conecte-se conosco


Policial

Diretoria geral promove café da manhã para prestigiar ex-diretores da PJC

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um café da manhã, com intuito de reunir os ex-delegados gerais e ex-diretores da Polícia Judiciária civil, foi promovido pela Diretoria Geral da PJC, na manhã de terça-feira (10.09), na sede da Instituição, em Cuiabá.

Na ocasião também foi realizada homenagem ao delegado geral da gestão anterior, Fernando Vasco Spinelli Pigozzi (atual diretor da Diretoria de Atividades Especiais), que teve o quadro com sua fotografia colocado na “Galeria de Diretores”, figurando assim, na história da Polícia Civil de Mato Grosso.

No encontro, o delegado geral, Mário Dermeval Aravechia de Resende, agradeceu a presença de todos, lamentou pela ausência dos que não puderam estar presentes, e iniciou dizendo sobre a importância do caminho trilhado pelos ex-gestores, que possibilitou os grandes avanços e conquistas da PJC-MT.

Mario Resende mencionou sobre os progressos, das buscar pelas melhorias e investimentos na infraestrutura, tecnologia, contratação de pessoas, entre outros recursos, lembrando também da necessidade de ser criativo, em tempos de extrema crise financeira e falta de efetivo.

Veja Também  Equipe Especial interroga esposa de cabo em investigações das interceptações ilegais

O delegado geral apresentou para os antecessores, as novidades e frentes de trabalhos que estão sendo desenvolvidas para um futuro breve. Ele explanou um pouco sobre a aplicação e padronização da nova identidade visual da Polícia Civil a nível nacional, implementação do sistema de inquérito policial eletrônico, reformas nas unidades policiais de todo Estado, construção da sede própria, além de outros projetos e planejamentos.

“Em tempos de grandes mudanças e progressos, tudo só está sendo possível, devido ao trabalho dos senhores, que durante a carreira profissional foram personalidades que contribuirão grandiosamente para o crescimento e fortalecimento da nossa Instituição”, parabenizou Mario Dermeval.
 

O homenageado, Fernando Vasco Spinelli Pigozzi, falou da enorme satisfação de estar ao lado de pessoas que fizeram a história da Polícia Civil. “Foi de grande relevância o trabalho de cada um que passou por aqui, compartilhando experiências e que de forma brilhante, lutaram para o engrandecimento da Polícia”, enalteceu Fernando Vasco.

Ainda na ocasião, um dos convidados, o delegado Marcos Aurélio Veloso e Silva, no seu breve discurso, titularizado como “upgrade”, emocionou a todos, relembrando acontecimentos marcantes na sua carreira policial, além de momentos indescritíveis ao lado de amigos e colegas, numa época em que até para se comunicar era trabalhoso.

Veja Também  Traficantes recebem FGTS e Bolsa Família de usuários em Várzea Grande; Polícia apreende mais de R$ 26 mil e cartões

“Assistindo aos longos desses 30 anos de exercício da profissão, a cada década, o tempo não para, e a lei da física é quase que questionada. Hoje o que está acontecendo nos sonhávamos a anos atrás. A Polícia Civil conquistou humanização e respeito”, disse Marcos Aurélio Veloso e Silva.

Ao final da visita e bate papo, foi feita o descerramento do quadro na galeria de diretores da PJC-MT, em homenagem ao ex delegado geral Fernando Vasco Spinelli Pigozzi.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

Acusado de matar menor é preso em Confresa pela PC

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Com mandado de prisão preventiva, expedido pela comarca de Porto Alegre do Norte/MT, Diogo Pereira da Silva, 22, foi preso pela Policia Civil, em Confresa, na sexta-feira (20.09).Ele é acusado de crime de homicídio  ocorrido no mês de novembro de 2017.

A vítima do crime foi um adolescente (Carlos Cardoso Figueiredo, conhecido por Carlinhos), que teve o corpo encontrado com várias perfurações de faca, e já em avançado estado de decomposição, na pista de motocross, no município de Confresa.

Durante as investigações, a Polícia Civil comprovou a participação do suspeito no crime, que à época possuía um veículo Gol vermelho,  que foi utilizado durante a ação criminosa. Além de Diogo, outros três menores também participaram da morte de “Carlinhos”, sendo que estes já haviam confessado o crime e também delatado Diogo como um dos autores do crime.

O delegado de Confresa André Rigonato representou pela prisão preventiva de Diogo Pereira da Silva. O mandado de prisão foi deferido e ele preso.

Veja Também  Mulher é presa tentando entrar na PCE com maconha escondida em marmita

O suspeito será encaminhado para a Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Profissionais que atuam em investigações de roubo de veículos e ações de trânsito são treinados

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Policiais civis, militares, agentes de trânsito e peritos participam neste sábado (21.09) de treinamento visando a identificação e procedência de veículos. A capacitação ocorre das 8 às 18 horas, no auditório da Diretoria Geral da Polícia Judiciária Civil, em Cuiabá.

A iniciativa é da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), visando o aperfeiçoamento das investigações policiais. Participaram do curso, investigadores e delegados da Derrfva e das Delegacias Especializadas de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá e Várzea Grande, da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), além de policiais militares e servidores da Politec, Semob e Detran.

O curso é ministrado pela Dekra Vistoria, em com a parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva) e Conselho Nacional de Vistoria Veicular (CNVV).

Objetivo é aperfeiçoar os profissionais de segurança pública e atividades fins, para maior facilidade na identificação de veículos adulterados, durantes as blitze e outras fiscalizações preventivas de trânsito.

A empresa Dekra vai repassar conhecimentos adquiridos na área de inspeção veicular, aos agentes que atuam no combate aos roubos, furtos e receptações de veículos utilizados para crimes, como casos envolvendo adulteração de chassi e documentação veicular, itens fundamentais para identificação imediata de práticas ilícitas.

Veja Também  Polícia Civil recupera veículo roubado na Capital logo após o crime

Além de preparar ainda mais o profissional para a verificação de imediato, se o veículo é produto de furto ou roubo, já que, normalmente esses veículos automóveis costumam ser usados para a prática de outros tipos de crimes, como o tráfico de entorpecentes.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana