conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil cumpre prisão de três envolvidos em furto de veículos de concessionária em Várzea Grande

Avatar

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Três membros da organização criminosa envolvida no roubo e receptação dos veículos de uma concessionária em Várzea Grande tiveram mandados de prisão cumpridos pela Polícia Judiciária Civil, na quinta-feira (14.11), em ação realizada pela Divisão de Roubos e Furtos, Divisão de Homicídios e 1ª Delegacia de Polícia de Cáceres (228 km a Oeste de Cuiabá).

As ordens de prisão preventiva foram cumpridas contra os suspeitos, J.B.O, conhecido como “Barriga”, G.S.F. e J.M.F., por envolvimento em crimes de receptação e associação criminosa.

A ação criminosa ocorreu na madrugada de 21 de outubro em uma empresa localizada no bairro Construmat, em Várzea Grande, quando criminosos invadiram a empresa e subtraíram 16 veículos. No mesmo dia, as forças policiais localizaram os primeiros veículos.

A Polícia Militar encontrou os carros nos bairros Parque Atalaia, Jardim Humaitá, Jardim União e Parque Cuiabá, em Cuiabá, e no bairro da Manga, em Várzea Grande. Os outros seis foram localizados pela Polícia Civil em Cáceres e Barra do Bugres.

Veja Também  Polícia Civil prende traficantes e fecha boca de fumo em Rondonópolis

Em Cáceres, os veículos foram localizados em uma residência no bairro Rodeio, sendo constatado em investigação, que o imóvel foi alugado pelos três suspeitos. Diante das evidências, foi representado pelos mandados de prisão contra os envolvidos, os quais foram decretados pela Justiça e cumpridos na quinta-feira (14).

No momento da prisão, o suspeito J.B.O. fez várias ameaças aos policiais que davam cumprimento a ordem judicial, dizendo que “a prisão não ficaria barata e que ele tomaria providências de dentro da cadeia”.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

PRF participa do Projeto Natal Fraterno do Hospital Júlio Müller

Avatar

Publicado

Objetivo do projeto é proporcionar aos pacientes momentos de diversão.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) participou do Projeto Natal Fraterno com os pacientes do Hospital Universitário Júlio Müller (HUJM) nessa segunda-feira (2) em Cuiabá/MT.

O intuito do projeto é proporcionar aos pacientes do hospital momentos de alegria e confraternização. O evento aconteceu no Buffet Allegro Kids, e atendeu 200 crianças em tratamento.

A escolta do Papai Noel teve o auxílio de dois motociclistas e um motorista que estavam nos veículos da PRF. Durante o evento, os policiais também participaram da entrega dos presentes para os pacientes.

Fonte: PRF MT
Comentários Facebook
Veja Também  Policiais civis levam orientações sobre violência escolar e familiar a estudantes
Continue lendo

Policial

PRF realiza operação de enfrentamentos aos crimes ambientais em Mato Grosso

Avatar

Publicado

No período de 26 a 28 de novembro a PRF realizou a Operação Bertholettia, em Pontes e Lacerda.

O objetivo da operação foi capacitar os policiais para a fiscalização de produtos florestais oriundos de Mato Grosso, Rondônia, Acre e Amazonas.

O treinamento consistiu em atualização teórica e fiscalização supervisionada.

Os participantes foram treinados para a análise de documentos ambientais (DOF/GF), a conferência da autenticidade, averiguação da carga, identificação de produtos e espécies transportadas.

Durante as atividades operacionais foram fiscalizados 25 (vinte e cinco) combinações de veículos transportando produto florestal. Foram registradas 12 (doze) ocorrências de transporte ilegal de madeira, representando 48% dos veículos fiscalizados.

As ocorrências resultaram na apreensão de 375 m³ de madeira serrada de espécies nativas, além das 12 combinações de veículos envolvidas.

Para as pessoas jurídicas e físicas envolvidas no transporte irregular, foram lavrados Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO) para encaminhamento ao Ministério Público Estadual. O MP, por sua vez, poderá propor transação penal, ajuste de conduta e outras medidas, além do perdimento da carga e reparação do dano para todos os envolvidos, incluindo motorista, vendedor e, em alguns casos, até o comprador do produto florestal.

Veja Também  Policiais civis levam orientações sobre violência escolar e familiar a estudantes

As irregularidades encontradas na fiscalização foram: espécies e produtos não autorizados, excesso no volume, inconsistências e omissões nos documentos de origem florestal. Essas irregularidades tornam os documentos inválidos, dessa forma são enquadrados como crime ambiental e infração administrativa ambiental, nos termos da Lei 9.605/98 e Decreto 6.514/08.

A operação contou com a participação de equipes da Polícia Militar, Politec-MT e Indea-MT, cujas parcerias foram essenciais para a grandeza dos resultados alcançados.

O Ministério Público também participou da articulação entre os órgãos.

Bertholletia excelsa

O nome da operação remete à Bertholletia excelsa, popularmente conhecida como Castanheira do Pará, que tem o seu corte proibido, mas ainda é alvo de exploração e transporte ilegal.

A operação faz parte do calendário regional das operações da Polícia Rodoviária Federal no estado de Mato Grosso, e foi realizada com apoio da Coordenação-Geral de Operações Especializadas (COE), através do Grupo de Enfrentamento aos Crimes Ambientais (GECAM).

Fonte: PRF MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana