conecte-se conosco


Mulher

Pouco tempo e pouca grana: mulher consegue emagrecer 50 kg em casa; se inspire

Avatar

Publicado

Quer ficar em forma para o verão? Não se preocupe, ainda dá tempo. O relato da jovem Luana Mota, mãe de gêmeas de dois anos, está aí para provar isso. Ela viu seu peso aumentar durante a gestação das filhas e começou a ter problemas com a balança ao manter um estilo de vida sedentário. Para mudar sua vida e emagrecer, a mulher precisou de muita disciplina e força de vontade.

Leia também: “Achamos que falar ‘gordinha’ reduz o problema”, diz mulher após emagrecer 60 kg

emagrecer arrow-options
Reprodução/Instagram/@luanamoota_

Luana Mota, de 25 anos, revela sua jornada de emagrecimento que teve como resultado 50 kg a menos: “Feliz e realizada”

Isso porque Luana, que tem 25 anos, fez toda a jornada em casa, com auxílio do programa de emagrecimento do portal Exercício em Casa. A jovem relatou sempre ter tido problemas com seu corpo e autoestima baixa, mas ao emagrecer a situação mudou completamente.

“Sempre tive problemas com meu corpo. Eu me sentia mal, não me aceitava, não queria ser assim, me cansava rápido. Eu gosto muito de dançar e não conseguia por cansar rápido demais. Minha casa tem escadas e eu cansava só de subir e nem tem tantos degraus assim”, diz Luana em depoimento ao site.

“Eu queria usar certas roupas, mas não tinha o meu tamanho, me olhava no espelho e chorava muito. Eu estava entrando em depressão por conta disso, tenho ansiedade e descontava tudo na comida”, confessa ela.

Pouco antes de descobrir a gravidez, a mulher tentou ter o hábito de realizar atividade física regularmente, mas descobriu que sua gestação era de risco e precisou parar com a prática. Dessa forma, ela foi de 90 kg para 122 kg e o desejo de perder peso só aumentou.

“Quando minhas filhas estavam com três meses, eu me pesei e levei um susto. Fiquei desesperada. Minhas roupas não me serviam mais e eu, com 23 anos, tinha que mudar isso”, conta.

O começo do emagrecimento

Assim que pôde voltar a praticar exercícios, Luana começou a seguir as dicas do portal e a fazer treinos leves, para iniciantes, e destacou que não havia como inventar desculpas, visto que as atividades eram feitas em casa.

“Quando comecei, dava preguiça, até o corpo acostumar é um processo, mas persisti. Botei um short pendurado na parede como incentivo no início”, revela a jovem. “Explicar que estava fazendo atividade física em casa também não foi tarefa fácil, mas quando família e amigos viram que o método dava resultado, deram o maior apoio”, relembra ela.

Apesar do início complicado, a jovem mantém essa rotina há um ano e nove meses e não se imagina sem seus exercícios. “Não consigo parar, se fico um dia sem, me sinto mal. Às vezes ficava uma semana sem malhar por estar doente e, na semana seguinte, já estava pesada, então não gosto de ficar sem treinar”, diz.

Leia também: 9 exercícios de musculação bem tradicionais, mas que são pura perda de tempo

Perder peso foi uma mudança completa

emagrecer arrow-options
Reprodução/Instagram/@luanamoota_

Wuando estava grávida, Luana chegou aos 122 kg. Agora a jovem pesa 72 kg e espera manter a qualidade de vida

A jornada para perder peso rendeu à Luana 50 kg a menos e proporcionou que ela se tornasse mais confiante e extrovertida do que antes. “A Luana de antes não era ela mesma, não era tão brincalhona como é hoje, não era ela mesma, não se sentia à vontade ou feliz e realizada como ela é hoje, tanto no quesito mãe como no quesito mulher”, destaca ela.

Se você deseja emagrecer , em especial para curtir bastante o verão , a jovem enfatiza que é importante não se entregar à tentação de desistir. “Cair ou querer desistir é normal, é só recomeçar novamente no dia seguinte”, finaliza.

Comentários Facebook

Mulher

Tantra para iniciantes: 11 passos simples para uma noite fantástica

Avatar

Publicado


source

Em tempos de isolamento social, muitos casais têm procurado formas de elevar a intimidade a outro nível. Além do confinamento, a convivência mais estreita e a preocupação com o futuro são alguns dos principais inimigos da libido nesse momento. Uma prática que pode aliviar a ansiedade, trazer um componente de novidade à relação e tirar as relações do piloto automático são as técnicas do tantra .

casal trocando olhares
FreePik

Usar as técnicas do tantra é uma ótima maneira de se aproximar e se conectar ainda mais seu parceiro


O Tantra é uma técnica milenar criada pelos drádivas, povo que vivia antigamente na região norte da Índia, e promete melhorar a conexão entre o casal e proporcionar mais prazer antes, durante e depois da experiência, com direito a orgasmos intensos e prolongados. Há quem diga, aliás, que os efeitos duram em média quatro horas.

Existem diversas possibilidades na prática, mas com alguns fundamentos básicos e fáceis já é possível aproveitar os seus benefícios . Vamos lá:

1. Reserve um tempo para praticar

Tantra não combina com pressa, preguiça ou cansaço. O ideal é praticar no horário em que os dois se sentirem mais dispostos, tanto faz se for pela manhã ou à noite. Desliguem os eletrônicos, fechem a porta do quarto e se entreguem à vivência.

2. Dedique-se ao cenário

Caprichar no ambiente é fundamental. O quarto ou a sala precisam ser preparados com carinho e cuidado, livres de poeiras e desorganização. Se a relação rolar na cama, escolha lençóis macios ao toque. Na sala, espalhe almofadas ou travesseiros pelo local. Plantas ou flores frescas elevam a vibração energética do lugar, assim como uma música suave.

Leia também: Como preparar o quarto para uma noite romântica

3. Libere a mente de preocupações

casal de mãos dadas
FreePik

Tantra pede paciência, calma, e parceira entre o casal

O ritmo mais lento do tantra exige que os pensamentos sigam na mesma frequência. Abandone as preocupações, a tensão em relação ao futuro e até mesmo as expectativas sobre a experiência. Ficar listando os “defeitinhos” do corpo, então, nem pensar! Trate de se concentrar no momento presente e não deixe que nada, nem mesmo os ruídos externos, atrapalhem sua concentração .

4. Primeiro explore o próprio corpo

Comece prestando atenção na sua respiração , para ir relaxando aos poucos. Depois, passe as mãos pelos cabelos, vá descendo o dedo pelo rosto, sentindo a face, os lábios, as orelhas. Em seguida parta para o pescoço, os braços, seios, barriga, nádegas, púbis. Repita os toques no corpo do parceiro. Neste momento, nenhum dos dois deve se preocupar com os órgãos ainda.

5. Conecte a respiração com a do par

Para isso o ponto de partida é a posição do abraço tântrico, também chamada de Yab Yum . É bem simples: o homem se senta com as pernas cruzadas (ou “pernas de índio”) e você se posiciona em seu colo, envolvendo o quadril dele com suas pernas. É importante que passar algum tempo assim, apenas juntos.

Segundo os preceitos do Tantra, a Yab Yum trabalha as polaridades feminina e masculina, aumentando a conexão do casal . A proposta é que ambos conectem a respiração, sendo que o ar expirado pelo homem é inspirado pela mulher e vice-versa, formando uma respiração circular. Os batimentos cardíacos também se regulam.

6. Olhem bem nos olhos um do outro

A troca de olhares é um dos pilares essenciais da prática, e serve tanto para fortalecer o vínculo como para compartilhar as percepções da transa num nível mais profundo. Em um primeiro momento, pode surgir um certo desconforto. Resista por cinco minutos, depois dez e até quinze. Enquanto observa o par, tente expressar tudo o que sente nesse relacionamento .

7. Beije suavemente

Nada de línguas loucamente enroscadas e ofegantes no beijo tântrico. Na prática, um deve beijar os lábios um do outro delicadamente, primeiro os superiores, depois os inferiores. As sucções devem ser suaves e, quando a língua entrar em ação, deve se movimentar vagarosamente.

8. Aposte na Massagem Sensitive

Também conhecida como massagem tântrica, é uma técnica que estimula o sentido do tato. Os dois, simultaneamente, devem passar as pontas dos dedos devagarinho pelo corpo um do outro. A ideia é percorrer cada zona erógena sem pressa para sentir os pelos, os poros arrepiados, detalhes da anatomia e, principalmente, regiões que costumam ser negligenciadas durante as preliminares .

9. Use cosméticos sensuais

Géis e  óleos de massagem aromáticos permitem explorar melhor o corpo, além de aumentar a sensibilidade corporal. 

10. Curta a conexão do momento

casal apaixonado
Pexels/Ba Tik

A ideia é tantra é curtir ao máximo o parceiro em todos os momentos

O objetivo do tantra não é “chegar lá”, mas, sim, aproveitar a “viagem”. Ou seja, a sessão de preliminares e carícias deve ser um tanto demorada. Depois da posição Yab Yum, vocês podem partir para outras variações, sempre numa pegada leve e evitando partir para a penetração. A intenção é que o casal explore os corpos o máximo possível.

Isso permite que a técnica atue como uma reguladora das diferenças da estimulação, desejo e respostas sexuais que são drasticamente diferentes em um casal. Além, é claro, da promoção de uma maior intimidade e expansão da energia para o corpo todo. 

11. Deixe a penetração apenas para o final

Ela não é a meta, mas uma consequência. E, quando acontecer, é importante que os movimentos sejam mais lentos para que a excitação – que já deve estar a mil! – caminhe num ritmo crescente. Com isso, aumenta a chance de o clímax acontecer de modo mais intenso e gostoso.

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Previsão do Babalorixá: agosto terá melhoras no cenário mundial da pandemia

Avatar

Publicado


source
Babalorixá Flávio de Odé
Acervo pessoal

Babalorixá Flávio de Odé afirma que em agosto surgirá vacina contra Covid-19

O babalorixá Flávio de Odé já havia relatado que 2020 não seria um ano nada fácil, tendo feito previsão sobre este cenário mundial desafiador ainda em 2019. Mas agora o religioso conta que o jogo começa a mudar em junho e trará descobertas de vacinas e remédios contra a Covid-19 a partir de agosto.

“Em minhas previsões de 2019 foi alertado sobre uma pandemia, no qual traria muitos problemas e dificuldades em 2020. O início do ano de 2020 não seria nada fácil devido a regência de Ikú (a morte), onde o ano de 2020,2+0+2+0=4 representa o Odu Irosún (Iemanjá, Omolu) trazendo doenças, mortes e todos os tipos de problemas relacionados à saúde, bem-estar e familiar, onde teremos uma melhora a partir do dia 21 de junho de 2020. Não trazendo a cura, mas sim tratamentos onde começaram a amenizar toda essa tragédia”, relata o religioso.

De acordo como babalorixá, Ikú vêm desmascarando toda a arrogância, intolerância, ganância, falsos líderes religiosos e mostrando a igualdade entre todos.

“Um ano onde as pessoas precisam se determinar com verdade, justiça, amor e respeito. A partir do dia 1° de agosto de 2020, começará uma nova fase em que serão descobertos os tratamentos, vacinas, não só para o Covid-19, como para outras doenças”, prenuncia o babalorixá, mas ele diz a economia não vai se reconstruir tão rápido.

Veja:  6 erros que todo mundo comete no frio e fazem mal para a pele

“Na parte financeira, ainda teremos dificuldades e conflitos entre civis e militares, interferência de outros países, vão existir altos e baixos e o país enfrentará um dos maiores desafios desse período. Tudo começará a melhorar a partir do dia 31 de outubro de 2020. Isso se acontecer a mudança espiritual a conscientização das pessoas em relação a tudo que estamos vivenciando”.

O religioso alerta para o surgimento de novas pandemias, caso o homem não entenda o recado do plano espiritual.

“Orixá Oyá diz: se não houver mudanças, poderão sim surgir novas pandemias, caos e outros problemas incluindo catástrofes naturais. Para evitarmos tudo isso, o Orixá Oxum diz: precisamos amar uns aos outros, respeitando e dando o melhor de cada um. Assim o ano de 2021 se iniciará com amor, prosperidade, família, soluções para as dificuldades do mundo, saúde e decisões importantes sobre o país, trazendo assim o bem-estar a todos, e todo o sofrimento de 2020 servirá como aprendizagem para 2021″, finaliza.

Leia:  Horóscopo do dia – previsões do dia 30 de maio

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana