conecte-se conosco


A rapadura é doce mas não é mole

Criminosos roubam, ostentam dinheiro nas redes sociais e acabam presos em MT – VEJA VÍDEO E FOTOS

Publicado

 

Oito pessoas foram presas pela Força Tática em uma festa com som alto, regada a álcool e drogas, no bairro Conjunto São José, em Rondonópolis (212 km de Cuiabá). Os detidos também publicaram vídeos nas redes sociais ostentando maços de dinheiro que podem ser de um assalto que aconteceu na cidade.

De acordo com a PM, existe a suspeita de que o bando estivesse comemorando o crime bem sucedido, uma vez que grande quantia em dinheiro foi levada do estabelecimento comercial.

“O grupo estava divulgando vídeos nas redes sociais ostentando grande quantidade em dinheiro. Também foi verificado que houve um roubo a estabelecimento comercial onde uma quantia considerável em dinheiro foi levada. Todos os procedimentos serão tomados para ver se os indivíduos têm responsabilidades no roubo”, afirma um policial, que preferiu não se identificar.

Dos oito presos, três eram mulheres. O bando possui idades entre 18 e 40 anos. Além do dinheiro, na casa também foram apreendidos peças de carro que podem ter sido receptadas, drogas e uma tornozeleira rompida.

Comentários Facebook
Veja Também  Bandidos quebram parede e roubam cofre do Sicredi; PM não prendeu nenhum

A rapadura é doce mas não é mole

Bandidos quebram parede e roubam cofre do Sicredi; PM não prendeu nenhum

Publicado

Bandidos fizeram um buraco na parede de uma cooperativa de crédito e fugiram levando um cofre. O furto aconteceu na madrugada desta sexta-feira (20), no bairro Tijucal, em Cuiabá.De acordo com o boletim de ocorrência, o crime aconteceu por volta de 2h e foi flagrado pelo sistema de monitoramento do banco.

A denúncia apontava que alguns homens estavam dentro da cooperativa de crédito cometendo furto. Policiais do 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM) foram até o local e verificaram, inicialmente, que a porta de acesso não estava danificada.Numa quitinete ao lado da agência, porém, os militares perceberam o portão aberto e um dos quartos em construção.

Nesse quarto havia um toldo escorado na parede escondendo um buraco que dá acesso a uma das salas do banco, onde havia um cofre grande e outro pequeno. O cofre menor foi levado pelos bandidos.Nenhum bandido foi localizado. O caso é investigado pela Polícia Civil.

NOTA À IMPRENSA

 

Em relação à tentativa de arrombamento à agência Tijucal, em Cuiabá, ocorrida na madrugada desta sexta-feira (20.09), o Sicredi informa que a invasão foi detectada pelo sistema de monitoramento e a Polícia Militar foi acionada. Os suspeitos fugiram levando um cofre pequeno que não é usado para guardar dinheiro e estava vazio.

Não houve subtração de valores ou danos estruturais expressivos. A agência funcionará normalmente para atendimento ao público nesta sexta-feira (20.09).

O Sicredi reforça que investe continuamente em segurança com o objetivo de proteger as pessoas, o patrimônio e para atender às necessidades dos seus associados e da comunidade onde atua.

Comentários Facebook
Veja Também  REPROVOU NO TESTE: Menor de 14 anos rouba e capota carro às margens de rio em VG
Continue lendo

A rapadura é doce mas não é mole

Mãe é flagrada tentando entrar com marmita de maconha para filho no Pascoal Ramos

Publicado

Dalva Souza Modesto foi presa em flagrante, na manhã desta sexta-feira (20), ao tentar entrar na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá, antigo Presídio Pascoal Ramos, com uma marmita de comida que continha uma sacola com maconha ‘camuflada’ no meio dos alimentos. A mulher iria visitar o filho e foi pega no procedimento de revista, pelos agentes penitenciários. O Grupo de Intervenção Rápida (GIR) suspeita que ela foi obrigada a transportar a droga, sob ameaças das facções, já que ela não tem o perfil de ‘mula do tráfico’ e nenhum histórico criminal.

Com a Operação Agente Douglas, as mulheres que costumam atuar no tráfico ilegal para dentro da cadeia têm sido barradas, nas revistas. Já que há um perfil traçado e um cuidado redobrado pelos agentes que atuam na unidade prisional. Com medo, o fluxo de visitas desse grupo diminuiu pela metade.

Devido a isso, as facções criminosas têm buscado outros meios de obter os ilícitos. O filho de Dalva está lotado no Raio 3. O GIR acredita que ameaçaram matar o preso e por isso a mãe levou a droga.

Ela teria passado mal durante a prisão e foi atendida pela equipe médica da PCE.

Comentários Facebook
Veja Também  Bandidos quebram parede e roubam cofre do Sicredi; PM não prendeu nenhum
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana