida.

No canteiro de obras toda a parte de alvenaria já foi concluída gerando uma grande expectativa na comunidade escolar que já notou resultados positivos no comportamento, disciplina e desempenho entre os alunos que já são atendidos. “Tivemos relatos de pais, mães e professores. Assim que entraram no projeto, as crianças melhoraram no comportamento, nas notas, obediência e no convívio com a família e amigos”, disse o diretor Keitel.

O projeto do Instituto Reação atende atualmente 250 alunos e a  expectativa é de que no novo centro de treinamento sejam desenvolvidos outros programas como o Faixa Preta, inteligência sócio emocional dentro do esporte, de apoio as mães e mulheres, além do programa de revelação de talentos.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook

Cuiabá

A Prefeitura de Cuiabá convoca candidatos aprovados no Processo Seletivo para a função de CAD

Avatar

Publicado

Jorge Pinho

A Prefeitura de Cuiabá publica, nesta quarta-feira (22), os editais de convocação de candidatos aprovados no Processo Seletivo Simplificado da Secretaria de Educação para a função de Cuidador de Aluno com Deficiência (CAD).

Os candidatos convocados devem comparecer à Secretaria de Educação, localizada na Rua Diogo Domingos Ferreira, nº 292, bairro Bandeirantes, na quinta-feira (23) nos horários definidos nos editais, para entrega de documentos e atribuição.

Os aprovados devem ler atentamente os editais, que trazem informações sobre dias e horários de comparecimento ao órgão, além dos documentos que devem ser entregues. O candidato que não comparecer nos dias e horários previstos ou não entregar toda a documentação exigida será eliminado, pois não haverá segunda chamada. Nesse caso, será convocado o classificado na sequência.

Os documentos que devem ser apresentados e entregues (originais e/ou cópias) são: RG, CPF, Título de Eleitor, PIS ou PASEP, Certificado de Reservista, Conta Corrente no Banco do Brasil (caso houver), comprovante de residência, diploma ou certificado de conclusão de curso, acompanhado do Histórico Escolar (do Ensino Médio), exame admissional e certidões negativas.

Os editais de convocação se referem ao Processo Seletivo Simplificado para contratação temporária imediata e formação de cadastro de reserva, Nº 005/2019/GS/SME, publicado no Diário Oficial do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso nº 1756, de 22/10/2019, página 50 a 62, realizado pela Secretaria Municipal de Educação no ano passado, para o ano letivo de 2020.

 

Confira anexo os editais de convocação

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Prefeitura divulga data de desembolso dos projetos de Audiovisual e Cultura Popular

Avatar

Publicado

Davi Valle

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo, informa que o desembolso para os projetos culturais aprovados no edital FUNDO/2019, dos segmentos Cultura Popular e Audiovisual será realizado até o fim de fevereiro de 2020. A política pública é um marco no incentivo da cultura cuiabana, envolvendo mais de 200 artistas e um investimento de R$ 2,1 milhões.

O calendário de desembolso foi fruto de um compromisso assumido pela gestão em agosto de 2019, após reunião na sede da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo com cerca de 15 representantes dos aprovados no edital FUNDO/2019, edital este publicado em dezembro de 2018.

Na última sexta-feira (17), o secretário de Cultura, Francisco Vuolo esteve em reunião com representantes dos segmentos de Audiovisual e Cultura Popular para alinhar o calendário final de desembolso.

Em decorrência de dois pedidos de desistência de execução de projetos, feitos pelos próprios proponentes, e mais um que está sob análise da Secretaria de Cultura, o montante que seria pago aos segmentos nesta etapa foi recalculado: no caso do segmento de Audiovisual, o proponente do projeto “Do outro lado de Warzea Grande”, no valor de R$ 25 mil protocolou um pedido de desistência, sendo assim, não haverá desembolso; há também o projeto coletivo do mesmo segmento que está sob análise de execução e também não terá seu valor de R$ 200 mil desembolsado até que a situação seja avaliada em conjunto com os realizadores e representantes do setor. Por isso, o total desembolsado nesta fase para Audiovisual será de R$ 75 mil e não de R$ 300 mil.

Quanto ao segmento de Cultura Popular, houve uma desistência por parte do proponente do projeto “Danças Circulares, movimentos que ampliam e potencializam a Cultura”, que tinha o valor de execução em R$ 9.960. Portanto será desembolsado ao segmento R$ 290.040 e não R$ 300 mil. O total desembolsado para os dois segmentos, Audiovisual e Cultura Popular nesta etapa será de R$ 365.040 mil.

“O cronograma vem sendo tratado como prioridade pela Secretaria de Cultura e também pela Secretaria de Fazenda, por determinação do prefeito Emanuel Pinheiro. Os projetos estão sendo executados e chegamos a última etapa do calendário de desembolso, que será feito até o fim de fevereiro. Fizemos algumas adaptações quanto aos pagamentos e mesmo na execução dos projetos, mas tudo para que haja transparência. Nós da Secretaria de Cultura e o prefeito enxergamos os projetos como instrumentos importantíssimos para o fomento da cultura, do turismo e da economia da cidade”, declarou o secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo.

Projetos como “Rua do Rasqueado” e Terra Brasilis” são exemplos de sucesso de público e já se encontram em fase de prestação de contas, como define o edital.

A expectativa é de que mais de 200 artistas se envolvam na execução dos projetos e contribuam nesta movimentação cultural, que tem potencial para girar a economia da cidade no setor de serviços, gerando renda. 

O objetivo é de que todos os projetos sejam executados efetivamente. Por isso, a Secretaria de Cultura tem acompanhado a execução de cada um e está com as portas abertas para readequações na execução dos projetos e futuras prestações de contas, além de quaisquer outras dúvidas relacionadas.

Todos os 51 projetos do edital FUNDO/2019 foram selecionados de acordo com critérios estabelecidos pelos conselheiros do Conselho Municipal de Cultura.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana