conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil e Sefaz deflagram operação de combate a crimes tributários

Avatar

Publicado

Assessoria/PJC-MT 

A Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada em Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (Defaz) deflagrou nesta quarta-feira (09.10) em conjunto com a Secretaria de Estado de Fazenda a Operação Fake Paper para cumprimento de nove mandados de prisão preventiva e 16 de busca e apreensão por crimes contra a administração pública.

A ação policial apura uma organização criminosa que através de falsificação de documento público, falsificação de selo ou sinal público e uso de documento falso promoveu a abertura de empresas de fachada, visando disponibilizar notas fiscais frias para utilização de produtores rurais e empresas nos crimes de sonegação fiscal. Além disso, o esquema possibilitou a prática de crimes não tributários, como a fraude a licitação, ou mesmo ‘esquentar’ mercadorias furtadas ou roubadas.

O delegado Sylvio do Vale Ferreira Junior, que preside as investigações, ressalta que a emissão de notas fiscais frias interfere negativamente na base de dados da Sefaz-MT. “Distorcendo as informações sobre produção econômica do estado e, consequentemente, na composição de índices do Fundo de Participação dos Municípios, e no cálculo do Fundo de Participação dos Estados, causando efeitos devastadores ao estado”.

A Secretaria de Fazenda de Mato Grosso constatou que, juntas, as empresas Rio Rancho Produtos do Agronegócio Ltda. e Mato Grosso Comércio e Serviços e a B. da S.. Guimarães Eireli emitiram R$ 337.337.930,11 milhões em notas frias, gerando um prejuízo alarmante ao Estado.

O delegado titular da Defaz, Anderson da Cruz e Veiga, ressalta que “a operação busca apreender documentos, dispositivos móveis e computadores que possam robustecer ainda mais a investigação e integra mais uma ação da Defaz em conjunto com a Secretaria de Estado de Fazenda, no combate aos crimes contra a ordem tributária”.

Os mandados estão sendo cumpridos em sete cidades de Mato Grosso: Cuiabá, Tangará da Serra, Campo Novo dos Parecis, Barra do Bugres, Canarana, Sorriso e Juína.

Agora pela manhã, às 10h, será concedida coletiva à imprensa no sala de audiências da Sefaz, no Centro Político Administrativo.

Comentários Facebook

Policial

Dupla é detida por tráfico de droga e entorpecente encontrado dentro de veículo

Avatar

Publicado


.

Policiais militares da 2ª Companhia de Comodoro (a 644 km de Cuiabá) prenderam nesta terça-feira (26.05), um homem e uma mulher por tráfico de droga. Um terceiro suspeito foi detido por associação criminosa.

Conforme o boletim de ocorrência, a denúncia via 190 descrevia que pessoas em um taxi estariam trazendo drogas da cidade de Nova Lacerda.

Devido à informação, os policiais seguiam até a BR-174 e viram um veículo VW Voyage prata, com a identificação de transporte de passageiro. Foi solicitada ordem de abordagem e na vistoria no carro foi encontrado um tablete de maconha. Ambos negaram saber da droga.

Já durante a madrugada, os policiais foram informados que a suspeita detida ficaria na casa de um homem, no bairro Setor Industrial. O denunciado já foi detido também por tráfico de droga.

Os militares foram até o imóvel e questionaram o homem que confirmou que daria abrigo a suspeita a pedido de um conhecido. Ele também confirmou que sabia que ela estaria carregando entorpecente.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

PM identifica casa usada como ponto de tráfico de droga em Rondonópolis

Avatar

Publicado


.

Policiais militares do 5º Batalhão de Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá) prenderam no final da manhã desta quarta-feira (27.05), dois homens e uma mulher por tráfico de droga, no bairro Jardim Iguassu.

Conforme o boletim de ocorrência, a denúncia descrevia o trio como responsável pela venda de entorpecente na região. Apontava ainda um dos homens como monitorado por tornozeleira eletrônica.

Devido à denúncia, os policiais foram até o imóvel e encontraram os denunciados. Foi iniciada a vistoria e encontrado em um dos quartos 22 porções entre pasta base de cocaína e maconha, R$ 1,5 mil em dinheiro, uma máquina de cartão, além de eletrodomésticos, eletroeletrônicos e ferramentas, tudo sem procedência.  

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana