conecte-se conosco


Mato Grosso

Programação da semana inclui shows de humor, teatro, curso e exposições

Publicado

Shows de humor, um contando o cotidiano de um casal e outro abordando as lendas e mitos do Pantanal, são os destaques de lazer e entretenimento da agenda cultural desta semana. Para quem busca um pouco de conhecimento, a opção é um  minicurso sobre cordel e mitologia. 

Amaury Tangará traz o espetáculo ‘Cafundó – onde o vento faz a curva’, na sexta-feira (20.09), em que apresenta com humor um pouco das lendas e tradições pantaneiras. No domingo (22.09), Eduardo Butakka e Thyago Mourão encenam ‘Loucos de Amor’, uma comédia sobre um casal em crise e que está à beira de um ataque de nervos. Os espetáculos integram a programação do Cine Teatro Cuiabá.

Na Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça, a opção é o minicurso sobre cordel e mitologia, que será ministrado dias 24 a 26 de setembro, pela escritora Clarissa Loureiro. No Museu Casa Dom Aquino acontece a 13ª Primavera de Museus de 23 a 25 de setembro.

A agenda cultural inclui opções de visitas mediadas no Museu de Arte Sacra e na Residência dos Governadores, além de exposição em cartaz na Galeria de Arte Lava Pés. Todos os eventos são realizados ou apoiados pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel).  

Confira a programação:

Cafundó – onde o vento faz a curva (Cine Teatro Cuiabá)

Os mitos, as lendas e as tradições do Pantanal brasileiro são o principal ingrediente do espetáculo ‘Cafundó – onde o vento faz a curva’, um divertido espetáculo solo no qual o contador de causos Amauri Tangará passa em revista o fantástico imaginário cultural do interior do Brasil. O evento é realizado em apoio ao I Encontro Nacional das Mulheres Sem Terra do MST. Ficha técnica – Elenco, Autor e Direção: Amaury Tangará; Diretora de Produção, Técnica de Iluminação e Sonoplastia: Tati Mendes.

Quando: 20/09

Horário: 19h30

Onde: Cine Teatro Cuiabá – Av. Pres. Getúlio Vargas, 247 – Centro, Cuiabá – MT, 78005-600

Ingresso: R$ 30 (inteira), R$ 15 (meia) e R$ 15 + 1 litro de leite (meia solidária).

Informações: (65) 2129-3848 e [email protected] / http://cineteatrocuiaba.org.br/programacao/

Eduardo Butakka e Thyago Mourão apresentam: Loucos de Amor (Cine Teatro Cuiabá)

Escrita, dirigida e encenada por Eduardo Butakka e Thyago Mourão, a comédia mistura teatro e cinema para contar a rotina de um casal à beira de um ataque de nervos. A peça é inspirada no curta de humor ‘Quem é Vanessa?’, que venceu o prêmio Golden Fox em Calcutá, na Índia, como melhor filme para web e novas mídias. A comédia fala sobre as neuroses da vida a dois e sobre as dificuldades de um relacionamento monogâmico. A trama se passa durante um único dia da vida do casal, um fatídico dia em que eles discutem a relação e se preparam para uma possível separação. Classificação 14 anos.

Serviço:

Quando: 22/09

Horário: 20h

Onde: Cine Teatro Cuiabá – Av. Pres. Getúlio Vargas, 247 – Centro, Cuiabá – MT, 78005-600

Ingressos: Ingressos: R$ 40 (inteira), R$ 20 (meia) e R$ 20 + 1 litro de leite (meia solidária)

Veja Também  Telessaúde de Mato Grosso recebe Prêmio Excelência em Competitividade

Informações: (65) 2129-3848 e [email protected] / http://cineteatrocuiaba.org.br/programacao/

16º Festival Estudantil de Trânsito de Mato Grosso (Cine Teatro Cuiabá)

A 16ª edição do Festival Estudantil de Trânsito de Mato Grosso (Fetran) tem como objetivo sensibilizar a população sobre seus direitos e deveres no trânsito, formando cidadãos comprometidos com a segurança e o bom convívio social. Para isso, utiliza-se das artes cênicas e fomenta a produção cultural e artística no ambiente escolar, além de contribuir na construção de um trânsito seguro. 

Os espetáculos são dirigidos e encenados por estudantes de escolas públicas e privadas do ensino fundamental e médio, educação especial e profissionalizante. O Fetran é organizado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) há 16 anos em Mato Grosso. A edição de 2019 já envolveu mil estudantes em 121 espetáculos. A final, no Cine Teatro Cuiabá, conta com apresentação de 22 espetáculos classificados nas seis etapas regionais. Os estudantes concorrem nas categorias: infantil, infanto-juvenil, juvenil e especial. Classificação livre.

Serviço:

Quando: 23 a 27/09

Horário: 8h

Onde: Cine Teatro Cuiabá – Av. Pres. Getúlio Vargas, 247 – Centro, Cuiabá – MT, 78005-600

Informações: (65) 2129-3848 e [email protected] / http://cineteatrocuiaba.org.br/programacao/

Minicurso sobre mitologia e cordel (Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça)

A Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça promove uma atividade com a escritora Clarissa Loureiro nos dias 24 a 26 de setembro. A autora conduzirá um minicurso para professores, estudantes e/ou público geral interessado em mitologia e cordel nordestino. Ao todo, são 60 vagas gratuitas, e as inscrições podem ser feitas na Biblioteca. 

Clarissa Loureiro é autora do livro ‘Laurus’ e irá apresentar a obra durante a atividade, dialogando com os participantes sobre o processo de escrita e compartilhando experiências. Ela também irá apresentar um pouco da história dela com a literatura.  O minicurso integra a programação da oficina ‘Encenando a Poesia’, que está sendo realizada desde o mês de julho na Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça. Ela é conduzida pelo escritor Luiz Renato de Souza Pinto, com a proposta de oferecer aos participantes ferramentas de criação, interpretação, leitura, audição e encenação de poemas. 

Serviço: 

Quando: 24 a 26/09

Horário: 14h às 17h

Ingresso: Gratuito, mas é necessário fazer inscrição na Biblioteca

Onde: Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça – Rua Antônio Maria, nº 251, Praça da República, Centro de Cuiabá 

Mais informações (65) 3613-9240/9230

13ª Primavera dos Museus (Museu Casa Dom Aquino)

Com exposições, visitas guiadas, oficina de Catalogação e higienização de acervo arqueológico, o Museu Casa Dom Aquino realiza a 13ª Primavera dos Museus.

O evento acontece de 23 a 25 de setembro e conta com: Exposição Amigos da Cerâmica – Patrimônio Cultural Imaterial; Exposição das Máscaras Sagradas Waura; Visita guiada na exposição museológica; Visita guiada Conhecendo a Reserva técnica; e Oficina de Catalogação e higienização de acervo arqueológico.

Mais detalhes da programação podem ser conferidos no link para inscrição: AQUI 

Exposição Sen[S]Ação (Galeria de Artes Lava Pés)

Com obras de Vitória Basaia, Gonçalo Arruda, Junne Fontenelle, Marcelo Velasco e Miguel Penha, a exposição coletiva Sen[s]ação está em cartaz na Galeria Lava Pés, de segunda-feira a sexta-feira, das 08h às 18h, com entrada franca e livre para todas as idades. A mostra fica aberta ao público até 15 de outubro.

Veja Também  Mantida homologação de cautelar que suspendeu Pregão em Poconé

A curadoria da mostra é de Marcelo Velasco, e reúne pinturas, esculturas e instalações. Nela, os cinco artistas exibem seus trabalhos mais recentes, organizados num projeto de expografia que promete mexer com as sensações do público.

Quando: De segunda-feira a sexta-feira, em cartaz até dia 15 de outubro 

Horário: das 8h às 18h

Onde: A Galeria de Artes Lava Pés está localizada no piso térreo da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), na Avenida José Monteiro de Figueiredo (Lava Pés) nº 510, bairro Duque de Caxias, em Cuiabá

Ingresso: Gratuito

Informações: (65) 3613-0232

Museu de Arte Sacra

O Museu de Arte Sacra de Mato Grosso funciona de quarta a domingo, das 9h às 17h, e oferece ao público uma exposição permanente composta por peças do período setecentista, remanescentes da antiga Catedral do Bom Jesus de Cuiabá, da Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, Nossa Senhora dos Passos, acervo pessoal do bispo Dom Francisco de Aquino Corrêa e peças adquiridas por doações particulares. Destaque para os famosos retábulos da antiga Catedral demolida em 1968 e a nova ala de instrumentos musicais da Igreja do Bom Jesus de Cuiabá do período colonial. 

O Museu de Arte Sacra de Mato Grosso é considerado um dos mais importantes monumentos de estilo eclético que exibe combinações de elementos da arquitetura clássica, medieval, renascentista, barroca e neoclássica. Foi fundado em 10 de março de 1980. 

Serviço

Quando: Aberto à visitação de quarta a domingo

Horário: 9h às 17h

Onde: Praça do Seminário, na Rua Clóvis Hugney, 239, bairro Dom Aquino. O Museu de Arte Sacra de Mato Grosso está localizado no prédio do Seminário Nossa Senhora da Conceição que fica ao lado da Igreja Nossa Senhora do Bom Despacho

Ingresso: quarta a sábado: R$10 ou meia entrada R$ 5. Domingo: entrada gratuita

Mais informações: (65) 3646-9101 

Residência dos Governadores 

Primeira edificação de status oficial, a Residência dos Governadores foi inaugurada na década de 1940. Além de servir como morada a 14 governadores, serviu de hospedagem para o ex-presidente Getúlio Vargas, em 1941, quando ele fez sua primeira visita a Mato Grosso. 
 
A Residência dos Governadores está aberta para visitação com uma mostra permanente e didática, composta por itens do antigo mobiliário, como objetos, pratarias e louças. 
Serviço

A Residência dos Governadores é um dos equipamentos culturais da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel). Está localizada na rua Barão de Melgaço, nº 3565, Centro de Cuiabá. A entrada é gratuita. Aberto à visitação de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às18h. Telefone: (65) 3613-0232. Email: [email protected]

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

Abertura de filiais de empresas ficou mais fácil em Mato Grosso com integração de dados

Publicado

Empresas que realizarem a abertura de uma filial em Mato Grosso podem contar com a facilidade de apenas um processo digital, por conta da integração entre as Juntas Comerciais e a Receita Federal, que começou vigorar na última semana. Apenas no estado há o registro de 29.155 filiais ativas de diversos ramos de atividade.

Com a novidade, o empreendedor poderá abrir apenas um processo, exclusivamente na Junta Comercial do estado em que está registrada a matriz da empresa, e a abertura é feita de forma automática, diminuindo o valor gasto com o pagaemnto de preço público, e tempo de abertura.

Conforme a presidente da Jucemat, Gercimira Rezende, a nova integração possibilita que a Receita Federal seja intermediária na troca de informações entre os órgãos. Antes, o empresário deveria abrir um processo na Junta Comercial da Matriz, e o processo seria enviado para a Junta Comercial do outro estado, o que tornava o trâmite mais caro e mais demorado.

O mesmo vale para empresas mato-grossenses que quiserem abrir uma filial em outra unidade da Federação. Basta abrir o processo na Jucemat e as informações serão repassas automaticamente para a Receita.

Veja Também  Servidores são orientados para cuidados e prevenção ao câncer de mama

“Um serviço mais célere e menos burocrático, melhora o ambiente de negócios para que empreendedores possam se instalar em Mato Grosso e expandirem seus negócios. Os processos que demoravam meses são coisa do passado, agora a abertura de empresas pode ser feita em minutos pela internet, e não poderá ser diferente com a abertura de filiais”, avalia a presidente. 

Conforme o servidor da Jucemat, Alexandre Lacerda, é necessário que a viabilidade econômica, um documento que faz parte do processo de abertura de empresas, seja feito no estado em que será instalado o empreendimento. Na Jucemat, é possível fazer a viabilidade de modo digital, sem sair de casa. 

Em Mato Grosso, é possível ainda a abertura de qualquer empresa que preencha os pré-requisitos para o processo digital em minutos, por meio do RedeSimples Digital. No estado, 19 municípios já estão integrados e automaticamente já informam os órgãos ambientais sobre a abertura do empreendimento para obtenção do Alvará.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Com apoio da CGE, União promove capacitação para ouvidores de Mato Grosso

Publicado

Com o objetivo de aperfeiçoar e garantir o controle social, a participação social e a prestação de serviços ofertados pelos profissionais da área de Ouvidoria, a Controladoria-Geral da União (CGU), com apoio da Controladoria Geral do Estado de Mato Grosso (CGE-MT), realizou entre os dias 08 a 10 de outubro o curso de Tratamento de Denúncias em Ouvidoria.

A capacitação faz parte do Programa de Formação Continuada em Ouvidorias (PROFOCO) coordenada pela Ouvidora-Geral da União (OGU/CGU) que tem como objetivo melhorar as ações de educação e estimular a inovação e a capacidade de atuação dos profissionais de ouvidoria.

O curso, divido em três módulos, foi conduzido pelo ouvidor da CGU, Cláudio Hermann Domingos Magalhães e o responsável pelo Núcleo de Ações e Prevenção da Corrupção NAOP-MT, Ícaro de Almeida Fernandes, que reforçaram a importância da capacitação focando no fortalecimento e aperfeiçoamento dos trabalhos já desenvolvidos pelas ouvidorias, considerando as mudanças na legislação (como a edição da Lei de Defesa do Usuário do Serviço Público nº 13.460/2107) que atribuíram mais responsabilidades as ouvidorias públicas e asseguram efetivamente a participação popular.

“A ouvidoria pública é a instância de participação e controle social, responsáveis por interagir com os usuários. A ouvidoria tem a responsabilidade de fazer a análise das denúncias e manifestações que são recebidas de forma criteriosa e depois encaminhar para os setores competentes. Assegurando o respeito ao sigilo, aos direitos constitucionais e o combate à irregularidades e corrupção.”, destacou o ouvidor da CGU.

Veja Também  Projeto “Seduc vai à Escola” reúne mais de 130 profissionais da educação em Cuiabá

O Superintendente de Ouvidoria da CGE, Vilson Nery, avaliou como essencial a capacitação para os integrantes das ouvidorias. “A CGU é coordenadora da rede nacional de Ouvidorias públicas, e com as recentes modificações legais é de suma importância que nós, em Mato Grosso, estejamos em harmonia com as novas orientações. Para nós da CGE, das setoriais de ouvidoria e os colegas dos municípios, o momento é muito rico”, enfatizou o superintendente.

O conteúdo programático do Curso Tratamento de Denúncias em Ouvidoria compreendeu os elementos: Ouvidorias públicas e denúncias: o papel das ouvidorias públicas; Funções da Ouvidoria pública; aspectos introdutórios; Tipos de manifestação; Entidades obrigadas a instituir canais de denúncia; Normas aplicáveis; Recebimento de denúncias e análise preliminar; Alcance do trabalho da ouvidoria: ouvidoria x unidade de apuração; Restrição de acesso e proteção do denunciante; Comunicação Anônima; Denúncias contra autoridades; Denúncias de assédio moral; Denúncias de assédio sexual; Erro, fraude e corrupção; Características das denúncias; Análise Preliminar; Hipóteses de encerramento de denúncias; Fontes de consulta; Unidades de apuração; Fluxo de tratamento; Sistemas para registro de denúncias utilizados na CGU; Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal; Banco de Denúncias.

Veja Também  Setasc capacita servidores em oficina de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas

Além dos servidores da Superintendência de Ouvidoria da CGE, participaram da capacitação os agentes públicos que atuam nas ouvidorias dos órgãos estaduais, das prefeituras municipais de Mato Grosso, do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) e Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Atuação em rede

A Ouvidoria do Estado de Mato Grosso está organizada em rede, ou seja, as ouvidorias de cada órgão e entidade estão interligadas pelo mesmo sistema eletrônico (Fale Cidadão) para registro das manifestações da sociedade e seguem diretrizes comuns de atuação estabelecidas pela CGE, por meio da Ouvidoria Geral.

Está estruturada para receber críticas, sugestões ou denúncias acerca de qualquer área de competência do Poder Executivo Estadual pelos mesmos canais de contato. São eles: discagem gratuita pelo 0800-647-1520, ligação local pelo número 162, pelo Whatsapp (65) 98476-6548 (recebe textos, fotografias e vídeos, e as demandas são transportadas para o sistema Fale Cidadão) e registro pelo endereço www.ouvidoria.mt.gov.br/falecidadao (redirecionamento está disponível em todos os sites dos órgãos estaduais).

As Ouvidorias das secretarias e entidades também realizam atendimento presencial, por postal e e-mail (específico e divulgado nos sites de cada pasta).

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana