conecte-se conosco


Mato Grosso

Estado investe mais de R$ 1 milhão em centrífugas para o Banco de Sangue

Publicado

Único banco de sangue público de Mato Grosso, o MT Hemocentro recebeu um investimento de R$ 1,3 milhão por parte do Governo do Estado, para aqusição de novas centrífugas refrigeradas que serão distribuídas para a hemorrede. Até o momento, um total de seis centrífugas foram licitadas, das quais três já estão no banco de sangue e serão destinadas aos municípios de Sinop, Primavera do Leste e Rondonópolis.

“Este investimento é uma forma de aprimorar a estrutura do MT Hemocentro, uma unidade especializada que desempenha um papel fundamental para todas as unidades de saúde do estado. A atual gestão da Secretaria de Estado de Saúde está atenta às necessidades do banco de sangue e pretende continuar investindo de forma significativa nesta importante estrutura”, disse o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Foto por: Tchélo Figueiredo – Secom/MT

De acordo com a diretora do MT Hemocentro, Gian Carla Zanela, até o final de outubro, outras três centrífugas serão entregues para as Unidades de Coleta e Transfusão (UCTs) nos municípios de Juína, Água Boa e Colíder. Mais seis centrífugas estão em processo licitatório e, assim que concluído o certame, serão destinadas a outros municípios da hemorrede.

Veja Também  Sema abre inscrições para Curso de Gestão Ambiental em Rondonópolis

“Esses equipamentos representam um marco histórico para a hemorrede, isto é, as unidades de coleta e de transfusão de sangue localizadas em cidades estratégicas para atender a demanda do interior do Estado. As máquinas são as melhores que estão no mercado atual e são totalmente automatizadas, o que diminui o risco de acidente de trabalho para as equipes que usam esse instrumento diariamente”, destacou.

A centrífuga refrigerada é utilizada para a produção de plaquetas, concentrados de hemácias, plasma e crioprecipitado, que são os componentes do sangue destinados para o tratamento de pacientes com queimaduras e que tenham doenças do sangue – como hemofilia, anemias, doença de Von Willebrand, doença de Guacher, talassemias, artrite hemofílica, entre outras.

A diretora também ressalta que essa produção de hemoderivados do sangue atende aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) atendidos em hospitais, prontos-socorros e outras unidades de saúde de todo o Estado, além de também abastecer o atendimento ambulatorial das patologias relacionadas ao sangue, que é realizado no ambulatório do MT Hemocentro, em Cuiabá.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

Jovem que fez vídeo convidando policiais para seu aniversário tem pedido aceito no nortão; veja vídeo

Publicado

Hércules Kollenberg foi surpreendido pela Força Tática da Policia Militar, após gravar um vídeo e postar em suas redes sociais, convidando os policiais militares para sua festa de aniversário de 15 anos, nesta segunda feira (21).

Hércules, reside no município de Nova Ubiratã, situado cerca de 503 km da capital do estado, Cuiabá.

De acordo com Soldado Alexandre, a equipe de Força Tática tomou conhecimento do fato, através das redes sociais, e com isso os militares ficaram sensibilizados e não pensaram duas vezes, para realizar o sonho deste jovem. De pronto uma equipe de Força Tática deslocou de Sorriso até o município de Nova Ubiratã, no intuito de participar da festa de aniversário do adolescente Hércules que é um admirador especial da Força Tática.

O jovem ao ver os policiais chegando em sua casa, ficou extasiado, e prestou continências aos militares. Com um sorriso no rosto Hércules não conseguiu esconder alegria e emoção ao ver seus ídolos, que o mesmo segue como exemplo.

“Carinho, respeito e admiração são uns dos maiores bens e retorno que podemos ter em forma de reconhecimento pela sociedade, que confia na policia militar.” Enfatizou o Soldado da PM Alexandre.

Por: Daniel Da Silva\Tv Ubiratã

Comentários Facebook
Veja Também  Alunos aprendem cultura africana e indígena com projeto de pintura
Continue lendo

Mato Grosso

Escolas estaduais e particulares participam de curso sobre Censo Escolar 2019

Publicado

Representantes de escolas estaduais e particulares de Várzea Grande participaram de um curso sobre o censo escolar 2019 para tirar dúvidas sobre o período de ajustes das matrículas, que termina no dia 31 de outubro. A formação ocorreu, nesta segunda-feira (21.10), no auditório da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

Segundo Rodrigo Miguéis Jacob, do Núcleo de Dados, Informação e Estatísticas da Seduc, o foco do curso é a retificação dos dados preliminares da matricula inicial do censo escolar 2019. “Esse ajuste é necessário, pois os dados preliminares, ocorreram no período de 29 de maio a 31 de julho, na base do programa Educacenso do Ministério da Educação (MEC)”.

Rodrigo Jacob assinala que o censo impacta tanto as unidades escolares públicas como da rede particular, uma vez que as escolas das rede estadual e municipais recebem verbas de programas federais e estaduais baseadas no número de alunos matriculados no ano anterior. Os repasses para o próximo ano estarão vinculados ao número de alunos da escola deste ano.  

Veja Também  Pleno nega recurso de ex-gestores e declaração de revelia é mantida

“São dados censitários e é importante também para as escolas privadas, uma vez que o número de alunos entra no sistema nacional de matrículas e, não só para que a escola obtenha a autorização, como a obrigatoriedade dos estudantes que fazem o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) estarem vinculados a uma escola”, frisa.

A secretária Noeli Almeida dos Anjos, da da Escola Estadual Maria Leite Marcoski, no Jardim Marajoara, gostou do curso, pois foi o momento de tirar as dúvidas. ”É um curso obrigatório para todos os responsáveis pelo censo. Sempre temos algo a aprender. Eu já estou com tudo pronto, mas sempre é bom participar de um curso assim”, declara.

A secretária, Letícia Pereira, da escola Crescer e Aprender, do bairro Alberto Canelas explica que é a primeira vez que participa do curso, mas não terá problemas em cumprir o prazo estabelecido pelo MEC.

A assessora pedagógica Geovaní Provenzano explica que muitas escolas estão com secretários novos e ainda precisam tirar algumas dúvidas sobre o censo escolar. “Por mais que tenham conhecimento, sempre existe uma dúvida. Esse é o momento dos esclarecimentos” ressalta.

Veja Também  Sema abre inscrições para Curso de Gestão Ambiental em Rondonópolis

Cuiabá e Municipais

Na semana passada, a Seduc realizou a mesma formação para representantes de escolas estaduais e municipais da Capital e municipais de Várzea Grande.  Em relação ao interior, os técnicos foram nos Centros de Formação e Atualização de Profissionais da Educação Básica (Cefapros) para reunião com representantes de escolas dos respectivos polos.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana