conecte-se conosco


Esportes

Mulher incendeia o próprio corpo após ser condenada à prisão por ir ao estádio

Publicado

Esportes

Foto divulgada por ONGs da iraniana identificada apenas como Sahar que ateou fogo no próprio corpo arrow-options
Reprodução

Foto divulgada por ONGs da iraniana identificada apenas como Sahar que ateou fogo no próprio corpo

Uma mulher de 29 anos de idade, identificada apenas como Sahar, ateou fogo ao próprio corpo na frente de um tribunal de Teerã , após ser processada por frequentar um estádio de futebol, denunciaram ONGs de Direitos Humanos.

Segundo informou a Center for Human Rights in Iran, sediada nos Estados Unidos, a mulher foi condenada a seis meses de prisão depois de tentar entrar no estádio Azadi, em Teerã, em março. Após sair sob fiança, ela soube, ao comparecer a um tribunal, que precisaria voltar para trás das grades, e teria então posto fogo no próprio corpo.

“Depois de ser levada para a prisão de [Gharchak] em Varamin [cidade], minha irmã sofreu muitos problemas mentais e ficou aterrorizada”, teria dito sua irmã à agência estatal Rokna, que não publicou a identidade da mulher. “Nesse pobre estado mental e psicológico, minha irmã incendiou-se. Ela agora está em péssimas condições no hospital”.

Leia também: Iraniano é denunciado após se passar por Messi e se relacionar com 23 mulheres

A mulher, que sofreria de transtorno bipolar, está atualmente em terapia intensiva no Hospital Motahhari, em Teerã, acrescentou a ONG em comunicado.  Desde 2018, quando a Arábia Saudita eliminou a proibição a mulheres em estádios, o Irã é o único país a ainda impedir que mulheres frequentem estádios esportivos, apesar da pressão constante da Fifa.

Veja Também  Há 27 anos, Marcelinho Carioca estreava pelo Corinthians

A proibição de mulheres em estádios nunca foi promulgada sob nenhuma lei ou diretiva oficial, mas, autoridades iranianas as impedem de acessar os estádios na prática, ao não oferecem infraestrutura para as mulheres e eventualmente as processarem. O veto começou em 1981, dois anos após a revolução islâmica no país,  por pressão de grupos religiosos e políticos linha dura.

Em um relatório publicado em novembro de 2018, um painel da Fifa disse que a proibição violava o próprio código de ética da Fifia, que “proíbe especificamente a discriminação, inclusive com base no sexo”.

Segundo a agência iraniana, a mulher “atualmente, está respirando com a ajuda de uma máquina de respirar na seção da UTI. Não temos permissão para fornecer mais informações”.

A Rokna também citou um funcionário da Justiça não identificado afirmando que a mulher havia sido acusada de “prejudicar a decência pública” e “insultar os agentes da lei” por não usar um hijab, mas o relatório não mencionou o fato de que ela havia sido presa por tentar entrar em um estádio.

O funcionário judicial disse: “Na segunda-feira, 1º de setembro, a mulher compareceu ao tribunal para a primeira sessão do julgamento, mas o juiz estava de férias por causa de uma morte em sua família e outra data foi marcada para o julgamento. Mas a jovem começou a levantar objeções e, depois de deixar o tribunal, pegou a gasolina que havia comprado anteriormente, derramou sobre si mesma e se incendiou. ”

Veja Também  Grêmio se reapresenta e treina com foco no Atlético-MG

Em entrevista ao jornal diário “Iran” em 5 de setembro de 2019, o ex-chefe da Federação de Futebol do Irã (1994-97) Dariush Mostafavi condenou as autoridades por processar a mulher e prejudicar a reputação internacional do Irã.

Leia também: Ronaldinho Gaúcho do Irã acerta com time do futebol carioca; conheça o atacante

“Se eu fosse o chefe da federação ou o ministro do esporte, teria comparecido ao tribunal e tentado convencer a juíza a deixá-la ir. Não é difícil de fazer. Se você conversar com o juiz sobre a importância do futebol e as condições atuais da sociedade, ele ficará convencido”, afirmou.

De acordo com a Human Rights Watch, ao menos seis mulheres vestidas como homens foram detidas no mês passado em estádios. Assim como elas, várias torcedoras passaram a vestir barbas e perucas para entrar em estádios. Em março do ano passado, 35 mulheres teriam sido detidas durante uma única partida. Imagens dessas mulheres se tornaram virais em todo o mundo. 

Comentários Facebook

Esportes

Avaí vence o Juventude-RS de 5 a 2 e foca no G4 rumo à Serie A 2021

Avatar

Publicado


O Avaí continua forte! Vamos Vamos Avaí! Em confronto direto por uma vaga na Série A de 2021, o Avaí venceu, na noite desta terça-feira (19/01), o Juventude-RS, pelo placar de 5 a 2, e manteve o foco no acesso.
Nada é fácil para o Leão da Ilha!

Em disputa válida pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2020, Avaí e Juventude-RS realizam um primeiro tempo de seis gols.

Rômulo abriu o placar para o Avaí, logo aos 11 minutos de jogo. Aos 21, Matheuzinho empatou para o Juventude. Melhor na partida, o Avaí voltou a marcar com Getúlio, aos 26 e com João Lucas, aos 28. Placar Avaí 3×1 Juventude-RS. Matheuzinho, aos 36, fez o segundo deles no jogo, colocando no placar Avaí 3×2 Juventude-RS. Na sequência, Edilson, de pênalti, fez mais um para o Avaí. Fim de primeiro tempo: Avaí 4 x 2 Juventude-RS.
Na etapa final, o Avaí buscou ampliar, mas também marcou forte para evitar a reação do Juventude. Administrando o placar, o Leão da ilha chegou ao 5 a 1, aos 45 minutos de jogo. Jonathan fez, dando números finais ao confronto direto.

  Brasil de Pelota e CSA empatam na Série B

Veja Também  Há 27 anos, Marcelinho Carioca estreava pelo Corinthians

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Sampaio vence o Confiança e mantém viva a chance de acesso

Avatar

Publicado


O Sampaio Corrêa foi até Aracaju e desbancou o Confiança, na Arena Batistão, em partida disputada na noite de terça-feira, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O gol da vitória Tricolor foi marcado pelo meia Marcinho, com um chute de fora da área no segundo tempo. O resultado levou a Bolívia Querida ao sétimo lugar com 51 pontos e ainda com chances matemáticas de acesso.

Primeiro tempo destacado pela supremacia das defesas sobre os ataques, que pouco conseguiam produzir durante os movimentos iniciais. Os donos da casa só foram assustar aos 13 minutos em uma cobrança de escanteio que foi na direção do gol.

O Sampaio respondeu também em lance esquinado. Marcinho cobrou e Daniel Felipe cabeceou por cima do travessão. Aos 28 minutos, Marcinho quase marca ao pegar uma sobra dentro da área, mas um desvio da defesa do Confiança salvou o lance.

O primeiro tempo chegou ao fim sem movimentação no placar, e o Sampaio forçado a fazer duas substituições por conta das lesões de Paulo Sérgio e Eloir.

  Figueirense empata com o Juventude no Scarpelli e soma um ponto na Série B

Veja Também  Há 27 anos, Marcelinho Carioca estreava pelo Corinthians

Etapa final começou em ritmo mais intenso. Confiança chegou com perigo aos três minutos em uma cabeçada que saiu pela linha de fundo. A Bolívia deu o troco com Roney, que bateu colocado, obrigando o goleiro a se esticar todo e mandar para escanteio.

Na sequência não teve jeito. Marcinho recebeu na entrada da área e disparou a bomba para abrir o placar. Tricolor na frente no Batistão.

Os donos da casa tentaram reagir rápido e quase empatam com uma cabeçada que passou rente à trave. Quatro minutos depois, Mota fez uma defesa à queima-roupa e salvou o Sampaio.

O Confiança tentou exercer uma pressão em busca da igualdade, mas tudo que construiu foi domínio territorial, enquanto o Sampaio conseguiu controlar o jogo e sustentou o resultado até o apito final. Vitória que deixou a chama do acesso ainda acesa para o time do povo.

O penúltimo desafio do Sampaio Corrêa será na Arena Pantanal, na sexta-feira, contra o Cuiabá, às 21h30.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana