conecte-se conosco


Economia

Bolsa fecha acima de 106 mil pontos pela primeira vez

Avatar

Publicado

Beneficiado pelo cenário internacional e pela expectativa da votação amanhã (22) da reforma da Previdência em segundo turno no Senado, o índice Ibovespa, da B3 (antiga Bolsa de Valores de São Paulo), encerrou esta segunda-feira (21) com novo recorde. O indicador fechou o dia aos 106.022 pontos, com alta de 1,23%.

O recorde anterior havia sido registrado em 10 de julho, quando o Ibovespa tinha fechado aos 105.817 pontos. Na sessão de hoje, a bolsa subiu impulsionada por alívio na tensão comercial entre Estados Unidos e China, com a expectativa de juros mais baixos no Brasil no fim do ano e a votação da reforma da Previdência.

Segundo o boletim Focus, pesquisa do Banco Central com instituições financeiras divulgada hoje (21), a taxa Selic – juros básicos da economia – deve encerrar 2019 em 4,5% ao ano, contra estimativa anterior de 4,75% ao ano. Os juros devem cair porque a inflação está em níveis baixos.

A expectativa de juros menores atraiu o interesse na bolsa de valores, que promete maiores rendimentos com riscos mais altos. No entanto, a Selic menor aumenta a cotação do dólar. A moeda norte-americana encerrou esta segunda-feira vendida a R$ 4,13, com alta de 0,27%.

Veja Também  Bancos dão início a semana com renegociação de dívidas e descontos de até 92%

Na rede social Twitter, o presidente Jair Bolsonaro comemorou o recorde histórico do Ibovespa. Ele citou a melhora de outros indicadores econômicos, como o emprego formal, para indicar que a economia brasileira está recuperando a credibilidade.

“Ibovespa em novo recorde histórico; mais de 760.000 empregos formais criados desde o início de nosso governo; Sinais de recuperação na economia com a confiança do investidor; Risco Brasil em queda, bem como a criminalidade. Após décadas de destruição, o Brasil está se reerguendo.”, escreveu Bolsonaro, que está em viagem ao Japão.

Edição: Fábio Massalli
Fonte: EBC
Comentários Facebook

Economia

Como planejar e organizar uma grande reunião produtiva

Avatar

Publicado

source
reunião arrow-options
BNI Rota
Uma reunião sem planejamento pode ser considerada uma perda de tempo pelos participantes

A preparação de uma grande reunião pode significar o seu sucesso ou fracasso. Quanto mais
preparada, mais produtiva e eficiente ela será.

Se você busca otimizar o seu trabalho e se preocupa com a sua produtividade e com a produtividade de sua equipe, você precisa saber organizar uma reunião produtiva.

Cada vez mais as organizações estão sendo regidas por reuniões, mas a pergunta é: esta
reunião esta sendo produtiva? Algumas reuniões podem levar horas e horas , não levando a
lugar nenhum pela falta de planejamento.

Veja sete dicas para tornar a reunião mais produtiva e rápida

Quando mal gerenciada, muitos executivos consideram a reunião como um desperdício de tempo e sem nenhum resultado efetivo ou tomada de decisão concreta. O nosso tempo é o capital mais precioso, portanto, quanto mais horas desperdiçadas, mais a empresa se prejudica financeiramente.

Visando tornar o preparo de reuniões mais eficiente , destaca-se alguns princípios que podem
nortear e garantir o seu sucesso:

Identificar o objetivo claro da reunião, certificar-se que ela é realmente necessária , elaborar
uma pauta preliminar e que esta pauta seja de conhecimento de todos os participantes
antecipadamente, selecionar os participantes corretos deixando claro seu papel nesta reunião, definir claramente o horário de início e final da reunião.

Sabe liderar? Faça o teste e descubra que tipo de tipo líder é você

Veja Também  Balança comercial fecha novembro com menor superávit desde 2015

Pontualidade é essencial. O respeito ao tempo é o ingrediente principal para que a receita seja um sucesso.

Mas qual a finalidade da reunião?

Ao organizar uma reunião, você precisa identificar sua categoria . Será uma reunião de
alinhamento, uma reunião de planejamento, uma reunião de brainstorming ou uma reunião
de fechamento de negócios. O segredo das melhores pautas de reunião são aquelas que possuem poucos tópicos.

Se você quer a participação efetiva de todos os convocados durante a reunião, faça com que
eles saibam seu objetivo e finalidade antecipadamente, mas cabem algumas perguntas e você
organizador da reunião deve saber responde-las: quem deve participar da reunião? Por que
ele deve estar presente? Em que ele poderá contribuir ?

Saiba como cortar gastos modificando o layout do escritório

Definido seus participantes, preocupe-se com a infraestrutura da sua reunião e com a tecnologia: computador, projetores, documentos necessários, relatórios, pautas e atas de reuniões anteriores, análise do ambiente, local, iluminação, flipchart, etc.

Devo designar papéis aos participantes durante a reunião?

Sim. Designar aos participantes um papel específico a desempenhar pode aumentar o foco e o
envolvimento.

Alguns papéis podem ser destacados:

O  facilitador que conduz a discussão assegurando que todos os pontos são abordados e que todos os participantes tenham tempo uniformes para expressarem suas opiniões,

Veja Também  Você concorda? Deputados discutem criar um prêmio máximo para Mega-Sena

O Controlador de tempo ajuda na evolução da discussão de modo eficiente,

Colaborador mantém a discussão ativa e sem perder o foco e 

O Especialista que deve compartilhar conhecimento sobre as questões específicas.

Você também precisa identificar o processo de tomada de decisão que será utilizado na
reunião. Escolha um método com antecedência a fim de assegurar que a reunião seja
concluída com um resultado claro.

Como exemplo, cito o voto por maioria que permite que todos sejam ouvidos ou o consenso do grupo que permite aos participantes compartilharem sua área de especialidade e aumenta a oportunidade de convencimento por parte de todos envolvidos.

Pós-reunião

Como pós-reunião, mais importante do que executar as pendências, é fazer follow-up de tudo
que está pendente. É fundamental que você acompanhe todas as delegações alinhadas na
reunião, de modo que assegure a execução de todos os trabalhos. Finalize a pauta e a
distribua a todos os participantes.

Para uma boa conclusão, acompanhe as questões com os participantes pessoalmente.
Certifique-se que todos entenderam os objetivos e resultados da reunião e que esteja claro a
responsabilidade de cada um sobre as deliberações estabelecidas.

O sucesso para uma reunião produtiva é que esta tenha o engajamento efetivo de todos os
convocados e que tenha estabelecido etapas claras , com começo, meio e fim e o grau de
responsabilidade de cada um dos participantes em suas distintas etapas e deliberações.

Fonte: IG Economia
Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

Senado prorroga isenção de impostos para templos religiosos até 2032

Avatar

Publicado

source
igreja universal arrow-options
Divulgação
Senado aprovou por unanimidade a prorrogação da isenção de impostos para templos religiosos até 2032

O plenário do Senado aprovou na noite desta quarta-feira (4), por 62 votos a 0, um projeto que permite a isenção de templos de qualquer culto e entidades beneficentes de assistência social do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) até o fim de 2032. Pela legislação em vigor, o benefício fiscal para essas entidades havia sido extinto em dezembro do ano passado, por falta de previsão expressa. A matéria segue agora para a sanção do presidente Jair Bolsonaro.

Leia também: Caiu no pente-fino do INSS? Saiba como recuperar o benefício

O texto, que foi aprovado em maio pela Câmara, altera lei complementar de 2017, que já prorrogava por 15 anos os incentivos destinados ao fomento das atividades agropecuária e industrial e ao investimento em infraestrutura rodoviária, aquaviária, ferroviária, portuária, aeroportuária e de transporte urbano.

O projeto é de autoria da deputada federal Clarissa Garotinho (Pros-RJ). O texto inclui templos e entidades beneficentes em um item do trecho da lei que prevê a autorização da concessão de isenções por estados por determinados períodos, de um a 15 anos, no âmbito da chamada “guerra fiscal”.

Veja Também  Equipe do Magazine Luíza comemora Black Friday de forma inusitada; veja fotos

A aprovação no Senado ocorreu depois de o plenário aprovar o projeto de lei que estabelece a reforma da Previdência dos militares e muda aspectos das carreiras das Forças Armadas, que também seguiu à sanção de Bolsonaro. Foi o segundo e último item apreciado na sessão. Os senadores haviam aprovado o regime de urgência para a matéria na semana passada.

Leia também: Nascidos em setembro e outubro podem sacar FGTS a partir desta sexta-feira

Na aprovação da Câmara, Clarissa Garotinho, que compareceu à votação no plenário do Senado, explicou que a intenção do projeto era renovar a isenção de impostos com que templos e entidades beneficentes já contavam antes da lei complementar de 2017.

Fonte: IG Economia
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana