conecte-se conosco


''TRAGÉDIA NO AR''

Seis pessoas são presas por embriaguez ao volante em Várzea Grande

Avatar

Publicado

A ação ocorreu no final da tarde de domingo (10.11), no Km 03 da rodovia MT-444 (Mário Andreazza), em Várzea Grande

 

Profissionais da Segurança Pública prenderam seis pessoas por embriaguez ao volante (Art.306 do Código de Trânsito Brasileiro – CTB), durante a 34ª edição da Operação Lei Seca, no final da tarde de domingo (10.11). A ação ocorreu no Km 03 da rodovia MT-444 (Mário Andreazza), em Várzea Grande, com o saldo de 103 testes de alcoolemia.

O Art.306 do CTB configura como crime conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência. As penas previstas são detenção, de seis meses a três anos, multa e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor.

Foram abordadas 174 pessoas e lavrados 60 Autos de Infração de Trânsito (AITs), sendo 20 por motivos diversos. Do restante, 16 AITs foram feitos por descumprimento ao Art.165 (dirigir sob efeito de álcool); 05 por descumprimento ao Art.165-A (Recusar-se a fazer o teste de etilômetro); e 19 pelo Art.230,V (dirigir veículo registrado sem estar licenciado).

A blitz também resultou na remoção de 29 veículos (24 carros e 05 motos). A retenção e a remoção do veículo são duas das medidas administrativas previstas pela Lei Nº 9.503/1997, ou seja, o Código de Trânsito Brasileiro. A primeira consiste na imobilização do veículo para sanar alguma irregularidade. Já a remoção prevê o deslocamento do veículo, por meio de guincho, para depósito fixado pela autoridade de trânsito.

Após a remoção, o veículo só é restituído ao proprietário depois do pagamento de multas, taxas e despesas com remoção e estadia. Além disso, deve-se fazer o reparo de qualquer componente ou equipamento obrigatório que não esteja em perfeito estado de funcionamento. Algumas das situações que fazem com que o veículo seja removido é conduzi-lo: sem qualquer uma das placas de identificação; sem estar registrado e devidamente licenciado; com qualquer uma das placas de identificação sem condições de legibilidade e visibilidade; entre outros.

Parcelamento de taxas

Vale lembrar que os cidadãos que possuem dívidas de qualquer natureza relativas a veículos automotores já podem fazer o pagamento com uso de cartões de débito ou crédito nos pontos de atendimento da empresa Zapay, disponíveis na sede do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), em Cuiabá, e na 5ª Ciretran de Várzea Grande.

Podem ser parcelados no cartão todos os débitos veiculares como multa, Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) – inscrito ou não em dívida ativa, Seguro DPVAT e Taxa de Licenciamento. O pagamento pode ser feito em até 12 vezes com até três cartões de crédito diferentes, independente de ser da titularidade da pessoa que está quitando os débitos, garantindo a integridade da operação mediante senha pessoal e intransferível do titular do cartão.

A operação Lei Seca é coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada (GGI-e) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) e conta com a participação do Batalhão de Trânsito Urbano e Rodoviário (BPMTRAN) da Polícia Militar (PM-MT); Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran) da Polícia Judiciária Civil (PJC-MT); Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT); Guarda Municipal de Várzea Grande; Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob); Polícia Rodoviária Federal (PRF); e Sistema Penitenciário.

 

Veja Também  Ex-candidato a vereador e pastor são flagrados transando dentro de banheiro

VEJA NOTICIAS EM VIDO EM NOSSO CANAL 

Comentários Facebook

''TRAGÉDIA NO AR''

Policial civil é preso suspeito de esfaquear ladrão que tentou invadir loja

Avatar

Publicado

A situação ocorreu por volta de 5h no bairro CPA 1.

Ayron de Souza Marcondes Santos Policial Civil foi preso na madrugada desta quarta-feira (4) suspeito de ter esfaqueado um ladrão que tentou invadir uma loja na Avenida Historiador Rubens de Mendonça (CPA), em Cuiabá.

De acordo com a Polícia Militar, Ayron, esfaqueou Johnatan de Andrade Honorato. A PM não informou de quem seria a faca.

A situação ocorreu por volta de 5h no bairro CPA 1.

Ayron foi preso em flagrante por tentativa de homicídio doloso (quando há intenção de matar). Os policiais descobriram que ele estaria afastado das funções por apresentar um quadro de transtorno bipolar.

Segundo a PM, Johnatan tentou invadir a loja e Ayron, se identificando como policial, tentou detê-lo.

O rapaz resistiu à prisão e os dois acabaram trocando socos. Ayron esfaqueou o suspeito duas vezes na região do tórax.

A polícia foi chamada e prendeu tanto o suspeito quanto o policial. Johnatan foi encaminhado ao Hospital Municipal de Cuiabá. O policial foi levado à Central de Flagrantes.

 

Veja Também  Bando tenta roubar viatura com PMs dentro, em Cuiabá

Vídeo mostra que agentes da SEMOB de trânsito são acusados de jogaram viatura em cima de mototaxista

Comentários Facebook
Continue lendo

''TRAGÉDIA NO AR''

Populares apedrejam carro da Semob durante fiscalização em Cuiabá

Avatar

Publicado

Um boletim de ocorrência foi registrado pela Semob. O caso deve ser investigado pela Polícia Civil.

Um carro da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) foi apedrejado durante uma fiscalização do transporte coletivo no Bairro Altos da Boa Vista, em Cuiabá, na manhã desta terça-feira (3).

A secretaria informou, em nota, que também fazia a fiscalização de transportes privados, como táxis e mototáxi. Durante o trabalho, os agentes solicitaram a parada de um mototaxista, que já havia sido autuado em outra ocasião por pilotar sem habilitação e sem licença para atuar, no entanto, ele não parou.

“O mototaxista fugiu do local, perdendo o controle da direção e caindo logo em seguida. O homem recebeu os primeiros atendimentos dos agentes, que acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A vítima sofreu escoriações leves e não corre risco”, diz trecho da nota.

Vidros do carro foram quebrados, a motocicleta dele foi apreendida.

De acordo com a secretaria, durante o atendimento, um grupo de pessoas jogou pedras e tijolos no carro dos agentes. Os vidros do veículo foram quebrados.

Um boletim de ocorrência foi registrado pela Semob. O caso deve ser investigado pela Polícia Civil.

Agentes faziam fiscalização em bairro quando carro foi atacado

A Semob afirmou que var apurar se houve irregularidades na ação dos agentes, devido ao ataque. “Se constatadas, todas as medidas cabíveis serão tomadas”, ressaltou.

G1MT

 

Veja Também  Policial civil é preso suspeito de esfaquear ladrão que tentou invadir loja

VEJA MUITO MAIS MATÉRIAS 

 

Policia procura Ex-marido suspeito de espancar e tentar estuprar mulher após ameaçá-la com arma em chamada de vídeo

Bando tenta roubar viatura com PMs dentro, em Cuiabá

Ex-candidato a vereador e pastor são flagrados transando dentro de banheiro

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana