conecte-se conosco


TSE

Portal da Justiça Eleitoral traz informações importantes para os eleitores

Avatar

Publicado

O Portal da Justiça Eleitoral (JE) traz informações importantes para os eleitores. No espaço, é possível conhecer as funções e as competências da JE, sua estrutura e as atribuições de cada um dos seus órgãos. Também é possível acessar os vídeos interativos com os principais mitos e verdades acerca do processo eleitoral, o glossário com termos utilizados na seara eleitoral e, ainda, respostas às dúvidas mais frequentes dos cidadãos.

Além disso, o espaço disponibiliza a linha do tempo da história da JE a partir de 1932, data em que o Código Eleitoral cria a Justiça Eleitoral, regulamenta as eleições federais, estaduais e municipais, implementa o voto secreto, o voto feminino e o sistema de representação proporcional.

O Portal traz também dados acerca do número de cadastros biométricos por estado e município e sobre as principais ações e iniciativas do Programa de Enfrentamento à Desinformação com Foco nas Eleições 2020, além da nova página “Fato ou Boato”, que esclarece informações falsas.

Justiça Eleitoral

A Justiça Eleitoral é composta pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), pelos juízes eleitorais e pelas juntas eleitorais. Ela é responsável por organizar todas as etapas do processo eleitoral brasileiro, desde o alistamento dos eleitores até a diplomação dos candidatos eleitos.

Veja Também  Confira a pauta de julgamento da sessão desta terça-feira (10)

Acesse http://www.justicaeleitoral.jus.br/ e saiba mais sobre a Justiça Eleitoral.

IC/LC, DM

Fonte: TSE
Comentários Facebook

TSE

Confira a pauta de julgamento da sessão desta quinta-feira (12)

Avatar

Publicado

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve analisar nesta quinta-feira (12), a partir das 9h30, as primeiras cinco instruções que disciplinarão as Eleições Municipais de 2020. Estão na pauta de julgamentos da sessão administrativa as propostas de resoluções que tratam dos seguintes temas: Calendário Eleitoral; Pesquisas Eleitorais; Cronograma Operacional do Cadastro Eleitoral; Modelos de Lacres; e Procedimentos de Fiscalização e Auditoria do Sistema Eletrônico de Votação. O relator das instruções é o ministro Luís Roberto Barroso.

Já a sessão jurisdicional prevê a análise de um recurso no qual a prefeita de Italva (RJ), Margareth de Souza Rodrigues, questiona a cassação de seu diploma e do diploma de seu vice-prefeito, Bruno Silva de Souza, por compra de votos nas Eleições Municipais de 2016. Ao julgar recurso referente a uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije), o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) manteve as cassações de ambos por considerar que eleitores receberam deles vantagens pessoais em troca de votos. O ministro Og Fernandes é o relator do recurso.

Ao vivo

Veja Também  Mantida cassação do diploma da senadora Selma Arruda (Pode-MT)

A sessão de julgamento pode ser assistida, ao vivo, a partir das 9h30, pelo canal oficial da Justiça Eleitoral no YouTube. Os vídeos com a íntegra de todos os julgamentos ficam disponíveis na página para consulta logo após o encerramento da sessão.

Confira a relação completa dos processos da sessão de julgamento desta quinta-feira (12). A pauta está sujeita a alterações.

Acompanhe também as decisões da Corte Eleitoral no Twitter.

CM/LC, DM

Processos relacionados: Inst 0600740-36 (PJe), Inst 0600742-06 (PJe), Inst 0600743-88 (PJe), Inst 0600746-43 (PJe), Inst 0600747-28 (PJe), Respe 60952 e AC 0601996-48 (PJe)

Fonte: TSE
Comentários Facebook
Continue lendo

TSE

Você conhece a Lei Saraiva? Saiba mais no Glossário Eleitoral

Avatar

Publicado

No dia 9 de janeiro de 1881, pelo Decreto nº 3.029, o imperador Dom Pedro II sancionou a nova lei eleitoral, conhecida como “Lei Saraiva”, que substituiria todas as anteriores. Essa lei foi da mais alta importância na vida política do país. É desse modo que o Glossário Eleitoral Brasileiro, disponibilizado no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na internet, esclarece o cidadão acerca dessa norma, que vigorou no período do Segundo Império.

A nova lei aboliu as eleições indiretas até então existentes – resquício oriundo da influência da Constituição espanhola de 1812 –, introduzindo as eleições diretas. Adotou o voto do analfabeto, que, mais tarde, foi proibido, nas eleições federais e estaduais, pela Constituição de 1891.

Tomou relevo, com a Lei Saraiva, o papel da magistratura no processo eleitoral. A norma ampliou as incompatibilidades eleitorais, e os títulos eleitorais passaram a ser assinados pelo juiz. Além disso, o alistamento passou a ser permanente.

A Lei Saraiva, também chamada de Lei do Censo, teve a redação de Rui Barbosa; mas o projeto, que reformava profundamente a legislação vigente à época, foi de iniciativa do Conselheiro Saraiva.

Veja Também  Ministro Edson Fachin representará TSE em missão de observação das eleições peruanas em janeiro

O serviço

O Glossário Eleitoral Brasileiro dispõe de mais de 300 verbetes, que podem ser facilmente consultados pelo internauta. O serviço contém referências doutrinárias e informações históricas sobre as expressões jurídicas adotadas na Justiça Eleitoral.

Assista também, no canal da Justiça Eleitoral no YouTube, aos vídeos produzidos pelo Núcleo de Rádio e TV da Assessoria de Comunicação do TSE com os verbetes do Glossário.

 

EM/LC, DM

Fonte: TSE
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana