conecte-se conosco


''Perdeu a cabeça"

Aluno de 11 anos que tinha ‘um jeitinho diferente’ quase é morto de tanto apanhar de colegas na escola de MT

Publicado

Um estudante, de 11 anos, está internado depois de ser espancado pelos colegas dele no Centro Educacional Lindolfo José Trierweiller em Sinop, a 503 km de Cuiabá. Segundo testemunhas, o garoto foi surrado porque tinha ‘um jeitinho diferente’, ele era afeminado na escola.  Segundo a assessoria da Prefeitura de Sinop, os alunos que agrediram o menino foram identificados e suspensos. A agressão ocorreu na segunda-feira (9) e o aluno está internado no Hospital Regional de Sinop. De acordo com a prefeitura, o fato foi registrado às 11h20. A criança estava no pátio da escola e seguia para a área externa da unidade, indo ao encontro do ônibus do transporte escolar.

A agressão teria ocorrido em função de uma suposta brincadeira envolvendo um grupo de alunos. Minutos após ser agredido, o estudante passou mal e desmaiou. A direção da escola foi comunicada e, imediatamente, acionou o Corpo de Bombeiros, que levou o garoto até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Dois alunos diretamente envolvidos no caso, que têm 12 e 13 anos, foram identificados pela unidade escolar. Os pais foram chamados à escola, informados sobre o ocorrido e, os alunos, suspensos.

Veja Também  Corpo de homem é encontrado com perfurações e partes íntimas expostas em Poconé - VEJA FOTOS FORTES DO MORTO

Outros estudantes também envolvidos estão sendo identificados e, a eles, serão aplicadas medidas disciplinares. Um boletim de ocorrência por lesão corporal foi registrado na Polícia Civil pela direção da unidade escolar. O Ministério Público também foi informado sobre a situação. A criança continua internada. A Secretaria de Educação e a escola têm acompanhado, diariamente, o caso e prestado suporte necessário.

Comentários Facebook

''Perdeu a cabeça"

Trabalhador morre após cair do telhado no Senai em Cuiabá

Publicado

Acidente de trabalho matou Jonathan Matos Rodrigues, 34 anos, nesta segunda-feira (21), no Distrito Industrial, em Cuiabá. O trabalhador caiu de um altura de 13 metros enquanto fazia montagem de um telhado no edifício do Senai. Polícia Civil informou que devido a queda, a vítima sofreu politraumatismo.O Senai não informou até o momento se o trabalhador prestava serviços ao a instituição ou se era aluno em treinamento. Não se sabe também se Jonathan usava equipamento de segurança.

Jonathan chegou a ser socorrido pela Equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas morreu a caminho do hospital.O corpo do homem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para ser realizado exame de necropsia.O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O Senai deve emitir uma nota ainda nesta segunda-feira, informou a assessoria da Fient.

Comentários Facebook
Veja Também  Homem com extensa ficha criminal é assassinado a tiros no bairro Voluntários da Pátria em Cuiabá
Continue lendo

''Perdeu a cabeça"

Três membro do PCC ‘dão mole’ e são descobertos e mortos pelo CV no Nova Esperança 2 em Cuiabá

Publicado

Três homens foram assassinados a tiros, na madrugada deste sábado (19), no bairro Nova Esperança 2, em Cuiabá. A suspeita é que o crime tenha sido motivado por briga entre facções criminosas. A Polícia Militar confirmou que os três mortos vieram de São Paulo e estavam residindo na Capital mato-grossense. “Na verdade são do Estado de São Paulo os três. Tinham recém-chegado aqui”, disse o sargento Ribeiro.

Ainda, de acordo com as informações, populares acionaram a PM por volta das 3h, afirmando terem ouvido diversos disparos de uma quitinete. Ao chegar no local, militares constataram que três homens estavam feridos e acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Porém, nenhum deles resistiu aos ferimentos.

A PM informou ainda que os homens não portavam documentos e não havia mais ninguém na residência. Os corpos foram encaminhados para o Instituto de Medicina Legal (IML). A Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec) realizou procedimentos periciais no local do crime.A Polícia Civil investiga o caso.

Comentários Facebook
Veja Também  Audiência pública debará incentivos à agricultura familiar em Cuiabá
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana