conecte-se conosco


Esportes

Egídio fala de chance de rebaixamento do Cruzeiro: “Não vamos deixar”

Avatar

Publicado

Sem vencer há seis rodadas, o Cruzeiro vem passando por uma fase delicada no Campeonato Brasileiro, ocupando a 18ª posição na tabela. Apesar do risco, Egídio garantiu que o time não vai cair para a segunda divisão durante coletiva de imprensa na Toca da Raposa.

Leia também: Em jogo polêmico, Cruzeiro empata com Inter em BH e segue com a corda no pescoço

Egídio arrow-options
Reprodução/Instagram

Egídio

O lateral-direito disse que o elenco não vai deixar “de maneira alguma” acontecer o rebaixamento, inédito na história do Cruzeiro . “Nós já nos comprometemos ali, nos fechamos sobre isso. De tantas glórias e conquistas que tivemos no Cruzeiro, nós não vamos deixar, de jeito nenhum, isso acontecer. O Cruzeiro nunca caiu, e não vai ser com a gente que vai cair. Tenho certeza disso. Não vamos deixar essa imagem do Cruzeiro, que resplandece, se apagar na Série A”, disse Egídio .

Leia também: Cruzeiro levaria 200 anos para pagar todas as suas dívidas, revela estudo

Contra o Fluminense, o lateral falou que o elenco jogará como se fosse uma decisão. “Estamos jogando, em casa, nossa vida no Brasileiro. O Cruzeiro sempre se mostrou forte em Série A, tanto é que tem quatro títulos. Então, nós vamos nos dedicar ao máximo. É decisão. Já mostramos, por diversas vezes ao longo dos anos, que o Cruzeiro é muito forte em decisões. Brigar lá em baixo também é muita responsabilidade. É a mesma (que brigar em cima), e pode ser até maior”, continuou.

O Cruzeiro enfrenta o Fluminense hoje, às 21:30, no Mineirão. Se vencer, o time chega aos 23 pontos e se iguala com o Ceará, primeiro time fora da zona de rebaixamento .

Comentários Facebook

Esportes

LeBron James protesta contra morte de homem negro por policiais

Avatar

Publicado


.

O jogador norte-americano de basquete LeBron James está entre vários atletas de destaque que foram às redes sociais para falar sobre a morte de um homem negro, que estava desarmado, e que foi visto em um vídeo deitado de bruços na rua enquanto um policial branco fica de joelhos sobre seu pescoço por vários minutos.

Quatro policiais de Mineápolis foram demitidos na última terça por causa do incidente de segunda-feira, no qual George Floyd, algemado, podia ser ouvido repetidamente gemendo e ofegante enquanto implora: “Por favor, não consigo respirar, por favor cara”.

LeBron, escolhido em quatro oportunidades como melhor jogador da NBA (liga profissional de basquete dos Estados Unidos), foi ao Instagram na noite da última terça para publicar um post no qual se referiu a Colin Kaepernick, ex-quarterback da NFL (liga de futebol americano dos Estados Unidos), que ficou ajoelhado durante a execução do hino nacional dos EUA para protestar contra a injustiça racial.

O post incluiu uma foto do policial com o joelho no pescoço de Floyd, ao lado de uma foto de Kaepernick ajoelhado durante o hino nacional com a legenda “Isso… …é o porquê”.

 
 
 

 
 
 
 
 

 
 

 
 
 

Do you understand NOW!!??!!?? Or is it still blurred to you?? ??‍♂️ #StayWoke?

Uma publicação compartilhada por LeBron James (@kingjames) em 26 de Mai, 2020 às 4:38 PDT

LeBron James, que joga no Los Angeles Lakers, também escreveu no post: “Vocês entendem AGORA !! ?? !! ?? Ou ainda está confuso para vocês?”.

Outros atletas manifestaram indignação com o incidente, que provavelmente adicionará combustível ao movimento Black Lives Matter (vidas negras importam, em tradução livre), desencadeado por uma série de assassinatos de homens negros desarmados cometidos pela polícia norte-americana.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Goiânia deve liberar treinos de futebol em junho

Avatar

Publicado


.

Os treinos de futebol podem recomeçar a partir da próxima segunda (1) na capital goiana. A Prefeitura de Goiânia vai apresentar na próxima quinta (28) um plano para retomada controlada das atividades econômicas não essenciais, e o esporte estará incluído. A decisão ocorreu nesta quarta (27) e foi anunciada pelo prefeito Iris Rezende, que pediu à população que continue utilizando máscara e evitando aglomerações.

A expectativa é pelo detalhamento desta reabertura, possivelmente com a cobrança de testes e exames para todos os jogadores. Segundo o poder municipal, os critérios foram definidos para retomar a vida normal de forma segura e gradual. Inicialmente contra a liberação do futebol, a secretária municipal de saúde, Fátima Mrué, explicou que a situação epidemiológica da cidade hoje é próxima ao pico de contaminação e a preocupação é com a capacidade assistencial, em especial com os leitos de UTI: “Nesse momento temos uma situação em que a taxa de ocupação é de 80%, ou seja, uma taxa que nos preocupa, então não podemos abrir mais nenhum segmento que coloque a população em risco”.

O Atlético Goianiense chegou a voltar aos treinos esta semana, mas voltou atrás após uma conversa com o governador Ronaldo Caiado, que publicou em seu perfil no Twitter uma mensagem lembrando que números são vidas. Segundo o último boletim, divulgado pelo Ministério da Saúde nesta quarta, o estado tem 108 mortes registradas e 2843 casos confirmados de covid-19.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana