conecte-se conosco


A rapadura é doce mas não é mole

Criminosos roubam, ostentam dinheiro nas redes sociais e acabam presos em MT – VEJA VÍDEO E FOTOS

Avatar

Publicado

 

Oito pessoas foram presas pela Força Tática em uma festa com som alto, regada a álcool e drogas, no bairro Conjunto São José, em Rondonópolis (212 km de Cuiabá). Os detidos também publicaram vídeos nas redes sociais ostentando maços de dinheiro que podem ser de um assalto que aconteceu na cidade.

De acordo com a PM, existe a suspeita de que o bando estivesse comemorando o crime bem sucedido, uma vez que grande quantia em dinheiro foi levada do estabelecimento comercial.

“O grupo estava divulgando vídeos nas redes sociais ostentando grande quantidade em dinheiro. Também foi verificado que houve um roubo a estabelecimento comercial onde uma quantia considerável em dinheiro foi levada. Todos os procedimentos serão tomados para ver se os indivíduos têm responsabilidades no roubo”, afirma um policial, que preferiu não se identificar.

Dos oito presos, três eram mulheres. O bando possui idades entre 18 e 40 anos. Além do dinheiro, na casa também foram apreendidos peças de carro que podem ter sido receptadas, drogas e uma tornozeleira rompida.

Comentários Facebook

A rapadura é doce mas não é mole

Menores com arma de brinquedo invadem Subway na Avenida do CPA, comem baratíssimo do dia e roubam dinheiro

Avatar

Publicado

Três adolescentes foram apreendidos e um jovem de 19 anos foi preso após um roubo na franquia Subway, localizada na avenida do CPA, em Cuiabá, na noite de terça-feira (23). O grupo usou uma arma de brinquedo para cometer o crime, segundo funcionários ele ainda comeram um lanche. De acordo com as informações da Polícia Militar, em rondas pela avenida foi alertada que havia acontecido um roubo na loja da Subway. Lá, a funcionária informou que foi abordada por dois homens, que aparentavam ser menores de idade.

Com uma arma, tomaram dinheiro do caixa e o celular da vítima. Policiais rastrearam o celular da vítima, que estava em um terreno no bairro do Baú, próximo do local do crime. Lá, a polícia encontrou um dos suspeitos, de 16 anos, e em revista, encontraram uma quantia em dinheiro, além do celular da vítima. Ele contou aos policiais que outros 3 amigos também estavam envolvidos no crime.Sendo que um deles, de 17 anos, invadiu a loja, enquanto outros dois esperavam na praça do Baú. Segundo o suspeito, ele e o comparsa foram até a casa da menor, de 14 anos, onde pegaram um simulacro de arma de fogo usado na ação.

Foram até a casa da menor, onde ela foi encontrada ao lado do namorado, um rapaz de 19 anos. O comparsa deles também estava escondido na casa. A arma falsa usada no crime foi escondida em um bota-fora que estava na rua, próximo da casa. Os 4 foram entregues na Central de Flagrantes, onde foram autuados.

Comentários Facebook
Continue lendo

A rapadura é doce mas não é mole

Ladrões invadem loja e levam mais de 250 Iphone em VG; Vovô do Cabral é preso e não entrega comparsas

Avatar

Publicado

FONTE: RAFAEL MEDEIROS | O BOM DA NOTÍCIA

Bandidos invadiram depósito da loja Havan, na Avenida da FEB, em Várzea Grande, na madrugada de terça-feira (23) e furtaram 281 aparelhos de celular, entre eles modelos da última geração do Iphone e também Sansung. Para consumar o crime, os criminosos fizeram ao menos 3 buracos nas paredes do galpão.

João Vitor de Araújo, vulgo “Vovô do Cabral”, foi detido próximo ao local do crime. Com ele, foram encontrados aparelhos eletrônicos e uma grande quantia em dinheiro.

O bandido teria agido com outras pessoas. No entanto, os comparsas ainda não foram identificados.

Segundo a Polícia Militar, a guarnição foi acionada por volta das 4h30 pelos seguranças do local, que encontraram na parte dos fundos vários equipamentos como furadeira, escada, pé de cabra e outros.Em rondas pelo local, os suspeitos não foram encontrados e não se sabe a quantidade de bandidos que participaram da ação. Após levantamento, foi constatado o furto de 281 aparelhos de celulares.

Câmeras de monitoramento flagraram parte do furto. As imagens serão analisadas. O vídeo entregue à polícia mostra os bandidos colocando a escada no muro do deposito e quebrando ao menos 3 paredes para chegar até a sala onde estavam os celulares. Ação dura pouco mais de 20 minutos. A suspeita é de que eles já tinham a informação de onde os eletrônicos estavam guardados, pela forma estratégica com que as paredes foram quebradas.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana