conecte-se conosco


Economia

Brics pede fim de medidas comerciais unilaterais e protecionistas

Avatar

Publicado

O respeito à Organização Mundial do Comércio (OMC) e o pedido para o fim das medidas comerciais unilaterais e protecionistas foram destaque na reunião de ministros de Comércio do Brics, grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. O encontro foi realizado hoje (11) em Brasília, como evento preparatório para a 11ª reunião de cúpula do grupo, que ocorrerá nesta quarta (13) e quinta-feira (14). 

“Confirmamos nosso compromisso com o comércio internacional transparente, não discriminatório, aberto, livre e inclusivo. Reiteramos nosso total apoio ao sistema de comércio multilateral baseado em regras, com a OMC em seu núcleo. É essencial que todos os membros da OMC evitem medidas unilaterais e protecionistas que são contrárias ao espírito e às regras da OMC”, destacou o comunicado oficial da reunião. 

Desde o ano passado, as tensões comerciais entre Estados Unidos e China se agravaram, com o governo do presidente Donald Trump anunciando a imposição de tarifas sobre diversos produtos chineses e o governo do país asiático retaliando. No próximo mês, os dois países devem fechar um acordo. 

Veja Também  Percentual de famílias com dívidas sobe para 65,1% em novembro

Os ministros do Brics se comprometeram a estimular a liberalização do comércio, com um ambiente transparente, aberto e com regras claras. Eles também concordaram em levar a cabo uma reforma na OMC para ampliar o poder de países em desenvolvimento dentro do órgão. Segundo eles, os países do grupo levarão o tema a discussão na 12ª Conferência Ministerial do OMC, em junho de 2020, no Cazaquistão. 

“Nossos países trabalharão com todos os membros da OMC para avançar em um processo de reforma necessária, equilibrada, aberta, transparente e que promova a inclusão e o desenvolvimento. A reforma deve, entre outras coisas, preservar a centralidade, os valores centrais e os princípios fundamentais da OMC e considerar os interesses de todos os membros, incluindo países em desenvolvimento e PMDs [países menos desenvolvidos]”, ressaltou o texto. 

Cooperações 

Com base em estudo apresentado pelo Grupo de Contato sobre Assuntos Econômicos e Comerciais (CGETI) do Brics, os ministros traçaram diretrizes para ampliar a cooperação comercial entre os países do grupo. Os principais segmentos a serem beneficiados serão o comércio eletrônico, a facilitação de investimentos, o comércio entre micro, pequenas e médias empresas, a harmonização de regulamentos técnicos e os direitos de propriedade intelectual.

Veja Também  Caminhoneiros, empresários e governo discutem cálculo do frete

O CGETI concluiu um memorando de entendimento sobre promoção de comércio e investimento entre os países do Brics. O comunicado ajudará a melhorar as oportunidades econômicas entre os membros do grupo e permitirá o compartilhamento de conhecimentos sobre políticas.

Edição: Aline Leal
Fonte: EBC
Comentários Facebook

Economia

Ano acabou? Que nada! Confira vagas de emprego oferecidas por startups

Avatar

Publicado

geekhunter arrow-options
Divulgação
GeekHunter, startup com soluções voltadas para o mercado de recrutamento de desenvolvedores de software

A geração de empregos engatinha e a procura por vagas segue grande no Brasil. No fim de ano, costumam ficar ainda mais escassasas as oportunidades, mas, para quem pensa que o ano já acabou, não é bem assim.

Leia também: Vida nova? 6 dicas para mudar (ou entrar) em uma carreira diferente em 2020

As startups , empresas com objetivo de desenvolver ou aprimorar um modelo de negócios, fogem à regra e oferecem vagas de emprego para este ano. As oportunidades abrangem diversas áreas e perfis.

Confira 15 startups que oferecem vagas pelo Brasil

A Propz, startup que oferece soluções de relacionamento objetivas, práticas e rentáveis para varejo e serviços financeiros utilizando inteligência analítica e big data, está com nove vagas em aberto para as seguintes áreas: cientistas de dados, administrador de sistemas DevOps, executivo de contas, analista de projetos, cientista de dados, analista de CRM, Ux e Ui designer em Campinas, Rio de Janeiro e São Paulo. Para se candidatar é só acessar o link .

A Docket, que realiza a busca, pré-análise e a gestão do fluxo de documentos, está com 25 vagas em aberto para diferentes áreas como Account Executive, Analista de Customer Success Jr, Analista de inteligência comercial, analista de marketing e inteligência, controller accounting, data analytics Jr, Desenvolvedor Front End, Desenvolvedor Java, Desenvolvedor Machine Learning, Sales Development Representative. Sales Enablement Analyst em São Paulo. Para se candidatar é só acessar o link .

Outro exemplo é a Solides, software de gestão comportamental e recrutamento de pessoas. A empresa é de Belo Horizonte e está contratando 16 profissionais . Dez para a vaga de Inside Sales (Closer), um para Customer Support, três para Customer Success, um para Coordenador Comercial e outro para Tester Q. A. Para fazer parte do time, o candidato deve acessar o link , e preencher o profiler, pois, todas as oportunidades se iniciam com o fit comportamental que a marca oferece.

A Noknox, plataforma que tem como objetivo conectar pessoas a seus locais de convivência unindo praticidade, segurança e conforto está com 5 vagas em aberto: 3 para desenvolvimento sênior – Back-end (C# e/ou NodeJs), android (Kotlin) e IOS developer (Swift) – e uma vaga de Mid Frontend Developer (Vue, Bootstrap), além de um estágio em marketing para produção de conteúdo nas redes sociais. Interessados podem se candidatar pelo site da empresa , pelo Linkedin ou pelo e-mail: [email protected] .

Veja Também  Tim e Oi oferecem melhores planos de celular com pacotes de 10GB de internet

Outro exemplo é a AtletasNow. A startup com a missão de conectar todas as pontas do esporte está em busca de um Analista Júnior de Customer Experience. Para isso, é preciso ter inglês intermediário e possuir experiência com plataformas de atendimento. Os pré-requisitos da vaga estão disponíveis no site . Interessados devem entrar em contato por e-mail: [email protected]

Também para Desenvolvedor Full Stack, o TradersClub (TC), um dos principais agentes de educação financeira do país, oferece diversas oportunidades para desenvolvedor júnior/pleno/sênior que deseja de trabalhar com tecnologias de ponta. Os interessados podem enviar currículos para o e-mail: [email protected]

Já o Supermercado Now, maior plataforma online de compras de supermercado, também está com várias oportunidades em aberto. Dentre as principais estão: assistente de operações, banco de dados, desenvolvedor back end, e desenvolvedor mobile, talent acquisition, analista de CS e analista de trade. Outras informações sobre vagas e dúvidas podem ser enviadas por e-mail ou no linkedin .

Há oportunidades abertas também na NetSupport, plataforma digital de suporte técnico de TI, com o objetivo de oferecer serviços com qualidade e preço acessível para todo o país. A startup está com vagas nas principais capitais do país para técnicos de informática (Help Desk e Service Desk), com foco de conhecimento em microinformática básica. Para se candidatar, é preciso ter conhecimentos em TI, cursos na área de informática e pessoa jurídica estabelecida. Os candidatos interessados podem se inscrever por meio deste link .

Na área da saúde, a Telavita, startup de consultas online que tem por objetivo conectar profissionais da psicologia a pacientes de todo o mundo está com três vagas em São Paulo para Desenvolvedor back-end e front-end e Assistente de Customer Success. Interessados podem enviar o currículo no e-mail [email protected]

Veja Também  Caiu no pente-fino do INSS? Saiba como recuperar o benefício

Se você é criativo, flexível e apaixonado por agricultura e tecnologia, a Agrosmart, plataforma de agricultura digital líder na América Latina tem a vaga certa pra você. Na cidade de Campinas, cinco vagas estão em aberto para os cargos de Desenvolvedor Front-End React, Desenvolvedor Ruby on Rails, Tech Lead de Software, Analista de Costumer Success e Supervisor de Vendas em Campo. Interessados podem enviar currículo para este site .

Já a Liv Up, startup de alimentação saudável e prática, está com mais de trinta vagas abertas para diferentes áreas, como Branding, Data, Marketing, Produção e Financeiro, nos escritórios de São Paulo e Barueri (SP). Para se candidatar, basta acessar o link .

No Promobit, social commerce que reúne as melhores ofertas da internet, são atualmente seis vagas abertas. Duas para desenvolvedor mobile, duas para desenvolvedor BackEnd, uma para account manager e uma para engenheiro de dados. Para se inscrever, acesse o site .

A Qranio, plataforma mobile usa gamificação para estimular seus usuários com conteúdos educacionais, também está com algumas vagas abertas. São duas para programador web e duas para programador mobile. Para se candidatar basta enviar currículo para o e-mail . A startup não tem nenhum pré-requisito, o que vale é o teste que empresa envia para checar os conhecimentos em programação dos interessados.

A GeekHunter, empresa de tecnologia com soluções voltadas para o mercado de recrutamento de desenvolvedores de software, está com cinco vagas em aberto, Gestor Comercial, Analista de Mídia de Performance, Inside Sales (Pleno e Sênior) e Analista de Recrutamento e Seleção. Os interessados pode acessar as vagas e se candidatar no próprio site da empresa .

Leia também: Bolsonaro volta atrás e pede revogação de medida que excluiu atividades de MEI

Em constante crescimento no mercado, a Consolide sua Marca, startup que vem revolucionando a forma de registrar as marcas de micro e pequenas empresas, está com vagas abertas para Coordenador de Canais, Analista de Mídia Paga, analista de UX, Auxiliar Jurídico e Consultor de Marcas (cadastro reserva). Para mais informações, basta acessar o site .

Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

Indústria cresce em 7 das 15 regiões em outubro, diz IBGE

Avatar

Publicado

source
indústria arrow-options
Agência Brasil
Na média geral do país, a produção industrial brasileira cresceu 0,8% em outubro,

A produção industrial do Brasil registrou alta na passagem de setembro para outubro em 7 das 15 regiões pesquisadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O levantamento foi divulgado nesta terça-feira (8). Em outros 7 locais houve queda e, no Paraná, a variação foi zero.

De acordo com a pesquisa, as maiores altas foram registradas em Goiás (4%) e no Amazonas (2,3%). Já a maior queda foi no Espírito Santo (-8,1%). Em São Paulo houve avanço de 1,5%, e no Rio de Janeiro o crescimento foi de 0,2%.

Na média geral do país, a produção industrial brasileira cresceu 0,8% em outubro, na terceira alta mensal seguida. Na comparação com outubro de 2018, o setor industrial mostrou crescimento de 1%, também com sete locais apontando resultados positivos.

Mas, no acumulado do ano, entretanto, o setor industrial ainda acumula queda de 1,1%. O Espírito Santo teve a maior queda, de 14,0%, pressionado, principalmente, pelos recuos assinalados por indústrias extrativas, celulose, e metalurgia.

Veja Também  Caiu no pente-fino do INSS? Saiba como recuperar o benefício

O estado de São Paulo, que concentra 34% da indústria brasileira, que puxou a alta do índice. “Os setores de veículos e de alimentos, com destaque para a produção de cana-de-açúcar, foram os principais impulsionadores na alta de 1,5% apresentada na produção paulista”, afirmou o pesquisador do IBGE Bernardo Almeida.

Segundo ele, o aumento da demanda por carnes também pode estar tendo influência em algumas altas, em especial nos recentes sucessivos resultados positivos do Mato Grosso, um dos locais onde a indústria de abate tem participação mais forte, que, em quatro meses, chegou ao ganho acumulado de 8,7%.

Veja o resultado de outubro de cada uma das regiões:

Amazonas: 2,3%
Pará: -1,3%
Região Nordeste: 1,2%
Ceará: -1,1%
Pernambuco: -0,6%
Bahia: 0,9%
Minas Gerais: -0,7%
Espírito Santo: -8,1%
Rio de Janeiro: 0,2%
São Paulo: 1,5%
Paraná: zero
Santa Catarina: -0,6%
Rio Grande do Sul: -0,2%
Mato Grosso: 0,6%
Goiás: 4%

Fonte: IG Economia
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana