conecte-se conosco


Esportes

“Via demônios”, diz Casagrande ao recordar luta contra as drogas

Publicado

Walter Casagrande arrow-options
Reprodução/Instagram
Walter Casagrande

O comentarista da TV Globo Walter Casagrande contou mais um episódio de sua luta contra as drogas. Em entrevista ao apresentador Amaury Jr., na RedeTV!, ele relembrou um acidente de carro que sofreu em 2007 após consumir drogas e afirmou que “chegou a ver demônios” por conta do surto.

Leia também: Caso Daniel: Justiça ordena que assassino pague pensão para filha do jogador

“Tive um surto psicótico e comecei a ver demônios na minha casa. Surtei porque estava usando droga por vários dias sem parar, sem beber água, sem nada. Então eu surtei naquilo que eu mais estava lendo sobre, que eram coisas demoníacas, trevas, etc. Comecei a ver demônios na minha casa o tempo todo. Saí da minha casa, fui me hospedar num hotel em frente à TV Globo. Fiz o check-in, subi e quando abri a porta os demônios estavam lá ainda. Por que? Porque eles estavam dentro de mim, eles eram meus”, disse o ex-jogador.

Veja Também  Um olho na Superliga e outro em Tóquio

Casagrande também contou como foi o momento do acidente.

“Eu estava no caos, péssimo. Usando muita droga que tava me agitando, muita droga para me acalmar e algumas até para dormir, tudo isso misturado com tequila. Quando saí do hotel, eu adormeci ali no Alto da Lapa [Zona Oeste de São Paulo], meu pé pisou no acelerador, subi numa calçada, girei em cima de seis carros e caí ali. Quando acordei já tinha ambulância e tudo e eu estava muito confuso”, completou.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook

Esportes

Vasco aposta em personalidade e intensidade para superar Flamengo

Publicado

source

O Vasco ainda não venceu o Flamengo em 2019. Foram cinco jogos, com dois empates e três vitórias rubro-negras. Mas o zagueiro colombiano Oswaldo Henriquez afirmou em entrevista coletiva realizada nesta terça (12) que chegou a hora de o time de São Januário virar esta história e vencer um campeonato à parte, o Clássico dos Milhões: “É um bonito desafio e o Vasco, por ser o maior rival, tem a expectativa de surpreender nesta partida. Seria uma vitória muito especial e, dentro de nosso planejamento, é um jogo que poderia representar um título. E vamos encarar assim”.

Na entrevista o zagueiro Henriquez também falou sobre Vanderlei Luxemburgo (técnico que acaba de completar seis meses à frente do comando da equipe carioca): “É um dos maiores nomes do Brasil e tem toda a inteligência para reestruturar o futebol do Vasco. É uma questão para a diretoria, mas acho que o trabalho dele tem sido muito bom”. 

Para a partida desta quarta o Vasco tem problemas na zaga. Leandro Castán está suspenso e o substituto Ricardo Graça corre contra o tempo para se recuperar de uma pancada na coxa esquerda, recebida na vitória de 3 a 0 sobre o CSA no último domingo em Maceió.

Veja Também  Thiago Paulino é bicampeão no arremesso de peso no Mundial de Dubai

“O conjunto é o mesmo. Sempre tem mudança na zaga, no meio e no ataque, mas sempre tentamos melhorar o sistema defensivo como um todo. Independente de quem esteja na posição, sempre temos coisas para corrigir”, afirma o defensor.

Quem volta a estar à disposição de Luxemburgo é Marrony. O atacante cumpriu suspensão automática e pode começar o clássico entre os titulares ao lado de Rossi e Ribamar, ou de apenas um deles caso Luxemburgo opte pelo 4-4-2. Porém, mais do que tática, Henriquez prega personalidade e futebol para superar o arquirrival: “Requer intensidade, mas também personalidade, vamos colocar a bola no chão e jogar de igual pra igual”.

Você acompanha Flamengo e Vasco na Rádio Nacional (1130 AM), na próxima quarta (13) a partir da 21h, direto do estádio do Maracanã.

Edição: Fábio Lisboa
Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Vasco aposta em personalidade e intensidade para superar Flamengo

Publicado

O Vasco ainda não venceu o Flamengo em 2019. Foram cinco jogos, com dois empates e três vitórias rubro-negras. Mas o zagueiro colombiano Oswaldo Henriquez afirmou em entrevista coletiva realizada nesta terça (12) que chegou a hora de o time de São Januário virar esta história e vencer um campeonato à parte, o Clássico dos Milhões: “É um bonito desafio e o Vasco, por ser o maior rival, tem a expectativa de surpreender nesta partida. Seria uma vitória muito especial e, dentro de nosso planejamento, é um jogo que poderia representar um título. E vamos encarar assim”.

Na entrevista o zagueiro Henriquez também falou sobre Vanderlei Luxemburgo (técnico que acaba de completar seis meses à frente do comando da equipe carioca): “É um dos maiores nomes do Brasil e tem toda a inteligência para reestruturar o futebol do Vasco. É uma questão para a diretoria, mas acho que o trabalho dele tem sido muito bom”. 

Para a partida desta quarta o Vasco tem problemas na zaga. Leandro Castán está suspenso e o substituto Ricardo Graça corre contra o tempo para se recuperar de uma pancada na coxa esquerda, recebida na vitória de 3 a 0 sobre o CSA no último domingo em Maceió.

Veja Também  Copa do Mundo de natação: Brasil garante ouro na etapa de Doha

“O conjunto é o mesmo. Sempre tem mudança na zaga, no meio e no ataque, mas sempre tentamos melhorar o sistema defensivo como um todo. Independente de quem esteja na posição, sempre temos coisas para corrigir”, afirma o defensor.

Quem volta a estar à disposição de Luxemburgo é Marrony. O atacante cumpriu suspensão automática e pode começar o clássico entre os titulares ao lado de Rossi e Ribamar, ou de apenas um deles caso Luxemburgo opte pelo 4-4-2. Porém, mais do que tática, Henriquez prega personalidade e futebol para superar o arquirrival: “Requer intensidade, mas também personalidade, vamos colocar a bola no chão e jogar de igual pra igual”.

Você acompanha Flamengo e Vasco na Rádio Nacional (1130 AM), na próxima quarta (13) a partir da 21h, direto do estádio do Maracanã.

Edição: Fábio Lisboa
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana