conecte-se conosco


Política Nacional

Ministro da Educação diz que Lula é “admirador confesso de Hitler”

Publicado

Política Nacional

dois homens arrow-options
Creative Commons

Ex-presidente Lula e ministro da Educação Abraham Weintraub

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, utilizou as redes sociais na manhã desta segunda-feira (11) para divulgar um trecho de 15 segundos do discurso do ex-presidente Lula em São Bernardo do Campo, afirmando que “o mal é a essência desse admirador confesso de Hitler e praticante do bestialismo”.

No trecho, a fala do ex-presidente diz “ver mais jovem de 14, 15 anos, assaltando e sendo violentado, assassinado pela polícia , às vezes inocente ou às vezes porque roubou um celular”. No comentário do ministro sobre o vídeo, ele aponta que: “A Polícia não assassina ou violenta (estupra) jovens de 14 ou 15 anos! Vejam os números! Essa é mais uma MENTIRA do sicofanta criminoso”.

Leia também: Ministro da Educação garante que segundo dia do Enem tem “zero de problemas”

Em poucos minutos, a publicação de Weintraub alcançou mais de 25 mil visualizações e mais de 1,1 mil reproduções. Com mais de 300 mil seguidores, Weintraub tem fama de ser irônico nas redes e é um dos ministros do governo Bolsonaro com maior popularidade no Twitter.

O trecho divulgado por ele na rede social faz parte de mais de 40 minutos de fala do segundo pronunciamento do ex-presidente Lula desde que ele saiu da prisão, na última sexta-feira (9).

Comentários Facebook

Cuiabá

Municípios do Nortão sofrem com quedas de energia elétrica em meio à onda de calor, Candidato ao Senado, Nilson Leitão (PSDB), em viagem pelo interior do estado, observou que o principal fator responsável pelo problema é que a produção local não consegue suprir a alta demanda.  

Publicado

Municípios do Nortão sofrem com quedas de energia elétrica em meio à onda de calor

 

Em meio à onda de calor histórica, municípios do Norte de Mato Grosso sofrem, nos últimos dias, com a queda de energia constante, o que atrapalha desde tarefas simples até o fornecimento de água. Candidato ao Senado, Nilson Leitão (PSDB), em viagem pelo interior do estado, observou que o principal fator responsável pelo problema é que a produção local não consegue suprir a alta demanda.

 


De acordo com Nilson, os dois combustíveis essenciais no desenvolvimento de um país são a indústria e a agricultura. Para dar conta da produção, no entanto, é necessário contar com um sistema que distribua a energia elétrica com eficácia. Ele relembra que até o começo do século Mato Grosso sofria com a falta de abastecimento energético, e, apesar dos grandes investimentos, ainda é preciso tratar a questão com prioridade.

 

“O Nortão nasceu sem energia, sofreu sem energia até praticamente o ano de 2000, quando Dante de Oliveira complementou o trabalho que Jayme Campos iniciou. Aqui a energia era obtida por gerador, muito precária, até a chegada da Usina do Manso. Mas o problema é que ela só leva a energia para fora. A energia que produzimos aqui não fica aqui, os royalties não ficam aqui. Ela é gerada, mas vai para o sudeste. O lucro disso é muito pouco e precisamos inverter isso”, afirma.

 

Segundo Leitão, a qualidade da energia é comprometida devido ao desenvolvimento do estado. “São mais indústrias abrindo, a tecnologia no campo aumenta, precisamos cada vez mais de energia, de quantidade, para poder fazer funcionar tudo isso. Essa é a grande necessidade e estamos na região mais rica para produzir energia limpa, porque o Mato Grosso é o segundo estado mais rico hidricamente. Com mais quantidade de água, de rios, de todo o Brasil”, diz.

 

Para o candidato, a saída é manter o alto nível no fornecimento de energia elétrica. “Mato Grosso já foi importador de energia e hoje é exportador, graças aos investimentos realizados. O que precisamos é não deixar cair a qualidade”, finaliza.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cidades

Projeto de Lei de autoria do vereador Dilmair Callegaro concedeu ao Presidente Bolsonaro o título de cidadão sinopense.

Publicado

Projeto de Lei de autoria do vereador Dilmair Callegaro concedeu ao Presidente Bolsonaro o título de cidadão sinopense.

A honraria foi entregue pelo Sindicato Rural de Sinop, na pessoa do Presidente Redivo, durante evento em Sinop na Impasa.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana