conecte-se conosco


Mulher

Noiva desastrada joga buquê na própria cabeça e cai na hora da valsa

Avatar

Publicado

Você se considera uma pessoa desastrada? Se sim, provavelmente vai rever o conceito depois de conhecer Suzy Bartholo, 24 anos, uma noiva que não apenas derrubou o buquê na própria cabeça, como também caiu na hora da valsa.

Leia também: “A Dona do Pedaço”: Vivi Guedes escolherá vestido de noiva preto; você usaria?

noiva arrow-options
Reprodução/Twitter/suzybartholo

Suzy Bartholo, 24 anos, foi assunto no Twitter ao jogar o buquê na própria cabeça e cair na hora da valsa

A noiva de Itajaí, Santa Catarina, compartilhou vídeos dos momentos em seu Twitter e viralizou. “E eu que joguei o buquê na minha cabeça? kkkk”, brinca na leganda da gravação. Veja o vídeo:

Leia também: Convidada rouba a cena em casamento e atrapalha entrada da noiva

“Era muito pesado, tu viu que eu saio segurando a coroa? Porque foi um peso na cabeça que eu achei que a coroa tinha caído”, escreveu Suzy para uma seguidora. Apesar do susto, nada grave aconteceu.

E não parou por aí! A publicação recebeu tantos comentários que Suzy também compartilhou outro vídeo memorável do casamento : “Se não bastasse o buquê na cabeça eu também cai na minha valsa”, conta. Confira:

Leia também: Alerta máximo de climão! Sogra copia vestido de nora em casamento

A repercussão do casamento de Suzy foi tanta que a festa foi parar nos assuntos mais comentados do Twitter no Brasil. Como a festa foi no sábado (14),  noiva respondeu que está aproveitando a lua de mel, mas pretende contar em breve os detalhes do dia na rede social.

Comentários Facebook

Mulher

Descubra como ajudar o meio ambiente tendo consciência na hora da compra!

Avatar

Publicado


source

Dia 05 de junho é comemorado o dia internacional do meio ambiente . Decretado em 1972, o dia foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU), com o objetivo mostrar à população a importância dos cuidados com o meio ambiente, que até então eram considerados inesgotáveis. 

Hoje sabemos que utilizamos muito mais recursos naturais do que a natureza consegue regenerar, resultando em um déficit que para suprir todo o nosso consumo precisaríamos de um planeta e meio. 

Esta data mais que importante nos faz refletir em nossas ações e no planeta que iremos deixar para as futuras gerações. Dando a devida importância ao desenvolvimento sustentável, como diz o Brundtland “Precisamos satisfazer as necessidades presentes, sem comprometer a capacidade das gerações futuras de suprir suas próprias necessidades”.

Leia também: confiança e estilo na quarentena com as tendências de inverno 2020

Infelizmente a moda ocupa a segunda colocação nos segmentos que mais poluem oo mundo. A indústria têxtil é muito cruel com a natureza, sendo responsável por 20% de toda a  poluição de água potável e também responsável por 10% do Co² gerado no planeta.

Leia também: os novos caminhos da moda e as novidades da temporada

A boa notícia é que já existem diversas marcas e ativistas da moda – como o movimento Fashion Revolution – que coloca em pauta todas essas informações com a finalidade de alertar as pessoas a necessidade de consciência na hora da compra. 

O cenário atual que estamos vivendo acelerou este processo, fazendo com que as marcas tenham mais propósito e responsabilidade com o impacto ambiental gerado.

Muitos especialistas apontam o futuro da moda circular, com a economia colaborativa e regenerativa, uma forma de trazer a expressão do tempo e espaço de maneira justa com as pessoas e com o meio ambiente

Leia também: a virada da década e as novas perspectivas do futuro da moda

Mas como agir de forma consciente unindo a moda com o meio ambiente? 

O verdadeiro significado da moda é servir a humanidade como suporte de expressão, se tornando o reflexo do tempo e espaço, despertando diversos movimentos culturais. A moda é uma ferramenta de autoconhecimento, para entender o seu estilo e criar uma comunicação verdadeira com o mundo.  O que traz autoconfiança, amor-próprio e muita atitude para você ir em busca dos seus objetivos. Indo muito além do que se basear no que as influencer digitais estão usando ou o famoso “está na moda”.

Então para celebrar o dia mundial do meio ambiente, viemos trazer 4 atitudes que amenizam o impacto ambiental, veja só!

1 – Conhecer o seu estilo, investir em uma consultoria de imagem e identificar as peças que te representam, valorizam o seu corpo e o seu tom de pele. Isso é uma grande contribuição com o planeta, já que na hora da compra você irá optar por peças que irá usar por muitos anos, evitando adquir itens que não fazem sentido no seu guarda roupa. 

2 – Comprar de marcas independentes, locais e com foco em sustentabilidade, incentivando os microempreendedores e estilistas brasileiros que estão começando. Além de que as marcas menores tem um cuidado muito maior durante as suas produções, como reutilização dos resíduos, peças com qualidade que irão durar por anos, e claro muita autenticidade. 

3 – Reutilizar o máximo que conseguir as suas roupas antes de descartá-las, e doar para instituições responsáveis que saibam a melhor maneira de fazer as doações. Mas caso as roupas não estiverem em bom estado, existem ongs que transformam peças antigas em cobertores para moradores de rua. 

4 – Evitem comprar roupas falsificadas e consumir em fast fashion. As produções de roupas falsificadas são clandestinas, possuem zero responsabilidade com o planeta e com o consumidor. Mas caso você consuma fast fashion, compre com consciência: essa peça faz parte do seu estilo? Ela possui um acabamento e tecido bom? E principalmente use o máximo que conseguir. 

E por último uma dica extra, questione quem faz suas roupas e qual o propósito da marca? Qual a responsabilidade ambiental que ela possui?  Dessa forma você terá certeza que está fazendo um bom negócio com a sua identidade e responsabilidade com nosso planeta. 

Essas foram algumas dicas e informações em que acreditamos, gostou da matéria? Deixe nos comentários qual  a sua opinião sobre a indústria da moda e a responsabilidade com o meio ambiente

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Tie-dye: veja como usar a tendência queridinha das famosas

Avatar

Publicado


source

Os meses de quarentena nos mostraram que não há nada melhor do que roupas confortáveis para ficar em casa. E a volta do tie-dye prova que é possível transformar a camiseta e o moletom do dia a dia em algo divertido. Manu Gavassi, Dua Lipa e outras famosas sabem disso e já aderiram a tendência

Leia também: Manu Gavassi inspira tendências; veja como usar 5 ideias

pessoas com roupa tie-dye
Reprodução/Instagram

A tendência do tie-dye voltou com força nos looks confortáveis das famosas durante a quarentena

Para quem está pensando em entrar na onda e usar o tie-dye , os looks das celebridades mostram que essa moda é versátil e combina com tudo. Dá para usar um conjuntinho, como Manu e Cleo, só uma camiseta, como Sophia Abrahão e Camila Coelho, ou um moletom soltinho, como mostram Dua Lipa e Maisa. 

pessoas com peça tie-dye
Reprodução/Instagram

Dá para usar o tie-dye em peças variadas: moletom, camiseta, vestido e até meia

Outra vantagem do tie-dye é que dá para fazer em casa. Basta ter uma peça de roupa branca e corante (em alguns casos, também vai água sanitária). Além de ser uma forma de dar uma cara nova a algo que já estava esquecido no armário, o processo pode ser bastante divertido. 

Leia também: Nail art tie-dye é a nova moda; inspire-se

As youtubers Maju Trindade e Nienke Helthuis colocaram a mão na massa para fazer própria peça colorida. A dica é deixar a criatividade te guiar! Não precisa ficar restrita à camiseta. Também pode tingir calça, vestido e até meia.

Veja os tutoriais de como fazer tie-dye :



Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana