conecte-se conosco


Esportes

El manco Héctor Castro, o jogador deficiente que foi herói da Copa de 1930

Avatar

Publicado

Entre muitos outros feitos, ele foi um dos maiores atacantes de seu tempo… e tudo isso superando uma deficiência física: Hector Castro não tinha uma mão. Ele perdeu o antebraço direito em um acidente com uma motosserra quando criança. E foi um dos maiores nomes da Copa de 30.

Mas ser deficiente físico não o impediu de ser um grande jogador de futebol, ídolo do Nacional de Montevidéu e do Estudiantes de La Plata. Com o apelido de “el manco” – e depois de “el divino manco” – ele provou que sua limitação não o impediria de ser artilheiro. Depois de títulos com o Uruguai, quando se aposentou fez história também como treinador no Campeonato Uruguaio, aplicando goleadas no Peñarol. 

Confira essa incrível história no vídeo de hoje.

Conheça o Última Divisão:

Youtube 
Facebook 
Twitter 
Instagram

Comentários Facebook

Esportes

Washington Redskins anuncia que vai mudar de nome

Avatar

Publicado


.

Uma das maiores franquias da Liga de Futebol Americano nos Estados Unidos (NFL, na sigla em inglês) vai mudar de nome. Em comunicado oficial, o Washington Redskins anunciou nesta segunda-feira (13) que vai mudar o nome e o escudo após uma revisão completa da marca.

A possível mudança de nome do Washington Redskins não é novidade. Há décadas que ativistas fazem campanha contra o que se considera uma perpetuação de estereótipos negativos dos povos nativos da América do Norte. O argumento é que Redskins (peles vermelhas, em tradução livre) traz conotação preconceituosa e remete à época de extermínio de indígenas por mercenários.

A pressão para a mudança aumentou muito nos últimos dias, principalmente após a morte de George Floyd. A FedEx, principal patrocinadora dos Redskins, teria exigido a mudança do nome e do logotipo. Outras patrocinadoras, como Pepsi e Nike, também estariam pressionando a franquia.

Em 2013, o presidente do Washington Redskins, Dan Snyder, chegou a afirmar que nunca mudaria o nome do time. Porém, o comunicado desta segunda-feira (13) confirmou a alteração.

“Em 3 de julho, anunciamos o início de uma revisão completa do nome desta equipe. Como parte desse processo, queremos manter nossos patrocinadores, fãs e comunidade informados de nosso pensamento à medida que avançamos. Hoje, anunciamos que retiraremos o nome e o logotipo dos Redskins após a conclusão desta revisão. Dan Snyder e o técnico Rivera [Ron Rivera, técnico da equipe] estão trabalhando em estreita colaboração para desenvolver uma nova abordagem de nome e design que vai melhorar nosso orgulho e tradição da nossa rica franquia e vai inspirar nossos patrocinadores, fãs e comunidade pelos próximos 100 anos”.

A franquia nasceu em 1932, na cidade de Boston (Massachusetts) com o nome de Boston Braves. No ano seguinte, passou para Boston Redskins. Em 1937, a equipe se mudou para Washington e, desde então, passou a adotar o nome Washington Redskins.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Mundial por equipes de tênis de mesa é confirmado para início de 2021

Avatar

Publicado


.

A Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF, na sigla em inglês) anunciou que o Campeonato Mundial por equipes da modalidade será disputado entre 28 de fevereiro e 7 de março do ano que vem em Busan (Coreia do Sul). A competição teve a data definida após ser adiada duas vezes, por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Inicialmente, o Mundial ocorreria entre 22 e 29 de março, mas teve que ser remarcado para o período de 21 a 28 de junho. Como a situação da pandemia não se normalizou no mundo, a ITTF adiou o evento para 2021, deixando a decisão sobre a data para a reunião do Comitê Executivo da entidade, realizada na última sexta (10).

Para a sequência da temporada, a federação admite, em nota oficial, a probabilidade cada vez menor de realizar eventos internacionais em 2020 e que priorizará torneios regionais, adequados às restrições de viagem impostas pela pandemia. As competições, segundo a ITTF, serão disputadas em bolhas, com isolamento de locais e pessoas envolvidas.

O último Mundial foi disputado em Halmstad (Suécia) em 2018. A seleção masculina, atualmente a sexta do ranking da ITTF, chegou às quartas de final, caindo para a vice-campeã Alemanha. Já a feminina, 25ª do mundo, foi superada na primeira fase. As duas equipes estão classificadas para a Olimpíada de Tóquio (Japão), que também será no ano que vem.

O tênis de mesa do país vive o melhor momento na modalidade, com seis atletas entre os 100 melhores do mundo. Entre os homens, ocupam o top 100: Hugo Calderano (6º), Gustavo Tsuboi (44º), Vitor Ishiy (58º), Thiago Monteiro (84º) e Eric Jouti (88º). Bruna Takahashi, por sua vez, é a 47ª do ranking mundial feminino.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana