conecte-se conosco


Mulher

Mulher conta como descobriu traição após marido se “interessar” por cavalos

Avatar

Publicado

A inglesa Leanda Fearnley, de 32 anos, sempre adorou equitação e tem verdadeiro fascínio por cavalos. Foi durante um evento equestre, inclusive, que ela conheceu Mark, seu ex-noivo. Em um desabafo publicado no jornal The Sun , a mulher revelou os detalhes de seu relacionamento com ele e falou sobre a dor que sentiu ao descobrir a traição do homem.

Leia também: Mulher revela traição com homem 11 anos mais velho: “Melhor sexo da minha vida”

mulher descobre traição do noivo com uma das melhores amigas arrow-options
Reprodução/Facebook/Leanda Fearnley

Leanda Fearnley e Mark estavam juntos há 16 anos quando ela descobriu a infidelidade do parceiro

Apesar de estar no evento sobre cavalos, Mark não gostava e nem tinha interesse em equitação, estava lá apenas para ajudar na organização. Por isso, quando o homem começou a apreciar do hobby da companheira e a querer acompanhá-la em todas as ocasiões, ela ficou feliz. A alegria, entretanto, logo deu lugar a uma desconfiança, seguida pela frustração de descobrir a traição . Aliás, uma traição dupla.

Como tudo começou

“Andar a cavalo era a minha vida. Eu participava de eventos de salto na maioria dos fins de semana desde pequena e, nos últimos 14 anos, incomodava meu noivo Mark para me ver competir. Então, de repente, não conseguia afastá-lo [dos eventos equestres]”, inicia Leanda.

A inglesa reforçou que desde quando conheceu o ex-noivo ele era um “cavalheiro perfeito”, e isso a fez imaginar que deveria passar a vida inteira com o homem. “Assim que ele me pediu em noivado, eu disse que sim, mas os planos de casamento foram suspensos quando descobri que estava grávida e, 14 anos e quatro filhos depois, ainda não tivemos tempo para casar”, explica ela. “Não importava, eu adorava nossa família caótica, mas amorosa”, acrescenta.

Leanda continua o relato afirmando que ela e Mark sempre discutiam sobre as competições equestres. “Ele pensava que eu passava muito tempo com meus cavalos, enquanto eu apenas desejava que ele me apoiasse”, confessa a mulher.

“Por isso, achei estranho quando Mark mudou completamente de ideia e insistia em acompanhar todos os meus eventos. Não consegui explicar o interesse repentino, mas não estava reclamando. Fiquei feliz com a ajuda e isso significava que passaríamos mais tempo juntos como casal “, declara.

O então companheiro se dedicava tanto a ajudar a parceira que chegou a trocar de carro para ficar mais fácil de se locomover com os cavalos. “Com meu cavalo, Lady, a bordo e em segurança, fomos até a casa da minha amiga Claire* para buscá-la e viajar juntos para um evento. Quando vi Mark dar um tapinha no bumbum de Claire um dia, eu sabia que algo estava acontecendo”, constata a inglesa.

Leanda e Claire se conheceram nos estábulos e a amizade entre elas foi marcada pela paixão em comum por cavalos, e não demorou para que a dupla passasse a sair junto e até a “dividir garrafas de vinho”.

A mulher enfatiza que tentou ignorar o “tapinha” que Mark deu na amiga, mas ficou cada vez mais difícil. “Eu disse a mim mesma para parar de ser boba. Era bom que eles estivessem próximos e, além disso, Claire era casada”, relembra. Além disso, ela recorda que, ao ser confrontado, Mark disse pensar que era ela ao invés de Claire.

“Estava na hora de virar detetive”, diz Leanda

mulher descobre traição do noivo com uma das melhores amigas arrow-options
Reprodução/Facebook/Leanda Fearnley

Leanda decidiu parar de ignorar sua intuição e investigou o Facebook do parceiro

Leanda decidiu parar de ignorar “a sensação desconfortável” que tinha. “Pensei em todos os pequenos olhares, no interesse repentino de Mark por cavalos”, diz. Com isso, ela ficou determinada: “Estava na hora de virar detetive”.

“Eu esperei Mark sair uma noite, antes de invadir sua conta do Facebook . Meu coração acelerou no meu peito quando meus piores medos foram confirmados e eu rolei através de mensagens explícitas entre ele e Claire”, afirma a inglesa no texto de desabafo. “Eu até vi uma foto deles abraçados juntos em um sofá”, comenta.

No meio do bate-papo entre os dois, ela encontrou uma informação que a deixou ainda pior. “Nada poderia ter me preparado para a mensagem que Mark enviou a Claire, tentando terminar o caso deles. ‘Mas eu não quero desistir dos últimos três anos’, Claire enviou de volta”, lembra Leanda.

Nervosa ao constatar a traição dupla, a mulher relata que correu para fora da casa decidida a confrontar o então parceiro. Um vizinho, no entanto, a ouviu e se comoveu com a situação. Com isso, ela voltou para casa e ligou para o homem.

Assim que disse saber de tudo, a inglesa indagou ao telefone: “Como você pôde?”. Ao enviar para ele todas as mensagens “incriminadoras” que encontrou no Facebook, Mark não titubeou em pedir outra chance.

Ela, então, pensou melhor e escolheu acatar ao pedido. “Passamos tanto tempo juntos e, pelo bem de nossos quatro filhos, decidi que deveríamos reatar nosso relacionamento”, destaca. “Mas não consegui superar a traição de Mark. A confiança foi quebrada e, alguns meses depois, em 2017, nos separamos para sempre”, conta Leanda.

Leia também: Após traição, mulher briga com família e se casa com amante: “Não me arrependo”

O The Sun também publicou uma declaração de Mark, que confessou ter traído Leanda. “Sim [eu me sinto mal pelo que aconteceu, com Leanda sendo a melhor amiga de Claire]”, diz uma parte da nota. Como se isso não fosse o suficiente, ele ainda pede à ex-noiva: “Você pode me devolver o anel?”.

A inglesa conta que, após terminar com o homem, ele assumiu um relacionamento com Claire e o casal está junto desde então. “Ainda não acredito que ele trocou nossos 16 anos juntos por ela, mas estou melhor sem eles”, finaliza Leanda Fearnley sobre a traição .

*Claire é um nome fictício

Comentários Facebook

Mulher

Tantra para iniciantes: 11 passos simples para uma noite fantástica

Avatar

Publicado


source

Em tempos de isolamento social, muitos casais têm procurado formas de elevar a intimidade a outro nível. Além do confinamento, a convivência mais estreita e a preocupação com o futuro são alguns dos principais inimigos da libido nesse momento. Uma prática que pode aliviar a ansiedade, trazer um componente de novidade à relação e tirar as relações do piloto automático são as técnicas do tantra .

casal trocando olhares
FreePik

Usar as técnicas do tantra é uma ótima maneira de se aproximar e se conectar ainda mais seu parceiro


O Tantra é uma técnica milenar criada pelos drádivas, povo que vivia antigamente na região norte da Índia, e promete melhorar a conexão entre o casal e proporcionar mais prazer antes, durante e depois da experiência, com direito a orgasmos intensos e prolongados. Há quem diga, aliás, que os efeitos duram em média quatro horas.

Existem diversas possibilidades na prática, mas com alguns fundamentos básicos e fáceis já é possível aproveitar os seus benefícios . Vamos lá:

1. Reserve um tempo para praticar

Tantra não combina com pressa, preguiça ou cansaço. O ideal é praticar no horário em que os dois se sentirem mais dispostos, tanto faz se for pela manhã ou à noite. Desliguem os eletrônicos, fechem a porta do quarto e se entreguem à vivência.

2. Dedique-se ao cenário

Caprichar no ambiente é fundamental. O quarto ou a sala precisam ser preparados com carinho e cuidado, livres de poeiras e desorganização. Se a relação rolar na cama, escolha lençóis macios ao toque. Na sala, espalhe almofadas ou travesseiros pelo local. Plantas ou flores frescas elevam a vibração energética do lugar, assim como uma música suave.

Leia também: Como preparar o quarto para uma noite romântica

3. Libere a mente de preocupações

casal de mãos dadas
FreePik

Tantra pede paciência, calma, e parceira entre o casal

O ritmo mais lento do tantra exige que os pensamentos sigam na mesma frequência. Abandone as preocupações, a tensão em relação ao futuro e até mesmo as expectativas sobre a experiência. Ficar listando os “defeitinhos” do corpo, então, nem pensar! Trate de se concentrar no momento presente e não deixe que nada, nem mesmo os ruídos externos, atrapalhem sua concentração .

4. Primeiro explore o próprio corpo

Comece prestando atenção na sua respiração , para ir relaxando aos poucos. Depois, passe as mãos pelos cabelos, vá descendo o dedo pelo rosto, sentindo a face, os lábios, as orelhas. Em seguida parta para o pescoço, os braços, seios, barriga, nádegas, púbis. Repita os toques no corpo do parceiro. Neste momento, nenhum dos dois deve se preocupar com os órgãos ainda.

5. Conecte a respiração com a do par

Para isso o ponto de partida é a posição do abraço tântrico, também chamada de Yab Yum . É bem simples: o homem se senta com as pernas cruzadas (ou “pernas de índio”) e você se posiciona em seu colo, envolvendo o quadril dele com suas pernas. É importante que passar algum tempo assim, apenas juntos.

Segundo os preceitos do Tantra, a Yab Yum trabalha as polaridades feminina e masculina, aumentando a conexão do casal . A proposta é que ambos conectem a respiração, sendo que o ar expirado pelo homem é inspirado pela mulher e vice-versa, formando uma respiração circular. Os batimentos cardíacos também se regulam.

6. Olhem bem nos olhos um do outro

A troca de olhares é um dos pilares essenciais da prática, e serve tanto para fortalecer o vínculo como para compartilhar as percepções da transa num nível mais profundo. Em um primeiro momento, pode surgir um certo desconforto. Resista por cinco minutos, depois dez e até quinze. Enquanto observa o par, tente expressar tudo o que sente nesse relacionamento .

7. Beije suavemente

Nada de línguas loucamente enroscadas e ofegantes no beijo tântrico. Na prática, um deve beijar os lábios um do outro delicadamente, primeiro os superiores, depois os inferiores. As sucções devem ser suaves e, quando a língua entrar em ação, deve se movimentar vagarosamente.

8. Aposte na Massagem Sensitive

Também conhecida como massagem tântrica, é uma técnica que estimula o sentido do tato. Os dois, simultaneamente, devem passar as pontas dos dedos devagarinho pelo corpo um do outro. A ideia é percorrer cada zona erógena sem pressa para sentir os pelos, os poros arrepiados, detalhes da anatomia e, principalmente, regiões que costumam ser negligenciadas durante as preliminares .

9. Use cosméticos sensuais

Géis e  óleos de massagem aromáticos permitem explorar melhor o corpo, além de aumentar a sensibilidade corporal. 

10. Curta a conexão do momento

casal apaixonado
Pexels/Ba Tik

A ideia é tantra é curtir ao máximo o parceiro em todos os momentos

O objetivo do tantra não é “chegar lá”, mas, sim, aproveitar a “viagem”. Ou seja, a sessão de preliminares e carícias deve ser um tanto demorada. Depois da posição Yab Yum, vocês podem partir para outras variações, sempre numa pegada leve e evitando partir para a penetração. A intenção é que o casal explore os corpos o máximo possível.

Isso permite que a técnica atue como uma reguladora das diferenças da estimulação, desejo e respostas sexuais que são drasticamente diferentes em um casal. Além, é claro, da promoção de uma maior intimidade e expansão da energia para o corpo todo. 

11. Deixe a penetração apenas para o final

Ela não é a meta, mas uma consequência. E, quando acontecer, é importante que os movimentos sejam mais lentos para que a excitação – que já deve estar a mil! – caminhe num ritmo crescente. Com isso, aumenta a chance de o clímax acontecer de modo mais intenso e gostoso.

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Previsão do Babalorixá: agosto terá melhoras no cenário mundial da pandemia

Avatar

Publicado


source
Babalorixá Flávio de Odé
Acervo pessoal

Babalorixá Flávio de Odé afirma que em agosto surgirá vacina contra Covid-19

O babalorixá Flávio de Odé já havia relatado que 2020 não seria um ano nada fácil, tendo feito previsão sobre este cenário mundial desafiador ainda em 2019. Mas agora o religioso conta que o jogo começa a mudar em junho e trará descobertas de vacinas e remédios contra a Covid-19 a partir de agosto.

“Em minhas previsões de 2019 foi alertado sobre uma pandemia, no qual traria muitos problemas e dificuldades em 2020. O início do ano de 2020 não seria nada fácil devido a regência de Ikú (a morte), onde o ano de 2020,2+0+2+0=4 representa o Odu Irosún (Iemanjá, Omolu) trazendo doenças, mortes e todos os tipos de problemas relacionados à saúde, bem-estar e familiar, onde teremos uma melhora a partir do dia 21 de junho de 2020. Não trazendo a cura, mas sim tratamentos onde começaram a amenizar toda essa tragédia”, relata o religioso.

De acordo como babalorixá, Ikú vêm desmascarando toda a arrogância, intolerância, ganância, falsos líderes religiosos e mostrando a igualdade entre todos.

“Um ano onde as pessoas precisam se determinar com verdade, justiça, amor e respeito. A partir do dia 1° de agosto de 2020, começará uma nova fase em que serão descobertos os tratamentos, vacinas, não só para o Covid-19, como para outras doenças”, prenuncia o babalorixá, mas ele diz a economia não vai se reconstruir tão rápido.

Veja:  6 erros que todo mundo comete no frio e fazem mal para a pele

“Na parte financeira, ainda teremos dificuldades e conflitos entre civis e militares, interferência de outros países, vão existir altos e baixos e o país enfrentará um dos maiores desafios desse período. Tudo começará a melhorar a partir do dia 31 de outubro de 2020. Isso se acontecer a mudança espiritual a conscientização das pessoas em relação a tudo que estamos vivenciando”.

O religioso alerta para o surgimento de novas pandemias, caso o homem não entenda o recado do plano espiritual.

“Orixá Oyá diz: se não houver mudanças, poderão sim surgir novas pandemias, caos e outros problemas incluindo catástrofes naturais. Para evitarmos tudo isso, o Orixá Oxum diz: precisamos amar uns aos outros, respeitando e dando o melhor de cada um. Assim o ano de 2021 se iniciará com amor, prosperidade, família, soluções para as dificuldades do mundo, saúde e decisões importantes sobre o país, trazendo assim o bem-estar a todos, e todo o sofrimento de 2020 servirá como aprendizagem para 2021″, finaliza.

Leia:  Horóscopo do dia – previsões do dia 30 de maio

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana