conecte-se conosco


Policial

Polícias Civil e Militar prendem 6 pessoas em operação de combate a criminalidade

Avatar

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Uma operação com objetivo de reforçar o combate a criminalidade em Guarantã do Norte (715 km ao Norte de Cuiabá), foi deflagrada pela Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar, na sexta-feira (18.10), no município. A operação denominada “Calefação” resultou em seis pessoas presas, além da apreensão de porções de entorpecentes, cigarros contrabandeados e outros produtos de origem ilícita.

O trabalho integrado tinha como objetivo a desarticulação de uma associação criminosa atuante no comércio de entorpecentes e outros crimes, que vinha atuando no município e região.

Um dos suspeitos, O.J.P., foi surpreendido pelos policiais civis e militares quando trafegava pela Rodovia BR-163, em um veículo Saveiro. Ao perceber a presença das equipes, o criminoso tentou empreender fuga, porém foi alcançado pelos policiais. Na ocasião, um outro suspeito que estava com ele conseguiu escapar do cerco policial.

No interior do veículo Saveiro foram apreendidos dois tijolos pesando aproximadamente 1,5 quilo de pasta base de cocaína. O.J.P. foi conduzido à Delegacia de Polícia de Guarantã do Norte, interrogado e autuado em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Em outro ponto da cidade, uma tabacaria situada no bairro Jardim Vitória, foi realizada a abordagem de vários menores de idade, além de serem encontrados produtos oriundos de contrabando.

O proprietário do estabelecimento foi detido para esclarecimentos. No local, também foi localizada uma mulher, monitorada por tornozeleira eletrônica, porém que estava com o aparelho desligado.

Em outro bar no bairro Santa Marta, os policiais apreenderam vários maços de cigarros de origem estrangeira e de venda proibida no Brasil. No endereço, outras duas pessoas foram detidas por desacato e por fornecer bebida alcoólica para menores de idade, respectivamente.

 

 

Comentários Facebook

Policial

Polícia Civil queima mais de 120 quilos de entorpecentes em Sorriso

Avatar

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Sorriso (420 km ao norte de Cuiabá) incinerou cerca de 120 quilos de entorpecentes, na manhã desta sexta-feira (05.06). O ato de destruição foi realizado em uma cerâmica, situada no Setor Industriário da cidade.

Ao todo foram incinerados 123 envelopes de segurança da Politec, contendo substâncias ilícitas como maconha, pasta base e cocaína.

As apreensões são provenientes de diversas ações realizadas na região pela Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal.

Com a guarda desses entorpecentes a Delegacia de Polícia de Sorriso representou pela autorização para queima, deferida pela juíza da 1ª Vara Criminal da Comarca local.

Além dos policiais civis participaram da incineração, representantes da Politec e Vigilância Sanitária.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil de Nova Xavantina prende suspeito e recupera equipamentos roubados de propriedade rural

Avatar

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Dois equipamentos furtados de uma propriedade rural do município de Novo São Joaquim (482 km a leste de Cuiabá), foram recuperados, na quinta-feira (04.06), pela Polícia Civil de Nova Xavantina, região leste da Capital. Um suspeito, de 37 anos, foi preso e autuado em flagrante pelo crime de receptação.

As diligências iniciaram no domingo (31.05), após o furto de algumas cabeças de gado ocorrido em uma fazenda agrícola em Novo São Joaquim. Além dos animais, os suspeitos subtraíram uma motosserra, uma furadeira, dois arreios, entre outras ferramentas.

Na investigação os policiais civis de Nova Xavantina identificaram um homem que estaria com parte dos objetos furtados. Ao ser localizado com os materiais foi verificado se tratar dos produtos levados da fazenda. Ele foi questionado e negou o envolvido no crime em apuração.

Diante dos fatos o rapaz foi conduzido para Delegacia de Nova Xavantina, ouvido e autuado por receptação. Após a confecção dos autos, foi arbitrada a fiança ao suspeito. O pagamento não foi efetuado e o preso foi encaminhado para o Presídio Major Zuzi Alves da Silva, na cidade de Água Boa.

As investigações continuam para esclarecimento do furto, prisão dos autores e recuperação do gado subtraído.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana