conecte-se conosco


Esportes

Mulher de Luiz Adriano rouba a cena no Allianz Parque, mas leva puxão de orelha

Publicado

O Palmeiras venceu o Fluminense por 3 a 0 na última terça-feira (10) em jogo adiado da 16ª rodada com um hat trick de Luiz Adriano, que a cada gol marcado olhava para a torcida e fazia um coração com a mão. O motivo? Sua esposa, Ekaterina Dorozhko, estava assistindo de camarote o Alviverde vencer com facilidade o tricolor carioca.

Leia também: Gafe! Luiz Adriano fala sobre seu primeiro gol com a camisa do “Flamengo”

luiz adriano arrow-options
Instagram
Mulher russa do atacante Luiz Adriano


A russa , que vem chamando atenção desde que Luiz Adriano chegou ao Palmeiras , compareceu ao Allianz Parque  com uma calça e um top que deixava sua barriga à mostra, usou as redes sociais para compartilhar uma foto momentos antes da partida e sua beleza voltou a ser assunto, mas o que também foi muito comentado foi o fato dela estar usando um conjunto da Adidas, ex-patrocinador do clube alviverde, que agora é da Puma.

Leia também: Palmeiras acerta contratação de centroavante Luiz Adriano, do Spartak Moscou

“Adidas??? O patrocinador é Puma”, escreveu um torcedor. “Adidas não”, disse outro. “E aí Puma? Patrocina a moça”, comentou outro palmeirense. “Adidas não, agora é puma”, escreveu mais um.


Leia também: Polêmico, Felipe Melo leva vida de empresário fora dos gramados

Veja Também  Com Marta de volta, Pia Sundhage convoca seleção brasileira feminina

Teve até torcedor que reclamou além da conta e viu preto e branco na roupa da mulher de Luiz Adriano . “Preto e branco não”, disse um torcedor, mas logo apareceram outros palmeirenses defendendo a moça.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook

Esportes

STJD descarta anulação de jogo entre Náutico e Paysandu pela Série C

Publicado

Náutico garantiu acesso para a série B nos pênaltis arrow-options
Reprodução/Instagram
Náutico garantiu acesso para a série B nos pênaltis

Por unanimidade, o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) julgou improcedente o pedido do Paysandu de anulação da partida contra o Náutico, que garantiu o acesso da equipe pernambucana à Série B do Campeonato Brasileiro.

Leia também: Vídeo mostra jogador do Chelsea dando cabeçada antes de ser espancado em bar

O pedido da equipe paraense foi negado por 7 votos a 0. Depois de o relator, Mauro Marcelo de Lima e Silva, ter votado pela improcedência da solicitação, Otavio Noronha, Ronaldo Piacente, Rodrigo Raposo, José Perdiz e Antônio Vanderler também votaram contra o pedido de impugnação da partida , assim como o presidente do STJD , Paulo Cesar Salomão Filho.

Paysandu  entrou com o pedido de impugnação alegando que o time foi prejudicado pelo árbitro Leandro Vuaden , que marcou um pênalti polêmico a favor do  Náutico  aos 49 minutos do segundo tempo. O pedido de impugnação por parte do Paysandu teve o apoio da Federação Paraense de Futebol.

Vuaden assinalou o pênalti após a bola tocar na mão do jogador Uchôa. O Náutico converteu a penalidade, empatou o jogo em 2 a 2 e levou a decisão para a disputa de pênaltis. Nela, o Timbu saiu vencedor e garantiu o acesso à Série B do Brasileirão. A alegação do Paysandu era a de que o árbitro cometeu “grave erro de direito ao marcar erroneamente um tiro penal”.

Veja Também  Saiba como assistir Colón x Atlético-MG ao vivo e de graça

Repercussão entre os torcedores

Com a decisão do STJD, os internautas não perderam tempo e passaram a postar memes, que logo viralizaram nas redes sociais. Veja alguns:

Internautas não perdoaram a derrota do Paysandu no STJD arrow-options
Reprodução
Internautas não perdoaram a derrota do Paysandu no STJD


Internautas não perdoaram a derrota do Paysandu no STJD arrow-options
Reprodução
Internautas não perdoaram a derrota do Paysandu no STJD


Internautas não perdoaram a derrota do Paysandu no STJD arrow-options
Reprodução
Internautas não perdoaram a derrota do Paysandu no STJD


Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Antonio Brown é demitido do Patriots após acusações de estupro e assédio

Publicado

Antonio Brown arrow-options
Getty Images
Antonio Brown foi demitido do Patriots por conta da acusação de estupro sofrida

Após ser alvo de acusações de estupro e assédio, o jogador Antonio Brown não faz mais parte do elenco dos New England Patriots. O clube comunicou a decisão por meio de seu Twitter na tarde desta sexta-feira. O jogador era considerado a principal contratação da temporada na NFL, anunciado pelos atuais campeões no início deste mês. 

Leia também: Antonio Brown atira móveis do apartamento no 14º andar e quase mata criança

“O New England Patriots está dispensando Antonio Brown . Nós apreciamos o trabalho duro de muitas pessoas nos últimos 11 dias, mas sentimos que é melhor seguir outra direção nesse momento”, informa o comunicado, creditado a um porta-voz da franquia.

Nesta quinta-feira, o jornal Boston Globe já havia revelado que a Nike rescindiu o contrato de patrocínio com o wide receiver . Segundo a publicação, a fabricante já estudava o rompimento com o atleta, e tinha preocupação com relação ao cumprimento de clásulas contratuais, como aparições públicas. O jogador já havia perdido o patrocínio da Xenith, marca de capacetes de proteção, após as acusações.

Brown foi denunciado por uma ex-treinadora, Britney Taylor, que o acusou de tê-la assediado por três vezes entre os anos de 2017 e 2018, ter cometido um estupro na última delas. A defesa de Brown negou as acusações de Taylor e afirmou que a relação foi consensual.

Veja Também  Willian elogia Flamengo e Palmeiras e fala sobre possível volta ao Brasil

Poucos dias depois, uma artista contou à revista Sports Illustrated que  Antonio Brown teria aparecido nu em um cômodo onde ela pintava um trabalho encomendado por ele. Novamente, o atleta negou a acusação. Além deste relato, a publicação trazia ainda depoimentos de 24 ex-funcionários do jogador, que relatavam “um padrão de comportamento bizarro” e assédio moral por parte do jogador. Além disso, a revista teria obtido acesso a 12 processos nos quais o jogador é acusado de não pagar seus funcionários.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana