conecte-se conosco


Mato Grosso

Estudantes de Rondônia conhecem as tecnologias utilizadas pela Politec nas perícias criminais

Avatar

Publicado

Com a finalidade de ampliar o universo de conhecimentos na área de informática os estudantes do terceiro ano do ensino médio da Instituto Federal de Rondônia, do campus de Vilhena, realizaram uma visita acadêmica na Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) nesta quinta-feira (07.11). Na oportunidade, os estudantes conheceram as Gerências de Balística Forense, Documentoscopia e de Computação Forense.

O foco da visita foi a demonstração das tecnologias e equipamentos utilizados pela perícia no auxílio às investigações criminais e operações de Segurança Pública. Um dos equipamentos apresentados é o “Comparador Espectral de Vídeo”, que permite capturar, processar e armazenar imagens digitais para a verificação de autenticidade de documentos, com a aplicação de diversas fontes de iluminação para a análise documental.

Eles conheceram, também, o comparador balístico que possui uma câmera fotográfica microscópica de alta resolução, para captura de imagens de projéteis padrões com os projéteis ou estojos coletados em locais de crime ou em cadáveres, para a identificação de armas de fogo que originaram os disparos em crimes.  

Em outro momento os alunos puderam conhecer a rotina de trabalhos dos peritos da Gerência de Perícias em Computação Forense, que é responsável pela realização perícias em computadores, dispositivos eletrônicos, e meios digitais, como celulares.

O gerente de perícias de computação forense, Max Martins, apresentou as ferramentas tecnológicas e softwares empregados no desbloqueio de aparelhos, na extração e análise de dados recuperação de imagens, mensagens e vídeos relacionados a todos os tipos de crimes investigados pela polícia.

As visitas despertaram o interesse e curiosidade dos estudantes que puderam contribuir com perguntas aos profissionais. “O Instituto Federal de Rondônia trabalha o ensino médio integrado com o ensino técnico, e no terceiro ano nós organizamos uma visita relacionada à área de informática com o objetivo de mostrar o mercado de trabalho para eles, apresentando o leque de opções para o curso que eles estão se formando, de áreas de atuação, e a perícia é uma delas. Após a visita na Politec estamos programando uma visita á Empresa Mato-Grossense de Tecnologia da Informação (MTI) e ao Iphan”, ressaltou a professora Marisa Rodrigues de Lima.

Comentários Facebook

Mato Grosso

Deputado diz que Governo mostra transparência com processo licitatório ao vivo

Avatar

Publicado


.

O deputado estadual Wilson Santos destacou que a regulamentação da transmissão e gravação ao vivo dos processos licitatórios de todos os órgãos estaduais torna a gestão do governador Mauro Mendes um divisor de águas na transparência das ações públicas.

A medida foi regulamentada em maio pela Controladoria Geral do Estado (CGE-MT), por meio da Recomendação Técnica de Ouvidoria nº 1/2020, e consiste na transmissão ao vivo e gravação de processos licitatórios via internet, pelo canal de Youtube e pelo Portal Transparência do Estado.

“No governo Mauro Mendes todas as licitações serão gravadas e transmitidas ao vivo pela internet. Isso é um divisor de águas na transparência nos negócios públicos das licitações”, ressaltou o parlamentar, em entrevista ao programa Chamada Geral, da Mega FM, nesta quinta-feira (04.06).

Além disso, o deputado lembrou que essa é uma forma do cidadão acompanhar o movimento do dinheiro público, saber aonde está sendo realmente aplicado. “Qualquer cidadão, qualquer contribuinte poderá acompanhar todas as licitações, que movimentam R$ 20, R$ 21 bilhões por ano, no Estado”, pontuou.

As gravações e transmissões ao vivo das sessões de licitação e disponibilização delas no Portal Transparência já é obrigação para todos os órgãos públicos do Estado desde janeiro de 2020. A proposta está prevista na Lei nº 10.851/2019, regulamentada pelo Decreto nº 186/2019.

Além disso, a CGE em sua recomendação técnica comunicou aos órgãos que os avisos das publicações de Editais de Licitação no Diário Oficial do Estado deverão conter e divulgar os links do canal de Youtube e do Portal Transparência do Estado.

A Controladoria também revelou que “caso haja suspensão, prorrogação, revogação, anulação ou cancelamento da licitação, a Secretaria Adjunta de Ouvidoria Geral e Transparência deverá ser comunicada pelo e-mail: [email protected] ou pelo sistema Fale Cidadão, para providências quanto ao Portal Transparência”.

O projeto de lei que deu origem a aplicação das gravações do processo licitatório é da autoria de Santos.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Sema entrega novas sedes de secretarias a municípios descentralizados

Avatar

Publicado


.

A secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) concluiu a construção de cinco novas sedes de secretarias municipais de meio ambiente com objetivo de estruturar e fortalecer as prefeituras para as atividades de descentralização de gestão ambiental. As obras foram feitas com recursos do Projeto MT Sustentável, do Fundo Amazônia/BNDES.

O projeto prevê a entrega de 17 novas sedes de secretarias municipais de Meio Ambiente e 4 Diretorias de Unidades Desconcentradas da Sema/MT. Já foram concluídas as obras de Brasnorte, Juara, Comodoro, Porto dos Gauchos e Vila Bela da Santíssima Trindade.

Outras cinco novas sedes municipais encontram-se em fase de construção: Claudia, Querência, Ribeirão Cascalheira, São Félix do Araguaia e Canarana. Já as de Apiacás, Guarantã do Norte, Nova Monte Verde e Paranaíta estão em fase de licitação. As secretarias de Sinop, Aripuanã, Colíder estão em fase de finalização de projeto.

As Diretorias de Unidades Desconcentradas da Sema de Guarantã do Norte, Tangará da Serra, Confresa e Alta Floresta estão com projetos sendo finalizados junto a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra).

As sedes ainda não foram entregues oficialmente pela Sema devido ao período de restrições sociais causado pela pandemia Covid-19. As prefeituras, porém, já podem utilizar os espaços para dar eficiência ao trabalho ambiental assinando o Termo de Responsabilização de Bem Patrimonial.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana