conecte-se conosco


Diárias de Mercado

CITROS/CEPEA: Clima quente favorece vendas e preços sobem

Avatar

Publicado

Cepea, 20/9/2019 – O clima quente tem favorecido o mercado de mesa em São Paulo. Isso porque os preços têm subido, impulsionados pela maior demanda doméstica e pela redução da oferta de cítricos com qualidade (as frutas estão mais miúdas e murchas). Na parcial desta semana (de segunda a quinta-feira), a laranja pera registrou média de R$ 19,84/cx de 40,8 kg, na árvore, alta de 2,5% em relação à da semana passada. No mercado de lima ácida tahiti, a demanda também está aquecida e os preços, em alta. De acordo com colaboradores do Cepea, além da baixa oferta neste período de entressafra, as poucas frutas disponíveis estão ficando amareladas, devido ao clima quente em São Paulo. Assim, na média parcial do período, a tahiti foi negociada a R$ 64,57/cx de 27 kg, colhida, alta de 21,9% em relação à semana anterior. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Comentários Facebook

Diárias de Mercado

MILHO/CEPEA: Cotações continuam em alta em praticamente todas as regiões acompanhadas

Avatar

Publicado

Cepea, 26/02/2020 – Os preços de milho no mercado interno continuam em alta em praticamente todas as regiões acompanhadas pelo Cepea. Vendedores seguem retraídos, ao passo que a demanda está ativa no físico nacional. Assim, mesmo com a trégua das chuvas no início da semana passada no Sudeste e o avanço da colheita da safra verão no Sul do País, o interesse comprador supera o do vendedor. Especificamente no dia 19 de fevereiro, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa atingiu o maior valor nominal desde junho de 2016, fechando a quarta-feira a R$ 52,42/saca de 60 kg. Na sexta-feira, 21, o Indicador recuou um pouco, fechando a R$ 52,32/sc, mas acumulou alta de 0,36% frente ao dia 14. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Comentários Facebook
Continue lendo

Diárias de Mercado

SOJA/CEPEA: Apesar do avanço da colheita, preços seguem firmes

Avatar

Publicado

Cepea, 26/02/2020 – A colheita da soja avança, ao passo que as exportações apresentam menor ritmo. Ainda assim, pesquisas do Cepea apontam que os valores domésticos do grão e dos derivados registram pequenas altas. A sustentação vem do elevado patamar do dólar, que aumenta a paridade de exportação (em Reais), apesar da pressão sobre os preços FOB portos. No mercado internacional, as primeiras estimativas sobre a safra 2020/21 apontam recuperação da área com soja. No campo, o clima no Sul e no Centro-Oeste brasileiro permite que a colheita de soja e o semeio de milho ocorram de forma acelerada. Em algumas regiões de Mato Grosso e de Goiás, contudo, chuvas mais intensas preocupam produtores consultados pelo Cepea que estão com as lavouras prontas para colheita. Entre 14 e 21 de fevereiro, os Indicadores ESALQ/BM&FBovespa da soja Paranaguá (PR) e CEPEA/ESALQ Paraná subiram 0,25% e 1,4%, respectivamente, fechando a R$ 88,80/sc de 60 kg e a R$ 81,64/sc. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana