conecte-se conosco


''TRAGÉDIA NO AR''

Menor morta pelo ex foi estuprada sob mira de arma há 10 dias – VEJA FOTOS

Publicado

Luiz Felipe da Silva Alves, 24 anos, suspeito de assassinar a ex-namorada, 17 anos, o pai dela e balear a sogra, teria estuprado a jovem sob a mira de uma arma há 10 dias. A informação consta no registro de boletim de ocorrência e no documento de medida protetiva que a menor tinha contra ele. O caso ocorreu na comunidade Lagoinha de Baixo, em Chapada dos Guimarães (62 km de Cuiabá).

Amanda Gabrielyy da Silva Belém teve um relacionamento de cerca de 8 meses com o suspeito, em seguida houve um rompimento na relação. No último dia 25 de agosto, Luiz Felipe teria procurado a jovem e a estuprado sob a mira de uma arma.

Os pais de Amanda fizeram a denúncia, o que teria provocado a ira do suspeito. Na noite desta quinta-feira (5), invadiu o terreno da família a e matou Amanda, o pai dela, identificado como Jefetter de Jesus Belém. A mãe de Amanda também foi baleada, mas foi socorrida para o hospital de Chapada e, nesta manhã (6), foi transferida para o pronto-socorro de Cuiabá.

Veja Também  Mulher é presa acusada de matar homem e atear fogo em corpo em MT

As informações são de que Luiz usou a mesma arma que rendeu Amanda no estupro, para matar ela e o pai. O caso é investigado pela Polícia Civil.

O crime

Na noite desta quinta-feira (5), Luiz Felipe da Silva Alves chegou no terreno da família atirando e executou o pai da jovem, que estava numa moto. Em seguida atirou várias vezes no rosto da ex-namorada e caiu sem vida no chão. A sogra foi baleada e conseguiu ser socorrida.

O suspeito fugiu numa moto.

Comentários Facebook

''TRAGÉDIA NO AR''

Ladrão que PM matou era violento e roubou carro de pastora

Publicado

Regielton Arruda Luiz da Silva, de 20 anos, conhecido como Fumacinha, morto após trocar tiros com a Força Tática da Polícia Militar na ponte Sérgio Mota nesta quinta-feira (19), tinha um histórico vasto criminal.  Ele possuía mais de 10 passagens e agia com “extrema violência” nos roubos que praticava.  De acordo com o coronel Marcos Sovinski, Comandante no 2º Comando Regional da Polícia Militar, Fumacinha foi preso na semana passada após roubar um carro na Beira Rio. Com 20 anos, já colecionava passagens por tráfico de drogas, porte ilegal de arma, roubo e furto.Nesta quinta-feira, ele e o comparsa, identificado como Renato Alves de Bessa, renderam uma pastora na Avenida Beira Rio e roubaram a caminhonete dela.

Em seguida, fugiram sentido a ponte Sérgio Mota, que liga Cuiabá a Várzea Grande. O tiroteio ocorreu quando os criminosos fugiam da abordagem da Força Tática. Fumacinha foi baleado e morreu na unidade de saúde. Nas diligências, a Polícia Militar localizou um veículo branco no bairro Jardim das Oliveiras. Dentro, havia roupas pretas e masculinas. O carro [e suspeito de dar apoio a ação da dupla. O comparsa Renato foi preso e levado para Cisc Parque do Lago. O caso deve ser repassado a Polícia Civil que vai apurar o envolvimento de outros suspeitos.

Comentários Facebook
Veja Também  Deficiente mental invade casa é confundido com bandido e morto com faca nas costas
Continue lendo

''TRAGÉDIA NO AR''

Mãe vai tomar banho de rio com filhos e encontra dois corpos em mata

Publicado

Dois corpos, ainda não identificados, foram encontrados por uma mulher próximo a Escola Agrícola, na tarde de quinta-feira (19), na cidade de Mirassol D’Oeste (290 km de Cuiabá). Policiais militares informaram que receberam denúncias de que ao lado da represa, havia dois corpos em avançado estado de decomposição, em uma região de mata, aparentando ser duas pessoas do sexo masculino.Rapidamente, os PMs foram ao local e confirmaram a denúncia.

Na região, havia uma mulher, que não teve o nome revelado, a qual relatou que foi à represa com seus filhos e durante o percurso, sentiu um forte odor.Ao se aproximar do local, a mulher constatou que se tratava de dois corpos.Os cadáveres foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) para ser realizado exames de necropsia e identificação.Até a publicação da matéria, ninguém havia sido preso. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Comentários Facebook
Veja Também  Deficiente mental invade casa é confundido com bandido e morto com faca nas costas
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana