conecte-se conosco


Mulher

Com dor ao usar salto alto, mulher descobre que cometeu gafe hilária

Publicado

source

É verdade que, dependendo do modelo e altura, usar salto alto pode acabar com os pés. No caso de Ayleigh McGhee, de Glasgow, Escócia, os sapatos foram motivo de reclamações durante uma noite inteira, até o momento em que ela descobriu um “segredo” sobre eles.

Leia também: Este é o truque de Kate Middleton para acabar com as dores ao usar salto alto

Ayleigh usando os sapatos ao contrário arrow-options
Reprodução/Instagram/ayleighmcgheex
Após reclamar que o salto alto estava machucando seu pé, Ayleigh Mcghee descobriu que os sapatos estavam ao contrário

Basicamente, a mulher percebeu que estava usando os sapatos de salto alto nos pés trocados — sim, isso quer dizer que o pé esquerdo estava no direito e vice-versa. Quem expôs a confusão foi uma amiga de Ayleigh, Georgia Henry, pelo Twitter

Leia também: Dá para manter a elegância sem usar saltos altos? Especialista ensina as dicas

“Ayleigh estava reclamando a noite toda sobre como ela não conseguia andar com esses sapatos até perceber na manhã seguinte que estava usando eles nos pés errados”, escreveu. A postagem viralizou, recebendo mais 1,9 mil compartilhamentos e 33,3 mil curtidas. A própria Ayleigh deu retuíte na foto dos sapatos, brincando com a situação. 

Veja Também  Aprenda truques para salas pequenas parecerem maiores e ficarem lindas

Leia também: Saltos altos provoca demissão de mulher no Reino Unido; entenda a história

Os internautas acharam a “troca de pés” hilária. “Essa é a coisa mais engraçada e com certeza algo que eu também faria”, comentou uma mulher. Outra ainda afirmou que já usou os mesmos sapatos de salto alto nos pés certos e, mesmo assim, eles não eram tão confortáveis: “Esses são sapatos horríveis, eles mataram os meus pés”, contou. 

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook

Mulher

Por que é tão difícil ser saudável na segunda-feira?

Publicado

source

Women's Health

Seu final de semana foi épico. Mas antes que você percebesse, eram 6 da manhã de uma segunda e bastou você olhar para aquele cereal de sempre em cima da sua mesa que já saiu correndo para a padaria, ávida por um pão de queijo recheado. Com requeijão extra, por favor! Poxa, por que é tão difícil ser saudável na segunda-feira?

vegetais arrow-options
shutterstock
Segunda-feira é o “dia mundial da dieta”

Leia também: É possível comer de maneira saudável em restaurante fast-food?

Considere isso: Uma pesquisa publicada no European Journal of Clinical Nutrition mostrou que as pessoas consomem carne na maioria das refeições de sábados e domingos, carboidratos e álcool às sextas e aos sábados, e mais calorias nas sextas, sábados e domingos.

E, de acordo com dados de 165 milhões de usuários do MyFitnessPal, as pessoas comem a maior parte das frutas e vegetais nas segundas-feiras, reduzindo gradualmente o consumo desses tipos de alimento no resto da semana. Então, por mais que pareça que nós estamos comendo melhor nas segundas, o problema acontece durante a semana.

A mentalidade do tudo ou nada

Ir de pães no domingo para saladas na segunda-feira é um grande salto. Isso, é claro, não ajuda em nada sua meta de perder peso.

“Normalmente o princípio de voltar aos trilhos na segunda-feira é perigoso”, diz a nutricionista Jaime Mass. “Ele indica que há uma mentalidade tudo ou nada, que pode levar a hábitos alimentares nada saudáveis no geral”, diz ela. E, como você já deve ter imaginado, é um atalho para a autodestruição – fisicamente e mentalmente.

Veja Também  Mulher revela traição com homem 11 anos mais velho: “Melhor sexo da minha vida”

A viagem da culpa

Quando você extrapola nos alimentos nada saudáveis e bebe no final de semana (nós estivemos lá, acredite), você se condiciona a acordar na segunda de manhã se sentindo preguiçosa, inchada e provavelmente um pouco (ou muito) culpada.

Leia também: 4 receitas saudáveis para driblar a vontade de comer doce

Em resumo, a segunda-feira se torna uma punição para um final de semana divertido, segundo Mass. “Você começa a associá-lo a alimentos gostosos e os dias de semana a restrições”, diz ela. E isso faz com que seja mais difícil curtir alimentos saudáveis na segunda.

A ressaca

Deixando as calorias de lado, sua loucura de final de semana pode destruir seu sono. Uma pesquisa da University of Melbourne mostrou que mesmo que você durma mais fácil sob o efeito do álcool, na verdade não descansa muito.

Uma vez que a maioria dos jovens adultos consome dois terços do álcool da semana no sábado e no domingo, de acordo com um estudo Experimental and Clinical Psychopharmacology , de 2016, nós supomos que você estará com mais sono na segunda. É aí que entra a necessidade por alimentos repletos de carboidratos e gordura pelo seu cérebro, segundo ela.

Além disso, um estudo publicado no Diabetologia descobriu que algumas noites de pouco sono reduzem a sensitividade à insulina pelo corpo e os níveis do hormônio do crescimento, aumentando seus riscos de armazenamento de gordura e reduzindo a massa muscular que queima calorias.

Veja Também  Enfermeiras gêmeas idênticas ajudam a dar à luz gêmeas e celebram coincidência

Confira como ser saudável na segunda-feira:

Acabe com a mentalidade de comer mal no final de semana

Mas isso não significa que você nunca pode comer besteira. Você deve comer alimentos deliciosos durante qualquer dia da semana, segundo Mass. “Lembre-se apenas que você está se esforçando para ter uma vida saudável, e não só cinco dias saudáveis”, diz ela.

Isso significa ignorar a vontade de estragar tudo só porque é sábado. A menos que você esteja realmente morrendo de vontade, é claro! Felizmente, se você ficar longe da mentalidade de final de semana, tomar decisões mais saudáveis será automático. “Independentemente do dia, pergunte a si mesma: ‘Eu realmente quero comer isso?’”, ela diz. Olhe para sua fome ao invés do calendário.

Leia também: Cientistas apontam dieta ideal para você e para o planeta

Siga o fluxo

Quando uma refeição não sai como planejado, lembre-se que a vida saudável não acabou ali. “É a média de todas as suas refeições que determina o seu sucesso de perda de gordura”, diz ela. “A próxima refeição ou lanche é uma oportunidade para continuar em sua jornada saudável. ” Bônus: Você não vai acordar na manhã de segunda-feira querendo morrer.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Pouco tempo e pouca grana: mulher consegue emagrecer 50 kg em casa; se inspire

Publicado

source

Quer ficar em forma para o verão? Não se preocupe, ainda dá tempo. O relato da jovem Luana Mota, mãe de gêmeas de dois anos, está aí para provar isso. Ela viu seu peso aumentar durante a gestação das filhas e começou a ter problemas com a balança ao manter um estilo de vida sedentário. Para mudar sua vida e emagrecer, a mulher precisou de muita disciplina e força de vontade.

Leia também: “Achamos que falar ‘gordinha’ reduz o problema”, diz mulher após emagrecer 60 kg

emagrecer arrow-options
Reprodução/Instagram/@luanamoota_
Luana Mota, de 25 anos, revela sua jornada de emagrecimento que teve como resultado 50 kg a menos: “Feliz e realizada”

Isso porque Luana, que tem 25 anos, fez toda a jornada em casa, com auxílio do programa de emagrecimento do portal Exercício em Casa. A jovem relatou sempre ter tido problemas com seu corpo e autoestima baixa, mas ao emagrecer a situação mudou completamente.

“Sempre tive problemas com meu corpo. Eu me sentia mal, não me aceitava, não queria ser assim, me cansava rápido. Eu gosto muito de dançar e não conseguia por cansar rápido demais. Minha casa tem escadas e eu cansava só de subir e nem tem tantos degraus assim”, diz Luana em depoimento ao site.

Veja Também  Blogueira se irrita com choro de bebê em avião e causa polêmica nas redes

“Eu queria usar certas roupas, mas não tinha o meu tamanho, me olhava no espelho e chorava muito. Eu estava entrando em depressão por conta disso, tenho ansiedade e descontava tudo na comida”, confessa ela.

Pouco antes de descobrir a gravidez, a mulher tentou ter o hábito de realizar atividade física regularmente, mas descobriu que sua gestação era de risco e precisou parar com a prática. Dessa forma, ela foi de 90 kg para 122 kg e o desejo de perder peso só aumentou.

“Quando minhas filhas estavam com três meses, eu me pesei e levei um susto. Fiquei desesperada. Minhas roupas não me serviam mais e eu, com 23 anos, tinha que mudar isso”, conta.

O começo do emagrecimento

Assim que pôde voltar a praticar exercícios, Luana começou a seguir as dicas do portal e a fazer treinos leves, para iniciantes, e destacou que não havia como inventar desculpas, visto que as atividades eram feitas em casa.

“Quando comecei, dava preguiça, até o corpo acostumar é um processo, mas persisti. Botei um short pendurado na parede como incentivo no início”, revela a jovem. “Explicar que estava fazendo atividade física em casa também não foi tarefa fácil, mas quando família e amigos viram que o método dava resultado, deram o maior apoio”, relembra ela.

Veja Também  Mulher revela traição com homem 11 anos mais velho: “Melhor sexo da minha vida”

Apesar do início complicado, a jovem mantém essa rotina há um ano e nove meses e não se imagina sem seus exercícios. “Não consigo parar, se fico um dia sem, me sinto mal. Às vezes ficava uma semana sem malhar por estar doente e, na semana seguinte, já estava pesada, então não gosto de ficar sem treinar”, diz.

Leia também: 9 exercícios de musculação bem tradicionais, mas que são pura perda de tempo

Perder peso foi uma mudança completa

emagrecer arrow-options
Reprodução/Instagram/@luanamoota_
Wuando estava grávida, Luana chegou aos 122 kg. Agora a jovem pesa 72 kg e espera manter a qualidade de vida

A jornada para perder peso rendeu à Luana 50 kg a menos e proporcionou que ela se tornasse mais confiante e extrovertida do que antes. “A Luana de antes não era ela mesma, não era tão brincalhona como é hoje, não era ela mesma, não se sentia à vontade ou feliz e realizada como ela é hoje, tanto no quesito mãe como no quesito mulher”, destaca ela.

Se você deseja emagrecer , em especial para curtir bastante o verão , a jovem enfatiza que é importante não se entregar à tentação de desistir. “Cair ou querer desistir é normal, é só recomeçar novamente no dia seguinte”, finaliza.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana