conecte-se conosco


Cuiabá

Polo do Instituto Reação na EMEB Firmo José Rodrigues ampliará atendimento aos alunos e comunidade

Avatar

Publicado

Jorge Pinho

Alunos da rede pública municipal de Ensino e crianças do bairro Três Barras, na Região Norte da Capital serão beneficiados com a ampliação de mais um projeto social e esportivo. O Instituto Reação, em parceria com a Prefeitura de Cuiabá, está construindo seu primeiro centro de treinamento fora do Rio de Janeiro. A obra, na EMEB Firmo José Rodrigues, no terreno cedido em contrapartida na parceria, recebeu esta semana a visita do judoca Flávio Canto, criador do Instituto Reação, e membros do corpo técnico da ONG.

A visita foi acompanhada pelo judoca cuiabano André Moura, vice-campeão pan-americano e medalhista na última olimpíada; Popole Misenga refugiado do Congo, que está sendo preparado pelos técnicos do Instituto Reação para a próxima Olimpíada, no Japão; Geraldo Bernardes, criador do Instituto Reação junto com Flávio Canto, e o cuiabano e ex-atleta de judô Fenelon Muller. “Não poderia ser melhor. O Instituto Reação é uma ONG conhecida internacionalmente e respeitada pelo trabalho social que presta. É emocionante”, disse Fenelon, pai de André Moura e o primeiro medalhista mato-grossense a representar o Brasil nos jogos Pan- Americanos, competição em que participou 11 vezes.

O diretor e ex-professor de educação física de Davi Moura, Keitel Jorge Moreira Junior foi quem inspirou o judoca a trazer a ONG para Cuiabá. “Mesmo ainda não estando pronto, dá pra ter noção da grandiosidade que vai ficar, é claro que está todo mundo muito feliz e assim que estiver pronto vamos dobrar nosso atendimento”, disse Davi Moura.

Com a conclusão das obras será possível ampliar o atendimento para mais 300 a 400 crianças. O centro de treinamento terá 250 metros quadrados de área construída e um tatame de 192 metros. Para sua construção estão sendo utilizados materiais adequados à prática do esporte, telhas termo acústica, revestimento de primeira, e outras novidades na área desportiva e recreativa.

O presidente do Instituo Reação, o judoca Flávio Canto, disse que trazer o projeto para Cuiabá é um sonho que está sendo realizado. Com 19 anos de atuação e 1.800 alunos só no Rio de Janeiro, o projeto é resultado da união de forças de pessoas dedicadas ao esporte. “A ideia aqui na escola é fazer o que já fazemos, usar o esporte como instrumento de transformação, através da metodologia que chamamos de ‘o caminho’, onde trabalhamos com determinados valores na perspectiva de construir, conquistar e compartilhar cada um deles, e assim, formarmos faixas pretas dentro e fora do tatame. Esse é o nosso lema”, disse Flávio Canto, lembrando que tinha imaginado um polo em São Paulo, mas após o pedido de Davi Moura, Cuiabá foi a escolhida.

No canteiro de obras toda a parte de alvenaria já foi concluída gerando uma grande expectativa na comunidade escolar que já notou resultados positivos no comportamento, disciplina e desempenho entre os alunos que já são atendidos. “Tivemos relatos de pais, mães e professores. Assim que entraram no projeto, as crianças melhoraram no comportamento, nas notas, obediência e no convívio com a família e amigos”, disse o diretor Keitel.

O projeto do Instituto Reação atende atualmente 250 alunos e a  expectativa é de que no novo centro de treinamento sejam desenvolvidos outros programas como o Faixa Preta, inteligência sócio emocional dentro do esporte, de apoio as mães e mulheres, além do programa de revelação de talentos.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook

Cuiabá

Criação da Ouvidoria da Educação é abordada na Semana Pedagógica

Avatar

Publicado

Jorge Pinho

Durante a Semana Pedagógica da Escola Cuiabana 2020, evento que está reunindo professores, gestores e técnicos da Educação, no Hotel Fazenda Mato Grosso, uma das novidades apresentadas aos profissionais foi a criação da Ouvidoria da Educação. A iniciativa do prefeito Emanuel Pinheiro foi colocada em prática sob a coordenação do secretário de Educação, Alex Vieira Passos.

Toda a grande estrutura da Educação, que engloba 164 unidades educacionais, cerca de 10 mil servidores (só na ativa), aproximadamente 53 mil alunos e mais de 30 mil famílias, tem agora um canal direto com o órgão central e um fluxo mais eficiente de tratamento das informações.

“É inadmissível ter qualquer tipo de improviso diante de um universo tão grande de pessoas que são atendidas diretamente pela Secretaria de Educação, ou atuam no órgão”, afirmou a professora Lucilene Lescano, assessora da Coordenadoria de Gestão e Legislação, ligada à Diretoria de Ensino, e uma das responsáveis pela instalação da Ouvidoria da Educação.

Esse pensamento é compartilhado por Ângelo Valentim, coordenador de Avaliação Institucional da Diretoria de Planejamento e integrante da equipe que implantou a Ouvidoria. “A sociedade passa a ter um canal, por meio do 0800 647 0131, para reclamações, elogios e sugestões, além de um espaço para que as ideias sejam ouvidas, os conflitos superados e as questões atendidas”.

O secretário de Educação, Alex Vieira Passos, disse que a Ouvidoria é um órgão de apoio estratégico, especializado, além de eficaz na mediação e na busca de soluções de conflitos e um eficiente agente promotor de mudanças.

“Atenta aos princípios constitucionais da legalidade, moralidade, impessoalidade e eficiência, a Ouvidoria é um canal de comunicação imparcial e independente, cuja principal atribuição é defender os direitos individuais e coletivos, além de contribuir para a prática da boa governança corporativa. É por meio das manifestações gerenciais e sugestões que ocorre o aprimoramento das rotinas e processos de trabalho, além da qualidade dos serviços prestados aos usuários”, salientou. 

FUNÇÃO DA OUVIDORIA

A Ouvidoria foi implementada para atender o cidadão, toda a sociedade cuiabana, bem como o servidor da Educação. O objetivo é criar uma cultura de coleta de dados interligados que serão tabulados mensalmente e servirão de base para implementar melhorias na Educação do Município.

Além disso, os pais ganharam um canal que tem um compromisso de resposta, uma comunicação devolutiva via telefone ou mensagem. É importante lembrar também que a Ouvidoria Geral da Prefeitura continua funcionando e os assuntos que sejam pertinentes a outras pastas, serão encaminhados aos setores competentes.

SERVIÇO

Ouvidoria da Educação

0800 647 0131

Horário de atendimento – das 8h às 12h e das 14h às 18h, de segunda a sexta-feira (exceto nos feriados e pontos facultativos)

 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Cuiabá credencia laboratórios via Ministério da Saúde e passa a ofertar mais de 800 próteses dentárias por mês

Avatar

Publicado

Assessoria SMS

A Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá – SMS – credenciou via Ministério da Saúde dois novos laboratórios para dar celeridade ao serviço de confecção de próteses dentária aos usuários do Sistema Único de Saúde – SUS. O trâmite que habilitou as empresas Dente Fácil Odontologia e Laboratório Rubens de Prótese Dentária aconteceram via chamamento público.  

De acordo com o secretário de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho com os novos prestadores que trabalharão de acordo com a tabela SUS, além da celeridade Cuiabá amplia a oferta do serviço.

“Na série histórica saímos de 400 próteses em 2018, 500 em 2019 para 800 próteses por mês em 2020. Ou seja, estamos dobrandos o serviço ofertado de prótese durante a gestão Emanuel Pinheiro. Isso representa um ganho real na qualidade, agilidade e humanização para quem precisa voltar a sorrir”, frisou Pôssas.

De acordo com o diretor de Saúde Bucal da SMS, Wevertor Raider outro fator que terá impacto segundo a perspectiva da Secretaria é o tempo de espera para a confecção da prótese.

“Cada laboratório atenderá as regionais definidas pela gestão de forma a aperfeiçoar a prestação de serviço nas clínicas odontológicas Jardim Leblon, CPA III e Coxipó, nos CEOs – Centro de Especialidades Odontológicas e nas 27 unidades de Saúde da Família que, após reformadas pela gestão, receberão salas odontológicas. Dessa forma, o tempo de espera que tinha em média 90 dias, passa a ser no máximo 40 dias”, completou Raider.

Para o sucesso no atendimento dos que já aguardam na fila de espera, a Secretaria de Saúde orienta que os pacientes busquem as clínicas odontológicas onde o tratamento está sendo realizado para atualização de cadastro. Já os que desejarem iniciar o atendimento, devem se dirigir até a unidade odontológica mais próxima de sua residência para a primeira consulta.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana