conecte-se conosco


Policial

PRF presta apoio à operação Fake Delivery

Publicado

Mandado de prisão foi cumprido na UOP de Diamantino na manhã desta segunda-feira

Em apoio à Polícia Civil de Mato Grosso, que realiza a Operação Fake Delivery, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) cumpriu um mandado de prisão na BR-364, em Diamantino, na manhã desta segunda-feira (19).

F.P.A., 40 anos, foi preso dirigindo um Renault Fluence, placas de Cuiabá. Ele relatou que seguia para Nortelândia/MT quando foi abordado.

A abordagem ocorreu por volta das 7h45 quando a equipe recebeu a informação que havia um mandado de prisão contra o condutor do referido veículo, que se deslocava em direção à Unidade Operacional da PRF em Diamantino.

O preso foi entregue a uma equipe da Polícia Civil.

Conforme a assessoria de imprensa da Polícia Civil, a Operação Fake Delivery apura irregularidades na aquisição de materiais escolares destinados a escolas indígenas pela Secretaria Estadual de Educação de Mato Grosso (SEDUC).

Neocleciana Gonçalves – NUCOM PRF MT

Fonte: PRF MT
Comentários Facebook
Veja Também  PJC prende homem por tentativa de roubo e porte ilegal de arma de fogo em Confresa

Policial

Acusado de matar menor é preso em Confresa pela PC

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Com mandado de prisão preventiva, expedido pela comarca de Porto Alegre do Norte/MT, Diogo Pereira da Silva, 22, foi preso pela Policia Civil, em Confresa, na sexta-feira (20.09).Ele é acusado de crime de homicídio  ocorrido no mês de novembro de 2017.

A vítima do crime foi um adolescente (Carlos Cardoso Figueiredo, conhecido por Carlinhos), que teve o corpo encontrado com várias perfurações de faca, e já em avançado estado de decomposição, na pista de motocross, no município de Confresa.

Durante as investigações, a Polícia Civil comprovou a participação do suspeito no crime, que à época possuía um veículo Gol vermelho,  que foi utilizado durante a ação criminosa. Além de Diogo, outros três menores também participaram da morte de “Carlinhos”, sendo que estes já haviam confessado o crime e também delatado Diogo como um dos autores do crime.

O delegado de Confresa André Rigonato representou pela prisão preventiva de Diogo Pereira da Silva. O mandado de prisão foi deferido e ele preso.

Veja Também  Delegacia de Barra do Bugres conclui mais de 140 inquéritos no mês e agosto

O suspeito será encaminhado para a Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Profissionais que atuam em investigações de roubo de veículos e ações de trânsito são treinados

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Policiais civis, militares, agentes de trânsito e peritos participam neste sábado (21.09) de treinamento visando a identificação e procedência de veículos. A capacitação ocorre das 8 às 18 horas, no auditório da Diretoria Geral da Polícia Judiciária Civil, em Cuiabá.

A iniciativa é da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), visando o aperfeiçoamento das investigações policiais. Participaram do curso, investigadores e delegados da Derrfva e das Delegacias Especializadas de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá e Várzea Grande, da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), além de policiais militares e servidores da Politec, Semob e Detran.

O curso é ministrado pela Dekra Vistoria, em com a parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva) e Conselho Nacional de Vistoria Veicular (CNVV).

Objetivo é aperfeiçoar os profissionais de segurança pública e atividades fins, para maior facilidade na identificação de veículos adulterados, durantes as blitze e outras fiscalizações preventivas de trânsito.

A empresa Dekra vai repassar conhecimentos adquiridos na área de inspeção veicular, aos agentes que atuam no combate aos roubos, furtos e receptações de veículos utilizados para crimes, como casos envolvendo adulteração de chassi e documentação veicular, itens fundamentais para identificação imediata de práticas ilícitas.

Veja Também  Investigador conquista 3ª colocação no Pan-americano de Jiu Jitsu em Brasília

Além de preparar ainda mais o profissional para a verificação de imediato, se o veículo é produto de furto ou roubo, já que, normalmente esses veículos automóveis costumam ser usados para a prática de outros tipos de crimes, como o tráfico de entorpecentes.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana