conecte-se conosco


''Perdeu a cabeça"

Adolescentes que ameaçaram massacre em escola de VG vão responder por incitação e apologia ao crime

Publicado

FONTE: JORNAL A GAZETA | SILVANA RIBAS

Três adolescentes de 16 anos vão responder pelos atos infracionais de incitação e apologia ao crime depois de criarem um grupo no whatsapp intitulado “Massacre na Escola”, onde previam a realização do evento para esta sextafeira (18). Os três estudantes da Escola Estadual Salim Nadaf, no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande, foram autuados nesta quinta-feira (17), e só saíram da Delegacia Especializada do Adolescente (DEA) no início da noite, acompanhados dos pais. Segundo o delegado Romildo Grota, titular da DEA, a denúncia foi feita por volta das 10 horas da manhã, pela direção da escola, já que a informação sobre a criação do grupo teria sido compartilhada por outros estudantes e chegou ao conhecimento de professores.

Temendo que se tratasse de planejamento de ato criminoso, a direção comunicou a Polícia Civil que imediatamente passou a realizar diligências. Durante a tarde foram realizadas buscas nas casas dos três jovens. Um estava trabalhando, um no médico e outro estava em casa, informou o delegado. As buscas foram autorizadas pelos responsáveis, mas nenhum material ilícito ou arma foi localizada.

Veja Também  Polícia Civil identifica e prende autor de homicídio em Sorriso

Os três, que são alunos dos 9º ano do ensino fundamental e 1º e 2º anos do ensino médio, disseram que tudo não passou de uma brincadeira de um deles, que criou o grupo com um participante e compartilhou o print com os demais, causando a confusão. O fato dos alunos participarem de um evento ligado a artes marciais, neste final de semana, colaborou para aumentar o medo, pois acreditavam que os eventos poderiam estar ligados. Os celulares dos três foram apreendidos e passarão pela perícia, assegurou Grota. Apesar de aparentemente não haver nenhum plano de atentado, o procedimento será instaurado e os três serão responsabilizados, pois o ato teve consequências, assegura o delegado. Ressalta que tão logo a DEA foi comunicada iniciou os trabalhos e os interrogatórios dos envolvidos.

Os familiares dos estudantes, que acompanhavam o caso na especializada, estavam abalados, principalmente as mães, inconformadas com as atitudes dos estudantes. A Polícia Civil comunica que todas as informações que chegam ao conhecimento da instituição, referente a ameaças de ataques em escolas, são devidamente checadas com atenção especial para os casos. Detalhes sobre estas ocorrências não serão repassados para que não estimulem ou encorajem outros na mesma prática de compartilhamento de mensagens.

Comentários Facebook

''Perdeu a cabeça"

Mulher desmaia com chute de homem, em briga

Publicado

 

Vide compartilhado em rede social mostra uma briga entre duas mulheres em Rondonópolis (212 quilômetros de Cuiabá) e um ato de covardia de um homem. Ao tentar defender uma das envolvidas, ele desfere um chute e desmaia uma mulher.

A briga acontece em frente a uma lanchonete.

Enquanto as mulheres se estapeiam e puxam os cabelos uma da outra, algumas pessoas tentar separar a luta corporal. No entanto, um homem se aproxima e passa a puxar o cabelo de uma das mulheres. Quando percebe que a agressão não separa as “brigonas”, ele acerta um chute no rosto de uma delas.

Num movimento rápido, a mulher cai no chão violentamente e parece ficar desacordada. Após a agressão violenta, o homem corre em fuga. Ao que consta, a mulher caída no chão é socorrida por populares.

O motivo da briga não foi informado, nem o estado de saúde da mulher.

Comentários Facebook
Veja Também  Após vídeo de morte de três onças viralizar, Delegado investiga se caso ocorreu em MT
Continue lendo

''Perdeu a cabeça"

Agência dos Correios é arrombada durante apagão; ‘Vagabundo’ é preso

Publicado

Uma agência dos Correios foi arrombada durante um apagão em Guiratinga, a 334 km de Cuiabá, na madrugada desta terça-feira (22). A falta de energia foi ocasionada por uma forte chuva que atingiu a cidade. O suspeito foi preso no local portando os equipamentos utilizados para arrombar a agência. Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, ao patrulhar a área central, os PMs avistaram a janela da agência quebrada e, na parede próxima a ela, quatro sacos plásticos com moedas. Três pacotes estavam abertos e continham R$ 14,95. O pacote lacrado continha moedas de R$ 0,1 centavos. Os policiais fizeram buscam ao redor dos Correios e encontraram o suspeito escondido em cima de uma árvore. Ele estava de capuz na tentativa de se esconder. O suspeito era conhecido no mundo do crime como ‘Vagabundo de Guiratinga’.

Materiais foram apreendidos com o suspeito — Foto: Polícia Militar - MT

De acordo com a polícia, durante revista foram encontradas várias moedas no bolso do suspeito. Ele também portava um canivete, duas chaves de fenda e uma philips. Ao descer da árvore, o suspeito ficou ferido com um corte no supercílio. Por isso, foi levado ao Pronto Atendimento para ser medicado. Depois de ser atendido pelo médico, ele foi encaminhado para o Centro Integrado de Segurança e Cidadania (CISC).

Veja Também  Prefeitura informa o que abre e fecha nos feriados de 15 e 20 de novembro

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana